Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2005

Mãe de Mongaguá escreve ao Ouvidor

Cópia da carta para a Ouvidoria a nós enviada pela mãe de Mongaguá __________________________________________________________________________
Senhor OUVIDOR,
Salmon Elias Campos da Silva

Lamento que apenas hoje tive a oportunidade de responder ao senhor pela falta de oportunidade que me deram de direito de explicitar o que estamos passando.
Se vocês quisessem realmente ouvir e resolver, teriam ouvido os alunos que tanto tem a reclamar.
Acho que poderia ser muito melhor o relacionamento entre Direção/professores/alunos a policia esta constantemente nesta escola e não por causa de meu filho não, tenho certeza que os jovens estão revoltados por estarem sendo tratados como estão e vocês que poderiam resolver o problema se calam em seus escritórios mantidos pela própria comunidade, sem a mínima preocupação em solucionar problemas reais.
E lógico que a escola fará de tudo para encobrir toda esta situação, sou responsável e jamais iria me expor sem ter a certeza do que denunciei.
Eu sim estou compr…

Caso Mongaguá: Veja a resposta da Ouvidoria

A resposta que recebemos da ouvidoria da educação do Estado de São Paulo à denúncia da mãe de Mongaguá mostra que nada foi apurado.
Aparentemente, foi apenas solicitado um relatório à diretoria de ensino, sendo que ninguém entrou em contato com a mãe, nem mesmo deu qualquer resposta à denúncia protocolada em julho.
Com base no relato da supervisão, sem ouvir os pais do aluno nem ninguém da comunidade da EE Profª Aracy da Silva Freitas, a ouvidoria concluiu que a denúncia não procede.
Será que a ouvidoria ouve de um lado só?...
Confira a mensagem da ouvidoria (nos comentários desta mensagem) e a resposta que enviamos hoje.
_________________________________________________________________

Prof. Salmon Elias Campos da Silva
Ouvidor da Educação do Estado de São Paulo

Sr. Ouvidor,

Foi com muita decepção que recebemos sua resposta de 23/09, referente à denúncia de mãe de escola pública de Mongaguá, reproduzida em nosso blog. Ainda aguardamos alguns dias, na esperança de que a mãe recebesse algum …

Mãe de Itajubá foi à luta!

Recebemos uma nova mensagem da Mãe de Itajubá, com boas novidades sobre sua luta para defender a filha de uma professora desequilibrada.
Muito boa sorte, Mãe de Itajubá! O Brasil inteiro está acompanhando e torcendo por você.
_________________________________________________________
"Finalmente a professora de minha filha foi afastada da sala de aula para que o Ministério Público apure as denúncias.
Acredito que a pressão da imprensa e os contatos com a Procuradoria Federal que meu advogado fez ajudaram para que ele tomasse esta atitude. Ainda não posso comemorar vitória total porque a apuração apenas começou e não sei onde vai dar, mas que estou mais leve por não levar minha filha todos os dias para a convivência com aquela desequilibrada, isto é inegável.
O advogado ainda estuda a possibilidade de entrar com ação por danos morais. Outros casos têm aparecido relacionados à mesma pessoa e precisam ser apurados. São provas de treze anos atrás, de maus-tratos conta alunos feitos por es…