Greve é diferente de férias!


O que não é possível, e nenhum brasileiro pode aceitar, é alguém fazer 90 dias de greve e receber os dias parados, porque, aí, deixa de ser greve e passa a ser férias.

Esta frase do presidente Lula mostra a intenção de regulamentar o direito de greve nos serviços públicos. Tomara que não fique apenas na intenção!...

Leia, no blog da professora Glória, http://gloria.reis.blog.uol.com.br/, seus comentários a respeito da notícia.

Nossos amigos do Colégio Pedro II, http://www.apascp2.blogspot.com/ no Rio de Janeiro, amargaram duas greves que encurtaram em alguns meses os anos letivos de 2005 e 2006. Eles acabam de informar que o Sindicato dos Servidores Federais já deliberou por nova greve a partir de 23/05. Vamos agora ver como se comportará o Governo frente a mais esse disparate. O mais grave foi que, depois de uma das greves que durou meses, os professores não voltaram a dar aula porque tiraram férias!!! Meses de greve emendados com férias... Só mesmo nesta pobre Bananolândia, não é?

De qualquer forma, os pais do Colégio Pedro II estão de parabéns por sua atitude de denunciar imediatamente esses abusos e cobrar soluções, tendo inclusive encaminhado ao Congresso o projeto de lei Educação é essencial e não pode parar. Já ouvi críticas aos pais do Colégio Pedro II, dizendo que "uma andorinha não faz verão". Esses críticos são "andorinhas de asas atrofiadas" com inveja daquelas que voam e fazem ouvir seu canto. Se todos se empenhassem da mesma forma para fazer valer os direitos das nossas crianças e adolescentes, muitos bandos de andorinhas levantariam vôo ao mesmo tempo e garantiriam, por exemplo, que o presidente honrasse sua palavra!

Mais uma vez parabéns aos amigos do Colégio Pedro II por sua atitude crítica e proativa. Vamos denunciar a atitude covarde dos professores da rede federal, que ganham os melhores salários do Brasil e têm a coragem de acumular greves e férias!

Comentários

Giulia disse…
Aos "Anônimos" que se queixam de terem apenas 15 minutos de glória: este é o blog mais democrático do mundo, pois não seleciona as mensagens antes de publicá-las. TODAS são publicadas, mas, como já repetimos diversas vezes, deletamos aquelas dos covardes que não se identificam e principalmente aquelas de quem se finge de outrem. Quem não deve não teme.
David disse…
Vocês acreditam na barbárie, num mundo sem mestres, sem lei, sem ética, sem ordem.

Essa frase acima me persegue...

