A falência das instituições


Sobre a invasão da polícia nas escolas do Paraná, algo que não se viu nem na ditadura militar, leia o depoimento da nossa amiga Cremilda. Eu continuo muda, traumatizada e horrorizada, principalmente com a omissão dos formadores de opinião, despreocupados porque seus filhos estudam na rede particular. Quanta cegueira...
Mais uma vez, medidas arbitrárias contrariam a Constituição e o Eca, com a nossa conivência:

Artigo 5º da Constituição Federal
Inciso III
Ninguém será submetido a tortura nem a tratamento desumano ou degradante
Inciso X
São invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito a indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação.

Estatuto da Criança e do Adolescente (lei 8069/1990)
Art. 232
Submeter criança ou adolescente sob sua autoridade, guarda ou vigilância a vexame ou a constrangimento.
Pena - detenção de seis meses a dois anos

Toda vez que uma corporação interfere na disciplina da outra, uma está equivocada e a outra está falida.

O caso da Polícia Militar dentro das escolas públicas mostra o equívoco da Policia Militar.
Disciplina na escola pública só com aulas de qualidade, professor na sala de aula, respeito com os alunos e, principalmente, bons exemplos. A falência total da escola pública está em priorizar a corporação e desconsiderar o aluno. Os professores estão rasgando a Constituição, que determina que a escola é um direito do aluno. A escola que se transforma em situação de risco e lugar onde o aluno não aprende o minimo, mas é constantemente violado nos seus mais elementares direitos, é uma escola que faliu. Falida, pode fechar que não vai fazer a menor diferença. Será a escola dos sonhos dos maus profissionais, uma escola sem aluno. O professor poderá no final do mês buscar seu hollerith e receber sem trabalhar.

Uma escola invadida por 200 policiais para revistar alunos, como aconteceu no Paraná, é uma escola que me dá vergonha. O comandante da operação diz que é por conta dos tráfico de droga e - pasmem! DA INDISCIPLINA. Declarou na Rede Globo.

Em São Paulo os alunos também não estão aprendendo e é o segundo estado que está em pior situação no Brasil em qualidade de ensino. São Paulo fechou 300 escolas e continua fechando.

Temos neste pais 13.000.000 de alunos fantasmas. E chamam a policia para os alunos? Chamam a policia para as VÍTIMAS? Aluno que se rebelar, tem dois policiais em questão de minutos na sala de aula para conduzi-lo até à delegacia de Policia. Ví o vídeo da invasão da escola pelos policias em Londrina. Eram duzentos. Fizeram uma operação de guerra, dessas que fazem em presídio, igualzinho. Entraram de surpresa aos montes e em varias classes ao mesmo tempo, armas em punho. Fiquei envergonhada. Vergonha de um pais que trata o seu futuro dessa forma truculenta, covarde.Vergonha e preocupação. Que tipo de cidadão a escola pública está formando?

Cremilda Estella Teixeira

Comentários

Vera Vaz disse…
Você e muitos continuam mudos!
Esse blog está batendo recordes de visita todos os dias e ninguém comenta esse absurdo!...
Gostaria de ver aqui muitas opiniões indignadas!!!!!!!!!!
Não se combate o mal com o mal! Isso é receita do buxinho!... Existem outros caminhos pra combater violência coerentes com o ambiente escolar.
Mesmo que as pessoas estejam assustadas não podem se deixar levar pelo imediatismo das soluções que parecem boas porque reduzem o risco mas são péssimas porque criam um conceito errôneo de cidadania, de paz, de papel da polícia, de papel da escola...
Joaquim disse…
VERA VAZ!
Você tem noção do que é bater de frente com a corporação?
Falar é muito fácil,difícil é enfrentar essa corja toda.
Giulia disse…
Olá, Joaquim, de qual corporação você está falando?...
Acabei de assistir Tropa de Elite (afinal, eu tinha que fazê-lo!) e me parece que, até agora, não houve nenhuma grita da corporação policial para refutar o que esse filme de "ficção" alega, ou seja, que todo o sistema é corrupto!
Então gostaria de saber o seguinte: o governador do Paraná permitiu que uma legião de policiais corruptos invadisse as escolas, com que finalidade mesmo???...
Quanto à corporação dos professores, então o que falta é fazer um filme que mostre o que acontece realmente dentro das salas de aula - já que agora os alunos estão proibidos de filmar - para que finalmente a sociedade saiba a verdade, da mesma forma como foram revelados os bastidores da atuação da polícia na sociedade. E aí, PETROBRÁS, vamos nessa???????????????????????????? A gente ajuda!
Ah! Também gostaria de saber se as diretoras das escolas ofereceram um lanchinho para os policiais, que afinal, ninguém é de ferro...
Ricardo Rayol disse…
Não esqueçam a quem o Requião adora como ídolo.

Postagens mais visitadas deste blog

A expulsão é legal?

Escola pública ou particular. Qual a sua opção?...

Respeito ao aluno, 3ª Parte. A expulsão da escola