Nova Secretária da Educação em São Paulo


Da Folha Online

A socióloga Maria Helena Guimarães de Castro assumiu a Secretaria Estadual de Educação de São Paulo em substituição à professora Maria Lúcia Vasconcelos.

Especialista em Educação, Maria Helena foi secretária-executiva do MEC (Ministério da Educação) em 2002 e presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais do MEC entre 1995 e 2002, ambos os cargos durante a gestão do presidente Fernando Henrique Cardoso (1995-2002).
"O governador José Serra [PSDB] pediu a continuidade do esforço para melhorar a alfabetização, ênfase no uso das avaliações para melhorar a qualidade da aprendizagem, aperfeiçoamentos na gestão do sistema e atenção especial na formação e valorização dos professores", disse Maria Helena por meio da assessoria.
A nova secretária pretende colocar como prioridade as gestões do sistema estadual de educação, da escola e da sala de aula. Para isso, Maria Helena pretende estabelecer canais de comunicação permanentes com as diretorias de ensino, além dos professores, funcionários e pais de alunos.

Maria Helena Guimarães de Castro é nossa velha conhecida. Quando pedimos ao INEP para fazer uma pesquisa sobre AULA VAGA, a grande praga do ensino público no Brasil, ela era a presidente da instituição. Essa pesquisa não foi feita até hoje e todos os governos brasileiros - federal, estaduais e municipais - fingem que não sabem que trata-se do maior problema do ensino público no país. A fim de colocar panos quentes sobre a questão, a Secretaria Estadual de São Paulo proíbe o uso da expressão AULA VAGA na rede...

Semana que vem vamos entrar em contato com a nova Secretária. Se for verdade que ela pretende "estabelecer canais de comunicação com os pais de alunos", vamos questionar o autoritarismo da rede, que costuma expulsar alunos a bel prazer via Conselho de Escola e manter o site da SEE fechado aos pais e comunidade.
By the way, gostaria muito de saber do jornalista que escreveu essa matéria o que se entende por "especialista em Educação"...
"Especialistas em Educação" somos nós, pais de alunos da rede pública, que tivemos que contornar todas as falhas da escola dos nossos filhos!
"Especialistas em Educação" somos nós, que recebemos denúncias de outros pais e alunos do Brasil inteiro e procuramos orientá-los para enfrentar os abusos de que são vítimas, já que nenhum órgão público abre suas portas para ouvi-los, muito menos as famosas "Surdorias" da Educação.

