Polícia revista crianças em escolas de Londrina






Um batalhão de 200 PMs "invade" a maior escola de Londrina como se entrassem em um presídio em rebelião e maculam o local onde se deveria promover o Conhecimento, a Cultura e o Lazer com cenas de delegacia policial!


Eu prefiro acreditar que tudo isso é uma paranóia passageira de quem está com medo da violência e não sabe o que fazer... e que a visão das cenas deprimentes de seus filhos sendo revistados na tv faça com que esses pais que concordaram com esse absurdo sem propósito que nem na ditadura eu assisti não persista!

Fiquei realmente chocada de ver a que ponto chegamos... que confusão de papéis!...que maltratamento aos que serão os futuros cidadãos desse pais!...

Fiquei com vergonha!

Fiquei com medo!

Medo que essas crianças achem que esse desrespeito é normal!

Fiquei com pena! Pena de ver que pessoas que deviam ensina-las a crescer dignamente e dar amor e saber a elas mandam a polícia remexer em seus objetos pessoais e apalpar seus corpos em busca de sei lá do que...

Fico pensando se revistaram as bolsas dos professores também e se eles achariam isso normal... (existem professores que usam drogas também, eles não sabem disso?)

Não é normal!!!!!!!!!!! É um absurdo!!!!!!!!!!!!!!!!!
E a mim não importa a mínima se os pais foram convencidos e votaram unanimemente para que houvesse esse tipo de abordagem nas escolas pois como a Giulia mesmo comentou APM e Conselho de Pais não estão acima da lei e a lei é:

Art. 232 - É crime "submeter criança ou adolescente sob sua autoridade a vexame ou constrangimento"
(Detenção de seis meses a dois anos).

O próprio professor da escola entrevistado se disse constrangido com a situação, imagine uma criança ou um adolescente!!!!!!!!!! Absurdo!!!!!!!!!!!!!!
Só faltava essa para assinar embaixo de como tratamos de nossas crianças e adolescentes!
É assim que estamos formando cidadãos?????? Deprimente!!!!!!!!!!!!!!
Nós do Educafórum vamos protestar com veemência contra isso!
Vera Vaz

Comentários

Giulia disse…
Xipó, eu não vi isso, que absurdo!!! Saiu em rede nacional? Me manda e-mail que vou ver com outras pessoas como a gente se posiciona contra isso.
Mauro disse…
Giulia,

a "busca pessoal" só pode ser realizada por fundada suspeita. E, mesmo assim, a pessoas não pode ser submetida a vexame e nem a constrangimento.
artigo 5º da Constituição Federal:
inciso III: ninguém será submetido a tortura nem a tratamento desumano ou degradante;
inciso X: são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito a indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação;
No caso que envolva crianças, ainda existe uma punição específica:
Art. 232. Submeter criança ou adolescente sob sua autoridade, guarda ou vigilância a vexame ou a constrangimento:
Pena - detenção de seis meses a dois anos.

é isso.

S. Paulo, 06/11/2007.
Mauro A. Silva
Movimento Comunidade de Olho na Escola Pública
Pais Online disse…
Vera,

Isso é inacreditável! Onde estão a commissão de justiça e paz, o ministério público e as organizações de direitos humanos para defender nossos filhos? Esse papo de que a ação da polícia foi aprovada em *Reunião Pedagógica* no começo do ano é absurdo. Aposto que a proposta não constava na pauta da convocação (se existia de fato alguma convocação oficial para tal reunião) e que havia apenas um minoria de pais no recinto. Desafio a diretora a mostrar a lista de presença. Gente, que police state é esse?
Giulia disse…
Caros amigos, sabem porque só nós nos indignamos com isso? Porque os filhos "deles" estudam na rede particular.
Está assim comprovado o apartheid existente na sociedade brasileira.