Paz


Deixem essa menina em paz!!! Senhores conselheiros, o que fariam se fosse a filha de vocês? Parem para refletir dois segundos... Pelo amor de Deus, vocês são EDUCADORES!!! Estão se pegando numa guerra de pequeno poder e usando para isso a vida de uma garota! Paremmmmmmmm! Isso não é uma disputa pessoal! Reconheçam o erro, toquem a vida pra frente, mudem a atitude da escola, usem como positiva essa experiência. Conversem com os alunos, criem regras de convivência boas para todos e dentro da lei.
É necessário deixar a poeira assentar e com tranqüilidade pensar seriamente no futuro dessa jovem e a escola deve parar imediatamente de persegui-la! Parem com faixas e com reuniões que não visem o bem dessa menina! Parem de transformar o pessoal da escola em detetives, em dedos duros de colegas, assuntando e se metendo na vida dela. Chega de pressão, sra. Diretora! Se dê ao respeito do cargo que ocupa! Seja uma verdadeira EDUCADORA! Este é o meu apelo, espero ser ouvida.


Vera Vaz
da caixa de comentários

Comentários

Pais Online disse…
Engana-se Vera, NÃO são educadores, são apenas maus funcionários públicas que querem aproveitar dos mil e um benefícios do cargo e ter uma escola livre de alunos (e obviamente por conseguinte seus pais horrorosos: GENTE NÃO IA SER ÓTIMO SE A GENTE TRABALHASSE NUMA ESCOLA SEM PAIS, SEM MÃES PRA ENCHER O SACO....É O MEU SONHO DE CONSUMO...RS (da comunidade Professores Assassinas). E é justamente por causa desses DESeducadores que as FEBEMs estão lotadas e as escolas às moscas.
Vera Vaz disse…
"O que interessa não é o resultado e sim a trajetória da investigação
científica"...
"O aprendizado tem que acontecer na bagunça da vida. Análise sintática é a maior besteira do mundo. Quem já utilizou isso? É preciso é escrever e incentivar o escrever. Temos é que ensinar para o hoje, seguindo a beleza do descobrir o mundo, do agora e do entorno do corpo. O corpo quer aprender para viver",
Assim falou Rubem Alves no email que recebi hoje dessa grande frente pela melhoria da escola que é o pais online. Mas, sabe, ao invés de ler essas palavras com a profundidade que elas merecem os professores fazem chacota no ORKUT e já inventaram até um verbo pra se referir a quem quer dar sentido à Educação: "rubemsalveniou é?" dizem com desprezo... Dá um desânimo!Ele como nós também diz que percebe que nada muda...
Fazem muitos anos que estamos nessa luta contra esses DESeducadores que você cita. Eles aprenderam a palavra "limite" e pensam que ela é tudo! Repetem como papagaios a idéia de um psiquiatra que errou ao adota-la como meio educar! Na verdade ela é só uma palavra estúpida! Educar não é "impor limites" mas sim ABRIR HORIZONTES! Limites a gente usa pra domesticar animais! A outra grande confusão é limitar a ação da escola ao tipo de pais! A escola tem que educar formalmente a TODOS independente da família que tenha e dos defeitos dela!
PAIS disse…
Defendemos Isami Tiba.
EDUCAR É POR...IMPOR...ADMINISTRAR LIMITES SIM
Por causa de pessoas sem limites no educar é que hoje temos muitos jovens sem postura, sem lugar no mundo, desajustados e apoiados por adultos perdidos e metidos a donos da verdade.
Quando a Educação puder educar usando os DIREITOS e também OS DEVERES dos adolescentes teremos educadores melhores. Pois este educadores são frutos de um sistema educacional também.
Agora o que me admira muito é como "ESCREVEM MAL ESTE PESSOAL NO SITE"
Como precisam de educadores, pois quem se atreve a escrever, deve no mínimo dominar essa técnica.
pais.abuso@bol.com.be
Vera Vaz disse…
Limite sem sonho, sem projeto de vida, sem conhecimento real da vida, sem horixontes não serve pra nada! Talvez só pra se limitar a escrever sobre a forma e esquecer de civilizadamente discutir o conteúdo....(mesmo discordando...)
Fabiana disse…
Enquanto você se preocupa como
ESCREVEM MAL ESTE PESSOAL NO SITE ““.
Nós nos preocupamos com a educação, com a dignidade, com o direito de defesa, com a integridade, com perseguição, nos preocupamos com educadores que falam mentira e são desmascarados pela pessoa que usaram o nome...Nos preocupamos com aqueles que fazem conselho dizendo que o objetivo é expulsar de vez a aluna reintegrada, nos preocupamos com aqueles que colocam a sujeira debaixo do tapete e ainda sentam em cima.Tambem nos preocupa (o fato de sermos obrigados a pagar o salário desses profissionais que escrevem tão bem) são tão cheios da sabia técnica em escrever e tão vazios em conhecimentos da lei (sim da lei) porque nos dizem que fazem tudo dentro da lei só que é a lei deles e o que queremos é a lei de verdade a lei que eles criarão e submetem seus alunos essa não interessa para quem quer justiça. Não querem trabalhar com amor, estão tão cheios de sim que se esvaziaram de todo o resto ainda temos que pagar por isso.

Puxa olha só a diferença, da para notar que realmente temos com o que nos preocupar.
Mas isso é coisa de caráter, nem vou pedir para que entenda isso...
Giulia disse…
"Pais", por favor, identifiquem-se, pois seu e-mail não é válido. Já disse e repito: quem não deve não teme. "Defendemos" está no plural. Quem são vocês? Do Conselho de Escola de São João da Boa Vista?
Giulia disse…
A palavra LIMITE já diz tudo: é ser limitado, como esses professores que não se atualizam, não estudam nem lêem. Como esses professores que "dão" aula todo dia do mesmo jeito, que "dão matéria na lousa" feito robôs e, principalmente, aqueles que expulsam crianças da escola para ficarem livres delas. Mas não vão ficar livres, não. Poderão encontrá-las futuramente pelas ruas ou assaltando suas próprias casas...

AH! CAROS PAIS ANÔNIMOS: ESCREVO MAL MESMO E NÃO PRECISO DAR SATISFAÇÃO PARA NINGUÉM, POIS NUNCA ESTUDEI PORTUGUÊS. QUALQUER UM QUE TENHA ESTUDADO PORTUGUÊS NA ESCOLA TEM OBRIGAÇÃO DE ESCREVER MELHOR DO QUE EU! rsrs
ALIÁS, CUIDADO COM AS CONCORDÂNCIAS, PAIS ANÔNIMOS, PEGUEI VOCÊS! E NÃO VOU DELETAR SEU COMENTÁRIO PARA TODO MUNDO VER OS ERROS, rsrs