Comentários

Anônimo mesmo! disse…
Quem não respeita as leis como se chama mesmo? Criminoso né! Parabéns nova secretaria de educação!!!! Seja bem-vinda! Principalmente por ter emitido o Sr. Xerife! A escola pública de SP agradece! Os blogs lamentam! Mas, é como sempre dizem: Quem pode mais, chora menos!
Ricardo Rayol disse…
Como sempre vc preparando o bote. Adoro isso. Estou convidando para participar de uma blogagem coletiva no dia 2 de agosto. Maiores informações no Jus Indignatus.
Valterlice@bol.com.br disse…
Prezada Senhora,
Meu nome é Valterlice e venho expor a minha indignação com a Escola Estadual Coronel Francisco Martins (Franca-SP). Ocorre que o meu neto é hiperativo e necessita de profissionais que saibam lidar com essa característica. Pois bem, isso não aconteceu na referida escola. Muito pelo contrário. Devido à sua personalidade forte e curiosa, normal nas crianças hiperativas, os funcionários o tratavam mal, assim como as professoras de 2ª e 3ª séries, faltando-lhe com respeito, paciência e educação. Tentei inúmeras vezes entrar em contato com o Diretor responsável, Sr. Antônio Raiz, mas sempre era informada de que o mesmo se encontrava na Delegacia de Ensino. O mais interessante é que sempre em dias e horários diversos, como se tivesse um cargo no local. Vou descrever algumas situações vividas nessa Escola por ele, pois que todas não é possível relatar:
1º) A professora da 2ª Série (Sra. Selma) exclui o Vinícius (meu neto) o ano todo, causando profundo abalo na sua auto-estima e prejudicando o seu aprendizado. Ela tinha o hábito de chamar a atenção com palavras moralmente ofensivas, na frente dos colegas, que , diante da atitude da professora, julgavam-se também no direito de criticá-lo. Num determinado dia ela disse que o Vinícius deveria estar no Allan Kardec (conhecido Hospital Psiquiátrico desta cidade e sinônimo de “lugar pra louco”). E o Vinícius, na inocência, pediu-me para que o trocasse de escola, pedindo para que o colocasse no “Allan Kardec” porque a professora disse que era lá que ele deveria estar. E assim, ele passou o ano inteiro, sendo maltratado por essa Senhora, que deveria educá-lo e tratá-lo com o mínimo de respeito.
2º) Várias vezes, quando me dirigia à coordenadora pedagógica dessa escola, a Sra Maura, relatando e levando ao seu conhecimento tais fatos, ela sempre procurava desconversar e dizer que ele que estava mentindo, sem ao menos apurar os fatos.
3º) Diante da situação, pedi pra coordenadora que no ano seguinte, colocasse o meu neto numa classe cuja professora gostasse do magistério, gostasse de criança, e que fosse uma pessoa humana, como era a professora Marlene da 1ª série (com a qual ele não teve problemas). Mas aconteceu exatamente o contrário do que eu pedi. Eles acabaram por rotular a criança, fato esse proibido por lei (vide ECA), trazendo uma nova professora (Maria Olímpia) de outra escola, que está prestes a se aposentar, apenas aguardando os dias, e que sequer sabia das dificuldades e acontecimentos relatados. Essa professora, da mesma forma que a outra professora da 2ª serie, eis que com as mesmas “qualidades ruins” daquela, discriminado o meu neto e chamando ele de “espírito mal” e que nenhum dos alunos deveria dar atenção a ele. Ora, é um abuso de autoridade e uma covardia com uma criança inocente e indefesa. Tudo o que acontecia, mesmo que não fosse ele o responsável, era sempre apontado como “culpado”, em razão do rótulo que esses profissionais da Educação (?????????) deram a ele.
4º) Na última semana, antes das férias de julho, eu o deixei mais cedo na porta da escola porque tinha consulta médica. Eles deixaram o menino entrar na escola, era o horário em que as serventes estavam limpando as salas de aula. Ele pediu para uma servente que o deixasse ajudá-la, e ela respondeu que sim. Em seguida, chegou a outra servente (Marilda Bruxelas) e começou a agredi-lo jogando carteira, balde, vassoura e com gritos, assustando o garoto e pedindo que ele saísse da sala. Tamanho o rótulo que lhe foi dado, que até as serventes o tratavam mal. Mas, essa fugiu do normal, que por mais impaciente que fosse, violência não é natural e ela foi violenta. Ela representa um perigo até pra outras crianças, pois que qualquer pessoa normal simplesmente pediria pro aluno sair da sala...e só.
5º) Semana passada, um dos seus coleguinhas pegou emprestado com o Vinícius R$ 0,50 e não devolveu. O meu neto não tem noção de valores e esse colega tinha R$ 2,00 dentro da mochila e o Vinícius pegou os R$ 2,00 para cobrar os R$ 0,50. E o colega reclamou para a professora, que sem se preocupar em saber e resolver na classe o acontecido, porque o Vinícius estava envolvido, já o mandou diretamente pra Diretoria, sem dar ao menos a chance dele se explicar. A vice-diretora Vanda enquanto aguardava a minha presença, pegou o meu neto pela orelha. Ora, já passamos de violência verbal, moral, pra violência física.
Em razão desses acontecimentos, resolvi mudá-lo para outra escola. No entanto, sinto-me na obrigação de contar tudo o que vivemos naquele local, não só pra que se faça a devida justiça, mas também para que essas pessoas não prejudiquem mais nenhuma criança nas mesmas condições. Depois a gente se pergunta de onde vem tanta violência...nesse caso, veio de dentro da própria escola.
Espero uma resposta e que providências sejam tomadas.
Atenciosamente,
Valterlice Maria de Lima
Anônimo disse…
Como denunciar uma pessoa que á 3 anos recebe os salários, inclusive todos os benefícios, e apresenta falsos exames de insanidade mas que de louca não tem nada e que inclusive tem uma situação finaceira privilegiada?
Dot disse…
Prezada senhora Maria Helena Guimarães de Castro,

