Começou a temporada de "caça às bruxas"!


Ao final de cada ano letivo, em todo o Brasil, milhares de alunos são levados a "execução sumária" em reuniões de Conselhos de Escola, que deliberam por sua expulsão, ou seja, negam aos alunos a rematrícula para o ano seguinte. De um modo geral, temos tido sucesso junto às Secretarias Municipais e Estaduais da Educação de todo o Brasil, que entendem a inconstitucionalidade desse ato e aceitam reverter o processo de expulsão, mas alguns casos são "mais difíceis", como aquele relatado no documento que enviamos hoje à Secretaria Municipal de São Paulo: a expulsão de TREZE ALUNOS de uma tacada só! A denúncia é anônima e veio de professores que não quiseram identificar-se. Esperamos que a Secretaria tenha a inteligência e a sensibilidade de investigar imediatamente o assunto e reverter o processo! Sr. Secretário, não compactue com a INCONSTITUCIONALIDADE!

E d u c a F ó r u m

Sr. Alexandre Alves Schneider
Secretário da Educação do Município de São Paulo
claudiaoliveira@prefeitura.sp.gov.br

Cópia Sr. Waldecir Navarrete Pelissoni
Chefe de Gabinete

Cópia Sra. Sueli Chaves Eguchi
Coordenadora de Ensino de Pirituba

Ref.: Expulsão de 13 alunos na EMEF Monteiro Lobato - Pirituba

Prezado Sr. Secretário,

Professores da EMEF Monteiro Lobato, que infelizmente não quiseram identificar-se, devido a possíveis retaliações, informaram que no dia 22/11/07 o Conselho da Escola acima citada expulsou TREZE ALUNOS, ou seja, negou a rematrícula dos mesmos para o próximo ano.

A direção da escola teria afirmado que os treze alunos seriam "entregues" ao Conselho Tutelar, já que nem os pais nem a escola conseguiram "dar um jeito neles", mas que de forma nenhuma voltariam a estudar nessa unidade escolar.

Pedimos a imediata apuração dessa atitude INCONSTITUCIONAL de negar aos alunos seu direito líqüido e certo de continuar estudando em sua escola.

Como já cansamos de esclarecer, O CONSELHO DE ESCOLA NÃO PODE SER UM TRIBUNAL DE EXCEÇÃO PARA A CONDENAÇÃO DE ALUNOS. Essa escola assinou seu atestado de incompetência pedagógica e esse é um motivo muito sério para que a Secretaria faça uma profunda avaliação da mesma. Sr. Secretário, o que se pretende ao expulsar o aluno de uma escola? Que ele se torne a "ovelha negra" de outra unidade do mesmo bairro ou que até seja recrutado pela marginalidade???

Sempre reiteramos que o exemplo "vem de cima".

Sr. Secretário, pedimos uma apuração imediata de todas as práticas ilegais na EMEF Monteiro Lobato, além da expulsão de alunos via Conselho de Escola:

  • Anotar no livro de ocorrências os atos de indisciplina dos alunos e obrigá-los a assinarem, mesmo se discordarem do que foi relatado;
  • Impedir a freqüência às aulas de alunos sem uniforme;
  • Tratamento dado aos alunos por alguns professores e profissionais da escola, chamando-os de "Débil mental", "Diarréia mental", "Laranja podre", etc.

Sr. Secretário, desta vez não vamos admitir as usuais demoras devidas à instauração da apuração preliminar. Os pais dos alunos expulsos têm o direito líqüido e certo de solicitar sua rematrícula. Caso a negativa venha a ser confirmada, chamaremos a mídia televisiva e escrita na porta da escola.

