Mãe de Mongaguá escreve ao Ouvidor

Cópia da carta para a Ouvidoria a nós enviada pela mãe de Mongaguá __________________________________________________________________________
Senhor OUVIDOR,
Salmon Elias Campos da Silva

Lamento que apenas hoje tive a oportunidade de responder ao senhor pela falta de oportunidade que me deram de direito de explicitar o que estamos passando.
Se vocês quisessem realmente ouvir e resolver, teriam ouvido os alunos que tanto tem a reclamar.
Acho que poderia ser muito melhor o relacionamento entre Direção/professores/alunos a policia esta constantemente nesta escola e não por causa de meu filho não, tenho certeza que os jovens estão revoltados por estarem sendo tratados como estão e vocês que poderiam resolver o problema se calam em seus escritórios mantidos pela própria comunidade, sem a mínima preocupação em solucionar problemas reais.
E lógico que a escola fará de tudo para encobrir toda esta situação, sou responsável e jamais iria me expor sem ter a certeza do que denunciei.
Eu sim estou compromissada com a educação de meu filho, pois tento resolver um problema que deveria ser resolvido por vocês, quantas mães agüentariam expor seus filhos a esta direção que na primeira denuncia começa a tratar o aluno da forma que meu filho vem sendo tratado.
O senhor não deu oportunidade ao meu filho, e a outros alunos de contar o que vem passando e de relatar o quanto ele poderia utilizar em seu beneficio de tudo que o governo fornece a esta escola e lhe e privado.
Senhor OUVIDOR se eu for enumerar todos os artigos do ECA que estão sendo surradamente ignorados não caberia aqui, mas uma escola/direção/professores compromissada não estaria ignorando ao menos um artigo.
Para que serve o Estatuto da Criança e do Adolescente então, mero papel..... no site da diretoria de ensino tem informações a respeito do uso obrigatório do uniforme, esses profissionais não leram ainda..... Ainda fazem anotações a respeito disso (mais um artigo ignorado) colocando a criança em situação de constrangimento não e ilegal isso senhor OUVIDOR.
Não e ilegal um funcionário cobrar pedágio para aluno passar do portão do Pátio para a sala de aula, a que artigos estes profissionais se enquadram, será que por se tratarem de funcionários públicos não serão punidos...........
Indignada com a sua omissão e descaso, pois somente agora o senhor se manifestou a respeito.
Porque saiu no blog, o senhor não imagina a quantidade de pessoas que estão com denuncias a fazer a respeito de funcionários desta que chamaremos sim de ESCOLA DE FAROESTE EM MONGAGUA.
Considerar apenas uma reunião de pais e mestres, piada Sr. Ouvidor, pois ali não se encontravam os verdadeiros professores de meu filho nem o conheciam como quase todos relataram a mim e meu marido pessoalmente.
Dizer o que de quem nem se conhece.........
Que diretor e esse que ri quando mostramos algo que esta errado, ele diz vai procurar seus direitos será que a resposta e assim por saber que nada farão, que os superiores serão omissos....Será.....
Espero que repense e veja o erro que esta cometendo senhor ouvidor gostaria muito de um dia colocar em todos os sites da internet o quanto esta escola e compromissada com a educação, espero, pois ali se encontram jovens que não podemos perder, não podemos ser omissos e leva-los a serem futuros delinqüentes, a pensarem que seus direitos são arrancados, vamos dar oportunidade a estes jovens eles tem muito a nos ensinar......mas não são compreendidos.
Vamos escuta-los Sr. Ouvidor.......

Cássia Aparecida Dalcim Marques
Mãe de aluno do E.E.Prof Aracy da Silva Freitas

Comentários

Anônimo disse…
Certos pais como essa senhora tem mal relacionamento dentro da escola, o aluno deve ser no minimo vandalo ou bagunceiro, por isso que acontecem tantos problemas. O que falta nas escolas é disciplina e a velha e boa educaç~ão cívica.
Cassia disse…
Sr ou Sra. anonimo,

Anônimo é quem não tem coragem de mostrar a cara, caro anônimo.
Somente como anônimo responderia tal imbecilidade.
Ou talves faça parte do quadro de "Educadores da estirpe desta escola." (faria jus ao comentário........rsrs)
Ou talves não tenha sido abençoada ou abençoado em poder ter filhos.........ou se os tem não os sabe reconhecer.....
Tenho sim um mal relacionamento dentro desta que "acham ser uma escola" pois não sou conivente com atrocidades e com barganhas ou falcatruas como vocês estão acostumados.
Sou cidadã luto por meus direitos e de outros também, faço o que todos deveriam fazer cobrar dos servidores públicos suas respectivas obrigações.
Um grande abraço
e cuide-se Sr. ou Sra. anônimo pois anônimo não é ninguém........
Mostra a cara.
Como mostro a minha.
Anônimo disse…
Mas a senhora é muito arrogante. Cuidado com o jeito que fala, é isso que ensina ao seu filho? Eu me identifico se quiser, o importante não é quem fala mas o conteúdo.
Cássia disse…
Minha reação destemperada caro anônimo não é arrogante, é devida à falta de retorno de todas as autoridades, durante anos
de estresse em que não recebi apoio de absolutamente ninguém, enquanto MEU filho sofreu e continua sofrendo perseguições e represálias de "profissionais" que não merecem este nome.
Por este motivo não me calerei mais,usei de bom tom até dias atrás, mas agora nao me calarei mais, enquanto não fizer justiça não somente com meu filho pois o problema não é somente com ele, mas em compaixão a todos os adolecentes desta comunidade.
Ou você esqueceu, os jovens serão o futuro do nosso amanhã...... não é certo.
Tenha um bom dia Sr ou Srª Anônimo e reflita mais........
Anônimo disse…
Cássia, somente hoje pude ler o que voce fez e acredito, continua fazendo pelo seu filho e venho aqui te dar meus parabéns. Voce é maravilhosa. não sou anônimo..meu nome é Euri...