O ódio do professor

Alguém personificou o ódio do professor pelo aluno, de que tanto fala a nossa amiga professora Glória. Basta ler os comentários de uma figura que se apresenta como "Cricardo", provavelmente um sindicalista despeitado, rsrs.

Comentários

Anônimo disse…
Esse cricardo está na hora de ir para a reserva . de seu lugar para outro que queira dar aulas e valorizar o aluno . Já que para este cidadao todos sao marginais .
Cricardo , vc deveria cuidar da sua vida , nao sou contra , mas pq nao entra numa dessas religioes q valorizam o irmao e o considera como um ser humano ??? Vc está precisando de tratamento anti ÓDIO.
Glória disse…
Giulia, lá meu blog tem um professor reclamando da acusação de que faltam muito ao trabalho e alegando que este ano "só faltou" 6dias...Ele colocou o comentário na postagem sobre o artigo do Antônio Ermírio, então respondi pra ele que se ele trabalhasse na Votorantim já tinha sido despedido. Eles são de uma inconsciência impressionante. Imagine que 6 dias de falta equivalem no mínimo a 30 aulas que ele deixou de dar e o professor acha "só"...
cremilda estella teixeira disse…
Giullia
Vou fazer o impossível para estar em SPaulo no dia marcado com a SEE
Acredita que a Sul 3 teve a coragem de me mandar um documento sacana, negando todas as acusações dos pais e ainda me ameaçando?
Pode um coisa dessas?
Amanhã vou falar esse assunto na rádio.
Giulia disse…
Oi, Cremilda, finalmente consigo "falar" com você! O Mauro também está também dando um chá de sumiço. Se você não for, será que ele pode ir? Aliás, melhor os dois. A Caroline também vai.
Estou sabendo do documento. É um ato de desespero, acredite!!!
Abraço!
cremilda disse…
Já que tem que ser assim, que seja,este está sendo o único modo de me comunicar com você
Batí o tambor, e fiz sinal de fumaça, mas como SPaulo é muito poluido acho que você nem viu.rs.rs.
Eu vou tentar estar em SPaulo no dia 2 mas acho dificil
Como gostaria de estar lá...você nem imagina o quanto
Da minha parte du.vi.de.ó.dó que a Secretária receba vocês.
Ela parece o Chalita de saia
Ele só recebia a Apeoesp ou outros representantes de sindicato de professores, lembra?
Vou fazer todo o possivel
Tenho mandado email para você explicando a minha "situação" você não recebeu?
Estou nas mãos de Deus.
Vou mandar emails para o Mauro.
Seria bom que estivéssemos todos juntos.
Giulia disse…
Cremilda, foi por isso mesmo que pedi a reunião com o chefe de gabinete. Depois do caso do Chalita, que marcou, confirmou, nos deixou esperar duas horas e não nos atendeu, chega de perder tempo com quem não nos entende.
Não recebi seu e-mail, a Caroline também não. Me manda de novo, por favor?
batalhador disse…
jÁ ESTIVE NA SEE , NA REPUBLICA PARA PODER FALAR COM A SECRETARIA , MAS PARECE QUE ELA NAO ATENDE A POPULAÇAO HUMILDE E SEMPRE DEIXA -OS ESPERANDO . FOI O QUE OCORREU COMIGO E DOIS PAIS QUE ME ACOMPANHAVAM ISSO É PQ TINHAMOS MARCADO UM HORARIO COM ELA.
ESPERO Q VCS CONSIGAM . BOA SORTE.
Giulia disse…
Batalhador, a gente não faz questão nenhuma de falar com a secretária, aliás ela não iria mesmo nos atender. Não estamos na Inglaterra, onde filho de ministro estuda na rede pública e quando opta pela particular vira um escândalo...
Nosso trabalho é por uma política educacional que tenha continuidade, independentemente de quem esteja no poder, e é isso que vamos reivindicar. Chefe de gabinete não é uma figura decorativa, ele responde pela Secretaria e vai ter que nos dar atenção. Obrigado pela força!
Anônimo disse…
Ah ae, galera, a luta continua!!!! Só temos a comemorar no dia de hoje. Um professor vagabundo tomou muita porrada na cara pra aprender. Foi parar no hospital hahahahaha. TOME TROUXA, TOME VAGABUNDO. O desgraçado é professor de História. Os seis aluninhos o amavam muito, respeitavam ele, eram carinhosos com ele, mas esse cara era muito indisciplinado na sala de aula. Então os garotos deram um pau nele, quase mataram hahaha. Valeu gente, a luta continua. Quem será a próxima vagaba que vai apanhar na cara na saída?
EVA disse…
Que horror!Como vocês tratam mal os professores!Ainda bem que moro no interior do interior;nossos alunos são em maioria da zona rural e nao enfrentamos esse tipo de problema.
A cada notícia que vejo sobre violência contra o professor, fico muito entristecida.Já nao basta sermos desvalorizados pelos governos?!E agora também seremos apedrejados por
pais,alunos,entidades e sei lá por quem mais!
Eu gosto da minha profissão,sou querida e respeitada pelos meus alunos, graças ao MEU BOM PAI e a minha competência ,é claro!Porém tenho pena desses professres que trabalham nas grandes cidades e são tão maltratados.Sei que esses alunos talvez nao tenham culpa por tais atos,mas nós professores nao podemos ser a palmatória do mundo.
Aqui onde moro,os alunos nos respeitam ,porque seus pais lhes ensinam a respeitar.Boa parte das famílias sao bem estruturadas;pais ensinam valores aos filhos.
Quando nao se tem o apoio dos pais na educação dos filhos,tudo se torna muito complicado dentro do processo de ensino aprendizagem
Então,ao invés condenar apenas o professor,chamando-o de "tranqueira" pensem no que esses pais estao fazendo com seus filhos...
Um abraço.

Postagens mais visitadas deste blog

A expulsão é legal?

Escola pública ou particular. Qual a sua opção?...

Respeito ao aluno, 3ª Parte. A expulsão da escola