Cursinho pago

As seguintes informações foram enviadas por:ETSdS
Sábado, 11 de junho de 2005 às 09:38:40
-----------------------------------------------------------
Mensagem:

Caros Colegas,
Ficaria extremamente grato caso me informassem se é legal a formação de cursinho de vestibular em escola pública, com cobrança de mensalidades e os ministrantes sendo da própria escola.Se é irregular, quais seriam as leis que determinam essa situação de irregularidade.
Cordialmente
Prof T

Comentários

Giulia disse…
Prof , o que é isso?! É muito mais fácil definir o que se deve fazer numa escola pública, ou seja, seguir um programa de ensino de acordo com a legislação e a faixa etária dos alunos. Isto todo mundo sabe e não precisa ser confirmado. As escolas públicas, sejam de Educação Infantil, de Ensino Fundamental, de Ensino Médio ou de Ensino Técnico são gratuitas, não porque sejam "de graça", mas porque são MUITO BEM PAGAS com os nossos impostos. Quanto ao cursinho, é uma aberração inexistente ou já abolida há muito tempo nos países desenvolvidos. Se quisermos matricular nossos filhos num cursinho, é um direito que nos cabe, mas nenhuma escola pública tem o direito de organizar cursinho nem muito menos de cobrar por ele! Seria muito difícil enumerar tudo o que não se pode fazer numa escola pública, mas infelizmente muitas coisas são "de praxe" e acabam até confundindo os próprios profissionais do ensino. Vejamos algumas: cobrar taxas de APM (qualquer contribuição só pode ser espontânea!), cobrar taxas por carteirinhas, vender uniformes, roupas ou livros, fazer propaganda eleitoral etc. Se a sua escola organizou um cursinho, e ainda por cima pago, sendo que os próprios professores cobram por essas aulas, o que você está esperando para denunciar essa irregularidade para a Ouvidoria da Educação? Mas é possível que a Ouvidoria coloque panos quentes, pois os ouvidores são em geral ex-professores, ex-diretores de escola ou ex-supervisores de ensino. Neste caso, denuncie ao Conselho Estadual de Educação.

Grande abraço e boa sorte!
Seria interessante entender os objetivos desse "cursinho" e porque ele deve ser dado na escola fora do horário regular, se são os próprios professores da escola que o ministram...O cursinho é uma ajuda aos alunos ou um arredondamento de salário dos professores?...
Porque não ensinam na sala de aula no horário regular?...
Veja quantas situações estranhas isso pode acarretar!... (nossa! não quero nem escrever aqui o que pensei...)
Acredito até que possa haver boa vontade na iniciativa, - tentar colocar esse povo na universidade e ganhar mais uma graninha por mês (porque o salário é mesmo de matar) - mas a melhor maneira de se fazer isso é exatamente acabar com essa indústria da educação que ganha para ensinar a como fazer uma prova e não pra formar cidadãos bem informados e com habilidades que os façam enfrentar o dia-a-dia pessoal, social e profissional com consciência e usando o máximo de suas capacidades!A Escola Pública tem que se preocupar em fazer isso... e somente isso... e BEM!

Vera Vaz