Nós alunos da rede pública estadual estamos reivindicando com urgência a presença da senhora para dialogar com os representantes da categoria dos professores pelo motivo da greve.
Nós temos direito de viajar em férias, e não ficarmos repondo aulas por causa de uma greve. E quem será a culpada será Vossa Excelência.

gratos alunos da rede pública educacional
Anônimo disse…
estou denunciando a E.E Anizio Ferraz Godinho (Conchas - SP) por falta de direção, pois cuja a escola possue desde um fumodramo para os adolescentes, brigas no corredor da escola por pessoas da rua agredindo alunos, o espetor de alunos ( Shirlei) oferece cigarro as adolescentes cuja as provas estão na delegacia de policia e no forum da comarca. Feita sa reclamações e a direção nada faz ,no entanto espero que esta autoridade da secretaria de educação do estado de são paulo tome as devidas providencias cabiveis, pois estamos disesperados pela segurança de nossos adolescentes,
pois tenho uma filha adolescente na escola e ja foi vitima do espetor por assedio. Sem mais.... Obrigado
Conchas -SP
ass: Sérgio Jose Chaves
Leninha disse…
Prezada Senhora,
Sou PEBII-História- readaptada e estive passando no mês de janeiro na perícia para o ingresso e em todas as perícias realizadas,fui considerada NÃO APTA para minha surpresa.Gostaria de ter uma resposta concreta e objetiva sobre este meu caso que é tanto minucioso.Acontece que no ano de 2004,fui readaptada a pedido de minha direção e não satisfeita entrei com recurso pois me senti lesada em todos os sentidos.Após ter dado entrada tive êxito e fui convocada para uma nova perícia no dia 22/08/06,onde o médico-perito o qual passei,por ver que estava bem iria dar-me a cessação e por mais uma vez sentir-me prejudicada em pleno mês de agosto,retornar as salas sendo eu PEBII-OFA me senti hiper prejudicada,devido ter 19 anos de exercício e após esta readaptação,recomeçar do zero ou seja,senti-me em regressão pois tenho uma pontuação razoável e começaria do zero,participar de atribuições no mês de agosto quase final do ano e ficando somente com licenças que é o que mais aparece.Neste dia pude dialogar muito com o médico-perito e disse-lhe se não tinha outra hipótese e me alegou que poderia colocar mais 02 anos para ficar readaptada e terminado esta agora no dia 22/08/08 e eu aceitei,pois já tinha passado no concurso e não tão bem mas mesmo assim no dia que era para ir escolher tive esta oportunidade tanto que resido em Santo André e escolhi uma escola em Diadema.Fiquei para ser-lhes sincera feliz e ao mesmo tempo emocionada de poder começar este ano de 2008 em salas de aulas onde é o lugar que nunca deveria ter saído e tudo por erro de uma vice-diretora do colégio do qual estou.Nunca vi uma readaptação sair tão rápida quanto foi a minha,em 04 meses,sendo que sei de casos que tem professores a lutar por ela mais de anos e eu consegui,sem querer!(estranheza,tb isto).
Sabia que para ingressar teria que ir passar a perícias médicas no DPME mas para minha surpresa de todas as vezes,que lá estive só tive o resultado de NÃO APTA,sendo que os médicos-peritos que passei sequer olharam meus atestados de alta de meus médicos e uns até alegando-me sofrer de pressão alta,que foi o cúmulo.Entrei já por diversas vezes,com pedido de reconsideração e para novas perícias mas as respostas que tive apenas é escritas em D.O.E ...assim....NÃO APTA....nem sequer explicando-me o motivo pelo qual têem este resultado final...Agora dia 25 de agosto vencerá o prazo de minha readaptação e estou esperando uma resposta para poder assumir pois,ainda creio muito em Deus e achando que estão esperando o término do prazo de 02 anos para deixarem-me tomar posse,uma vez que já fiz de tudo e nenhuma resposta satisfatória recebi tanto do DPME tanto dos senhores médicos-peritos e do próprio Diretor do DPME e do Secretário da Saúde....
Por favor,os senhores poderiam orientar-me o que deverei fazer ou por exemplo,dizer-me se enviar email ao Governador do Estado ou a nossa Secretária da Educação, se poderão dar-me uma resposta concreta e satisfatória uma vez que, em todas perícias que compareci levei exames e relatórios da forma em qual me encontro atualmente.