Deve ser esse tipo de atitude, como a que vc menciona neste tópico, que a engraçadinha tragi-cômica do anterior tão solicitamente nos faz lembrar não?
São esses que se pautam pela tal ética...que ousam se auto-denominar "mestres"...
Giulia disse…
David, são apenas palavras vazias, que escondem as verdadeiras intenções de quem escreve. Já estamos vacinados contra isso. E a partir de agora anônimo realmente não vai ter mais vez neste blog. O que eles querem é tumultuar e espantar os leitores inteligentes, que não ficam num lugar onde só tem balbúrdia. Atitude típica desses sindicalistas, que agora devem estar se mordendo ainda mais, rsrs
Anônimo disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Pais Online disse…
Giulia,
Não gasta seu tempo preciosa tentando responder às provocações desses DESEDUCADORES, o único propósito deles e de te provocar. Delete sem dor. Agora, a respeito da diretora da escola da SJ da BV, será que ela TAMBÉM não sabe que ela está infringindo a lei colocando estudantes menores de 16 anos no período de ensino noturno? Lembra do caso de Jordão? A promotora da Vara de Infância e Juventude, Silvana foi sempre rigorosíssima aqui em São Paulo, resolvendo rápidinho esses casos (os diretores costumam alegar que não tem vaga no matutino ou verspertino porque interessa muito mais ter alunos a noite, monetariamente falando, é claro). Cade os promotores de SJ da BV?
Mário disse…
Giulia, como sempre você tocou em feridas abertas. Não vejo sentido em conceder férias após 90 dias de greve. O estado é omisso e incompetente. Não tem interesse em resolver a problemática da educação, assim como não se preocupa em corrigir injustiças, tal qual o caso da aluna mencionada, menos ainda em reconhecer os próprios erros. O jeito é denunciar, assim como você age, e insistir até ouvirem as vozes que não se contentam em permanecerem caladas. A sua voz é uma que se ergue na multidão e, por isso, os ofendidos, que percebem que a capuça lhes serve, te agridem. Continue na luta!
Giulia disse…
Caroline, você não imagina o que eu ouvi hoje de uma assessora da Secretaria, depois que reclamei que as Diretorias de Ensino e os diretores de escola fazem o que querem, sem respeitar nem mesmo as determinações da própria Secretaria. Ela disse que houve casos em que diretor de escola entrou com processo contra a própria Secretaria! E a Secretaria vai aceitando esse tipo de coisas? Então das duas uma: ou o departamento jurídico da SEE é tão ruim quanto o próprio ouvidor (que não sabe interpretar uma lei), ou a Secretaria é conivente com todo tipo de irregularidades.
Quanto ao MP de São João da Boa Vista, estamos aguardando a nossa réplica sair no jornal para mandar todo o calhamaço para eles. Você sabe que a promotoria exige os originais de tudo etc. e tal. O Conselho Tutelar da cidade, que apoiou a escola na expulsão da aluna, não perde por esperar...
Anônimo disse…
GIULIA EU NAO TENHO E-MAIL,E NEM ISSO DE BLOG.MINHA FILHA QUE ESTÁ ME AJUDANDO A ESCREVER AQUI.
Ela disse pra escrever minúsculo, senão parece que estou gritando
Eu li o jornal município e quis escrever aqui.
Eu moro no bairro desta escola, a Padre Josue.
Você mesmo sem conhecer acertou sim.
Esta escola é muito ruim, eu se fosse a mãe desta aluna ia qurer ela fora de lá.
Eu não deixaria minha filha lá, nem por um dia.
A diretora você nunca acha,vive na tal diretoria, alguns professores são os piores da cidade e bons professores nunca querem ir dar aulas lá, até os funcionarios falam o que acontece na escola e nao dá pra acreditar nas barbaridades desta escola.
A minha filha, graças a DEUS conseguiu vaga na melhor escola de São João,ficou matriculada nesta P. Josué só uma semana, mas mesmo assim não deixei ela ir nenhum dia as aulas.
Eu entrei na fila da escola que eu queria pra minha filhae que e ela estuda hoje, as 23 horas e madruguei para conseguir esta vaga, depois da diretora receber pai por pai e conversar com todos que queriam vaga por la, explicando as normas de disciplina da escola e ouvindo também porque queriamos vaga fora do bairro que moramos.
Eu sei o que se passa na escola da minha filha, porque sou recebida sempre que quiser.
Não vou dizer o nome desta escola, pq nao vem ao caso.
Lá os professores não entram em greve e tudo é dito aos pais.
A diretora é uma mãe, educa os alunos como se fossem filhos dela, e é severa viu, como a gente espera que seja, sem ser autoritária. Tem disciplina e todas as aulas, não tem ponte e os alunos NUNCA são dispensados antes da hora.
Bom eu só queria testemunhar que a escola que voces falam aqui é ruim mesmo, tenho dó dos alunos de la.
Se eu puder aconselhar esta mãe da aluna do fogo no lixo.
Tira sua filha desta escola, se a senhora ama sua filha.
Bom era isso, obrigado
Fabiana disse…
Muitas pessoas pensam como você só que anônimo fica difícil.
O que estamos tentando fazer é com que a escola se torne uma escola de qualidade com bons professores isso só vai ser possível quando pais, alunos e bons professores se unirem, lutando para que seja possível.
Para começar temos que denunciar os erros e quem os comete assinando em baixo.
Não pense que é fácil mais podemos fazer unindo forças.
Rosemeyre disse…
Fabiana
Você pode estar certa,mas não deixaria minha filha ser cobaia nao, porisso penso primeiro nela e na sua felicidades.
Numa boa escola ela poderá ir bem no Enem e ter até nolsa da prouni
Se ela ficasse no P Josue so iria sofrer e nada aprender
Como falei não uso minha filha pra estas coisas, eu preservo ela acima de tudo
Tudo bem que vc pense assim, até bato palmas pra vc.
Mas eu prefiro prestigiar as boas escolas, porque o P Josue nao tem conserto nao, coma corja que vive la
David disse…
Matéria, Folha Online

Giulia, você viu a notícia acima?
Esse povo tem usado ilegalidades consumíveis, acho...
Ribamar disse…
Rio, 19/05/2007.

Boa noite a todos.


A pouca vergonha está por acabar, haverá sim a regulamentação do direito de greve, pois educação é essencial.

Giulia e demais guerreiras dessa blog, manda ver, DELETAR SEMPRE OS ANÔNIMOS.

Um abraço.

Ribamar
carvalhoribamar@hotmail.com
Olá Giulia

Já tinha saudades de a visitar.

Espero que esteja tudo bem consigo.

Vejo que continua sempre atenta ao que se passa e pertinente com seus textos.

Beijos com amizade

Alexandra Caracol
Rosemeyre disse…
DAVID
O que é ilegalidade consumível?
David disse…
rose, drogas querida...drogas...
Tem que estar chapado para que certos absurdos sejam postos em prática...
Incansável disse…
Pessoal, a APEOESP está me cobrando o parecer que proíbe transferir alunos! vcs não encontraram ainda? Risos, Risos e muuuito mais risos!
Giulia disse…
Impressionante a incompetência da APEOESP e a sua bundamolice, incansável! Basta pedir ao CEE, eles mandam no mesmo dia...