Na certeza de que V.Sa. não irá compactuar com essa prática INCONSTITUCIONAL e que tomará providências imediatas para reverter a situação relatada na EMEF Monteiro Lobato, despedimo-nos

Atenciosamente

EducaFórum e Movimento Ideamos

Comentários

Anônimo disse…
Acabei de lêr isto tudo que Giulia escreveu e mandou para a Secretária em forma de denuncia, pois é mesmo um absurdo isto acontecer expulsar 13 crianças como podem fazer isto se estas coisas estão acontecendo espero que o Secretário tome uma atitude e investigue isto o mais rapido possivel inpedi-las de fazer sua rematricula, que coisa espero uma resposta do senhor Secretário estarei sempre alerta para ver o que foi decidido a respeito destas crianças.
Anônimo disse…
Será que vira alguma atitude da SME? Eu acho que não vai acontecer nada.
Giulia, quantos documentos você já mandou pra essa Claudia sobre a Emef Imperatriz Dona Amélia e ninguém fez nada.
Anônimo disse…
Giulia por favor não desista destas crianças pois elas só tem a você e os pais delas para socorre-las, imagino como eles devem estar se sentindo, e como eles devem ter se sentido no dia que aconteceu isto foi um tremendo golpe em suas vidas agora cabe ao senhor Secretário a mudar o rumo destes acontecimento e dar a chance destas crianças estudarem com dignidade e respeito; pois parece que isto ninguem daquela escola teve por elas, ao que me parece elas não tiveram a ajuda necessária para sair deste buraco.
Márcia disse…
Tirar péssimos professores da escola...não pode!
Expulsar as crianças da escola...isso pode!
Que país é esse?
As vezes eu penso que essas denuncias não chegam nas mãos do Secretário...
Giulia disse…
"Anônimos" - como é difícil responder para anônimos! rsrs
Nós do EducaFórum não somos nem um pouco ingênuos. Sabemos muito bem, por experiência própria, que o sistema educacional não permite milagres! Nossos próprios filhos sofreram um bocado na mão de profissionais sem escrúpulos e sempre que procuramos esferas "superiores" encontramos...profissionais da educação, portanto o sistema é dominado pela corporação. Mas uma coisa podemos afirmar: desde que começamos a publicar no blog o texto dos documentos que enviamos às autoridades, tem sido cada vez mais fácil resolver problemas pontuais, como a negação de vagas e a expulsão de alunos. Mesmo que as autoridades não tenham vergonha de cometer ILEGALIDADES e INCONSTITUCIONALIDADES, mesmo assim elas não gostam de serem criticadas publicamente. E é exatamente isso que fazemos. Enquanto não existir uma ouvidoria da educação INDEPENDENTE da corporação, o que procuramos é informar a população e colocar "areia no ventilador". Ela tem ardido nos olhos de muita gente...
Cida disse…
Esta carta que acabei de lêr que foi enviada ao Secretário, é de deixar qualquer um de queixo caido nunca imaginei que pude-se tantos absurdos dentro de uma escola, e se isto tudo vem acontecendo nós só podemos crêr que é com o consentimento do proprio Secretário, ja que até hoje ninguém tomou providência nenhuma contra esta escola. E ai eu me pergunto, será que estas crianças tiveram algum acompanhamento de psicólogos e de ajuda de professores no caso de elas estarem indo mau nos estudos será realmente que se foi esgotado todas as opções de ajuda, para que eles partam para a expulsão? . Se o senhor lêr isto ou se a Direção da escola lêr isto fica então estas perguntas para serem respondidas, não para mim, mas sim para os proprios pais das crianças, antes que isto venha a se tornar rotina nesta escola.
Anônimo disse…
Cadê a liberdade de expressão!
Deixa o povo falar, anônimo ou não o importante é deixar seu comentário,dizer o que sente sobre determinado assunto.
Não quer deixar nome? Problema de cada um.
Giulia disse…
"Anônimo", não é esse o problema! O problema é não saber para quem a gente está respondendo. Somente neste post tem 4 comentários anônimos. É muito fácil trocar as estações! Você não acha que seria muito mais fácil inventar um nome?...

Postagens mais visitadas deste blog

A expulsão é legal?

Escola pública ou particular. Qual a sua opção?...

Respeito ao aluno, 3ª Parte. A expulsão da escola