Se puderem auxiliar-me eu vos agradeço.
Sem mais,abraços
Maria Helena
Anônimo disse…
SRA. SECRETARIA
Externamos nossa indignação quando deparamos com tantos problemas na nossa cidade referente as firmas que contratadas para exercer o serviços tercerizados ( no forum , Diretoria de Ensino, Delegacia de Policia Etc )e estamos convivendo com isso hoje na nossa escola com duas funcionárias tercerizadas pela Secretaria da Educação no serviço de Limpeza e que não recebem seus salários há três meses ( desde inicio da contratação, mês de junho) . Pessoas estas , que são arrimo de família , pagam aluguel estão vivendo hoje em desespero , sem saber a quem recorrer pois a firma contratada localiza-se na capital o que dificulta o contato pois somos do interior e as pessoas envolvidas na negociação ( pregão) cruzam os braços e não tomam nenhuma atitude( providências ) .A firma contratada se chama SAIT LIMPEZA E INFRA ESTRUTURA LTDA , com sede a Rua Pedro Bellarde, 390 , Bairro Tatuapé - SP, representada por Márcio Nunes Ribeiro , RG. 21.931.998-4,SSP/SP,dados retirados do Termo de Contrato entre Diretoria de Ensino e a Firma .
Apelamos pela sua compaixão no sentido de intervir neste fato pois só na nossa cidade encontra-se várias pessoas que estão sendo lesadas pela mesma firma, sem contar com as demais escolas desta Região que faz parte da mesma Diretoria de Ensino.
Como cidadãos brasileiros, e trabalhadores merecemos respeito.
Obrigada , aguardamos solução.
Anônimo disse…
SRA. SECRETARIA
Externamos nossa indignação quando deparamos com tantos problemas na nossa cidade referente as firmas que contratadas para exercer o serviços tercerizados ( no forum , Diretoria de Ensino, Delegacia de Policia Etc )e estamos convivendo com isso hoje na nossa escola com duas funcionárias tercerizadas pela Secretaria da Educação no serviço de Limpeza e que não recebem seus salários há três meses ( desde inicio da contratação, mês de junho) . Pessoas estas , que são arrimo de família , pagam aluguel estão vivendo hoje em desespero , sem saber a quem recorrer pois a firma contratada localiza-se na capital o que dificulta o contato pois somos do interior e as pessoas envolvidas na negociação ( pregão) cruzam os braços e não tomam nenhuma atitude( providências ) .A firma contratada se chama SAIT LIMPEZA E INFRA ESTRUTURA LTDA , com sede a Rua Pedro Bellarde, 390 , Bairro Tatuapé - SP, representada por Márcio Nunes Ribeiro , RG. 21.931.998-4,SSP/SP,dados retirados do Termo de Contrato entre Diretoria de Ensino e a Firma .
Apelamos pela sua compaixão no sentido de intervir neste fato pois só na nossa cidade encontra-se várias pessoas que estão sendo lesadas pela mesma firma, sem contar com as demais escolas desta Região que faz parte da mesma Diretoria de Ensino.
Como cidadãos brasileiros, e trabalhadores merecemos respeito.
Obrigada , aguardamos solução.
Anônimo disse…
Eu queria externar a minha indignação quanto a pessoas readaptadas que simplesmente recebem o salário e todas as vantagens sem nada fazerem, ficam de braços cruzados e ainda cumprem o horário do jeito que querem. Na EE Prof. Antonio Tanuri - DE de Fernandópolis é uma vergonha, a mulher do diretor pertence a outra escola e fica nesta dando ordens e se fazendo passar po diretora também. Distrata os alunos, os professores, interfere nas aulas , na faxina e até com o pessoal que está fazendo a reforma na escola. Os alunos já não suportam mais a presença desta senhora, mas fazer o que ela é esposa do diretor. Mas sabemos que está lesando o estado e ainda falando mal de professor, que feio. Será que não está na hora de alguem fazer alguma coisa? Investiguem, a DE de Fernandópolis sabe disso e não toma providências.
Anônimo disse…
SRA. SECRETARIA
