Viva a farra!


Deu no blog da Santa, http://blogdasanta.blogspot.com, que 659 ex-bolsistas que fizeram doutorado no Exterior ainda não reembolsaram os cofres públicos. Entre eles, o atual Secretário de Educação Continuada e Alfabetização do MEC, Ricardo Henriques. Ele ficou na França durante quatro anos, fez doutorado de economia na universidade de Paris, concluiu em 1998 mas ainda não defendeu a tese, tendo conseguido prorrogação até 2008.

Cada bolsista que passa quatro anos no Exterior custa ao governo 100.000 dólares, incluindo passagens aéreas para mulher e filhos e uma "ajuda de custo" de até 1.900 dólares por mês, dependendo do número de dependentes.

Infelizmente, trata-se de uma situação muito comum. Os financiamentos para a pós-graduação no Exterior deveriam ser concedidos para pesquisas que possam proporcionar benefícios reais à sociedade. Caso contrário, essas verbas poderiam ser muito mais úteis no ensino básico. Quanto ao Sr. Ricardo Henriques, vamos ficar de olho, pois se existe uma questão precária na educação é a política de alfabetização e educação continuada, muito mal trabalhada e necessitada de rumos, a ponto de receber o apelido de progressão automática.

Comentários

empresário petista disse…
blog da santa? então vamos matar todos os petistas que fizeram doutorado hahahahaha , os tucanos podem, pq eles são os mais bonitões e intelectuais e compram na daslu, ou seja, são chics.
Giulia disse…
Que tipo de carapuça é essa, "empresário"?...