No meio da rua


É um filme lindo, que assisti quase por acaso. Filme nacional, que narra uma amizade impossível, entre um garoto de classe média alta e um menino malabarista de farol. Dois cidadãos brasileiros que nunca teriam condição de se conhecer em circunstâncias normais. O filme mostra um pouco do Rio de Janeiro como ele é, da mansão à favela, com diálogos realistas e cenas tocantes. Pena que os atores "globais" deixem a desejar... Em compensação, todas as crianças do filme tem um desempenho surpreendente.

Recomendo!

Comentários

Ricardo Rayol disse…
Um O principe e o mendigo revisitado.
Giulia disse…
Só que estamos num país "democrático", hehe.
Giulia disse…
Bom, já que parece que ninguém assistiu o filme, vou dar mais alguns detalhes interessantes. O que fica bem claro é o relacionamento que existe entre o favelado que não se envolve com o tráfico e o favelado que participa do esquema. Eles são vizinhos, portanto qualquer delação pode ser fatal. E o favelado "limpo" preza sua família tanto quanto todos nós que vivemos numa casa decente, por isso precisa usar artimanhas para protegê-la. Isso faz com que exista nessas comunidades um código de ética (mesmo ilegal) e uma sinceridade muitas vezes inexistente entre vizinhos comuns, que costumam agir de forma polidamente hipócrita. O final do filme é bastante revelador e mostra uma problemática bem típica do Rio de Janeiro, onde existem limites nítidos e até físicos (as famosas "linhas") entre uma realidade e outra.
Como já disse, o Rio de Janeiro é minha cidade do coração e não me conformo com o que foi feito dessa cidade realmente maravilhosa.

Postagens mais visitadas deste blog

A expulsão é legal?

Escola pública ou particular. Qual a sua opção?...

Respeito ao aluno, 3ª Parte. A expulsão da escola