Pular para o conteúdo principal

Feliz Ano Novo, professora!


Recebemos uma linda mensagem da professora Regina Milone e não poderíamos deixar de publicá-la! Regina, muito, muito obrigado pelo seu carinho, pela sua participação e pelo seu interesse por este movimento de pais de alunos, geralmente tão mal interpretado pelos profissionais da educação. Você, a Glória Reis, a Marta Bellini, o João Batista do Nascimento, o Leandro e todos os professores que nos prestigiam são como navios que nos permitem atingir a terra firme, dentro desse "mar revolto" que é a educação no Brasil. Ah, se cada um de vocês pudesse lotar seu navio com mil educadores, como seria mais fácil transformar as escolas!...

Amigos e amigas queridíssimos,
Fim de ano... Fim de ciclo.
Tanto para rever, repensar.... Virar a página de algumas coisas e sentir saudades de outras...

Desejo, em 1º lugar, que este fim de ano seja:
- de reflexão em relação a tudo que passou;
- revisão de acertos e erros, descobertas e redescobertas;
- sinceridade, honestidade e verdadeira auto-crítica, para que possamos, cada um de nós, sermos pessoas melhores no ano que virá.

Se formos capazes de, com coragem, encararmos o que há de mesquinho em nós (lembrem-se do maravilhoso Poema em Linha Reta, do grande Fernando Pessoa), o que há de maldoso e, a partir daí, procurarmos melhorar primeiro a nós mesmos, antes de julgarmos uns aos outros (cada um é que sabe onde aperta seu calo...), aí sim poderemos nos engajar de verdade nessa busca de um amor maior entre os seres vivos, solidariedade, fraternidade e paz. Não adianta desejarmos tudo isso se não fizermos a nossa parte no dia a dia, não só em datas especiais como o Natal e o Reveillon.

Desejo que lembremos sempre que o amor é um sentimento generoso, que não se economiza, pois é como uma cornucópia: quanto mais se dá, mais se tem. E essa abundância de amor é a maior força do bem que ainda existe nesse nosso mundo louco.
Por isso, não poupemos amor e sim transbordemos, distribuindo a todos e a tudo que pudermos. Sem dúvida, amar a nós mesmos é essencial para termos esse amor verdadeiro para os outros seres também. Por isso, cuidemos bem de nós e busquemos auto-conhecimento sempre, olhemos para dentro e não nos percamos nas mil solicitações práticas e diárias do mundo externo. "O essencial é invisível aos olhos", lembrem disso!

Bem... Se fui piegas ou não, tudo bem. Só sei que me deu vontade de escrever, dessa vez, mais do que os usuais "FELIZ ANO NOVO, muita paz, amor, saúde, alegria, realizações e dinheiro no bolso para todos!!!" Mas é claro que desejo tudo isso também!!!!

E, mais uma vez, FELIZ 2008 PARA TODOS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Beijos, beijos e mais beijos,
Regina Mª Milone de F. Travassos

Comentários

Ricardo Rayol disse…
Mais do que merecido.

Postagens mais visitadas deste blog

A expulsão é legal?

Recebemos a seguinte mensagem de Manaus e a respondemos no comentário. Dê também sua opinião!
Sou ex-Conselheiro Tutelar e hoje trabalho como consultor de projetos sociais na Prefeitura. No entanto, estou sempre envolvido com o problema de atitudes arbitrárias em escolas públicas onde alunos são expulsos ou suspensos sem qualquer critério legal. Por este motivo gostaria de estar recebendo informações mais detalhadas sobre a legalidade desse procedimento adotado pelas escolas. Até que ponto a escola teria poderes para expulsar alunos, ou trata-se de um ato totalmente ilegal? Favor encaminhar informações jurídicas sobre o caso.

Respeito ao aluno, 3ª Parte. A expulsão da escola

Este é certamente o problema mais grave da escola brasileira: a expulsão de alunos. Além de não ser inclusiva, ela é inóspita para os alunos já matriculados e, na primeira oportunidade, eles são "convidados" a sair da escola, ou então, sumariamente expulsos. E aqui sempre fazemos o mesmo apelo aos pais: não permita que seu filho seja expulso, procure entender o que está por trás dessa atitude da escola! Tenha a coragem de enfrentar essa questão de cabeça erguida, não seja mais uma vítima de um sistema de exclusão.
Já falamos aqui exaustivamente sobre a expulsão na rede pública de ensino, que se dá de várias formas: "oficialmente", através do Conselho de Escola,  através de manobras dos diretores de escola, ou de forma "branca".

A expulsão na rede particular é tão ou até mais frequente do que na pública, e isso também já demostramos aqui diversas vezes. Mas na rede particular ela costuma ser melhor disfarçada, através de um "convite" para buscar …

Escola pública ou particular. Qual a sua opção?...

De vez em quando a gente atende uns pais de alunos bem descontrolados, difícil manter a linha. Faço questão de reproduzir aqui toda a troca de mensagens com um cidadão que quase me tirou do sério... rs
Dia 4 de setembro"Por um acaso deparei com seu site. Gostaria de que me informassem se é LÍCITO aluno de escola pública ser agraciado; com merenda substanciosa ; material escolar, transporte, uniforme e até tablets, pelos quais pouco se exige de cuidados e/ou devolução; pelos PODERES PÚBLICOS, enquanto que alunos de escolas particulares, cujo custo é elevado e que foi assumidos pelos pais como opção, para que tenham uma escola  de melhor qualidade; não é fornecida merenda, material, livros, transporte,nem tablets em pé de IGUALDADE?Será que os cursos das escolas particulares são regidos por diretrizes, normas, conteúdos, ou programas de entidades estranhas ao Ministério da Educação do Governo Federal? Será que as crianças das escolas particulares não são Cidadãos Brasileiros? Será…