Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2014

Falta de respeito pelos pais de alunos

Mais uma vez o assunto é falta de respeito. A falta de respeito pelo aluno predomina na rede pública brasileira, desde as mais altas autoridades da educação até o inspetor de alunos. Já falamos exaustivamente disto em posts anteriores e hoje voltamos ao também já abordado assunto da falta de respeito pelos pais. A maioria dos pais de alunos da rede pública costuma relevar as ofensas, para evitar represálias e perseguições contra os filhos ou até por sentir-se em condição de inferioridade diante de profissionais que se ufanam de seus diplomas ou décadas de magistério. Alguns, felizmente, possuem coragem suficiente para discutir com esses profissionais e procurar instâncias superiores, que possam tomar providências adequadas. Leiam a mensagem que acabamos de receber:
Sou mãe de S, uma menina de 10 anos que está no 5º ano do Ensino Fundamental de uma escola pública na região metropolitana de Porto Alegre.
Na última sexta-feira 22/08/2014 fui convidada a comparecer ao Conselho de Classe par…

A escola tabu nº 70 - O educador, esse estorvo!

No post O aluno, esse estorvo!, publicado há 3 dias, você leu a mensagem de alunos de uma escola estadual de São Paulo, preocupados com um abaixo-assinado que iniciaram para solicitar à escola passeios educativos ou recreativos, eventos que até então nunca haviam sido  promovidos. Como é de costume na rede pública brasileira, infestada de autoritarismo, essa atitude provocou um clima de terror dentro da escola, que atingiu não apenas os alunos, mas os professores que permitiram a circulação do abaixo assinado em suas classes. Acabamos de receber uma mensagem da professora que "deu permissão" aos alunos de tomar essa atitude e a divulgamos, por entender que é extremamente reveladora de como os poucos EDUCADORES que existem na rede pública são ameaçados e desestimulados a apoiar os alunos, enfim, eles também são tratados como estorvo. Leia também a nossa resposta!
Bem, eu fui a professora que permitiu que o tal abaixo assinado fosse feito,e confesso, apesar de ser nova na carre…