Estou fazendo um pedido de fiscalização na Escola Cesar Martinez(Moema SP), sou mãe de aluno a 2 anos nesta escola venho percebendo neste 2 anos que nada foi feito na escola para o bem dos alunos pois e uma escola bem conceituada neste bairro, sempre a eventos e sempre e pedidos para os pais levarem um prato de salgado e depois nos compramos aquilo que levamos mas sempre em pro das crianças sendo assim os eventos são bons financeiramente falando tirando os gastos que elas alegam ter tido sempre sobra uma boa quantia em dinheiro, nunca vi nenhuma reforma tem banheiros com bacias soltas, torneiras sem a rosca de cima ,nunca tem papel higienico fizeram ate uma promoção de quem troxe-se mais papel ganharia um bolo,não entendi, pois sei que a verba que o governo manda não e muito mas ele esta mandado certo; A direta adora eventos pois esta sempre presente em todos mas na maioria das vezes que e preciso falar com ela ha sempre um desculpa pois a mesma não se encontra, bem ela adora gritar e dar seus chilique com os seu funcionarios nos eventos e no horario de aula pois meu filho ja me relatou varios casos,acho que por isso que tem professoras xingando e pondo nomes feios nas crianças, bem este ano foi feito um muro que ao meu entender não precisava ser refeito pois estava em boas condições para este muro foram gasto 110.Mil Reais, com este valor compro um casa não acha, bom na festa junina deste ano foi arrecado 16.Mil Reais tirou se os gastos tudo bem sera que o gasto foi maior que o ganho pois não há melhora nenhuma visivel so se eu não estiver enxergando bem , tem funciorarios que estão desconte e ja pediram sua transferencia mas ela não aceita,acho que ela tem que deixar as pessoas resolverem sua vida e não impedir que elas saiam,ha ja ia me esquecendo da APM, que e pedido todos os meses, as crianças que não mandam o papel de volta fica de castigo ou leva bronca porque mandou o papel vazio.GOSTARIA QUE FOSSE AVERIGUADO TODOS ESTE FATOS RELATADOS..........................
El shaday disse…
ola meu nome é .........
e sou aluna de escola publica
gostei muito da cartilha que fizeram mas acho que vocês estão precisando dar uns dias de folga a nos tipo deixar as escolas fazerem passeio para hopi hari , cansamos de ir em museus e lugares chato
para que um aluno se consentre nos precisamos de dias de descanso ao lado dos meus amigos isso sim que precisamos se ñ a gente só estuda e cade a noss infancia?
Anônimo disse…
gostaria de saber qual providencias foi tomada sobre a empresa tercerizada q ocupava alguns setores de sua cidade pos sou funcionaria e tbm estou na mesma situaçao sem salario e decimo tercereiro e estamos no fim do contrato e tbm naum saum pagos os fgts e a previdencias dos funcionarios sou da capital
Anônimo disse…
Boa Tarde!
Quero colocar aqui a minha indignação e descaso com o orgão acima, pois no dia 11/07/2008 fiz o meu pedido de vaga no Céu Pq. Veredas gerando uma numeração de protoco 1727537 do meu filho Pedro Henrique e a unica resposta é aguarde a fila ou temos uma lei agora da Portaria N° 3.440, de 07/07/09 que tem que aguardar na fila, só que essa lei foi feita um ano depois que eu já tinha pedido a vaga. Estou a dois anos sem trabalhar por não ter condições de pagar uma escola particular ou alguém para olha-lo onde está sendo respeitado ai os direito da criança onde todos tem o direito de estudar e meus direitos de cidadã onde estão....quero uma solução pois são 2 anos não são dois dias ou dois meses...a secretária me mandou um e-mail com esses dizeres " agurade a fila"..é triste depender de um órgão pulblico que presa tanto a cidadãnia da criança....eu preciso de uma solução, só preciso que depois de 2 anos a vaga do meu filho saia noa Céu da Prefeitura do Pq Veredas, pois é a mais perto da minha residencia....Espero que a nova secretária da educação possa solucionar meu problema e não colocar mais impecilio e eu tenha que esperar mais anos por essa vaga.

Jenifer Apparicio
jeniferapparicio@hotmail.com

Postagens mais visitadas deste blog

A expulsão é legal?

Escola pública ou particular. Qual a sua opção?...

Respeito ao aluno, 3ª Parte. A expulsão da escola