Samba do crioulo doido


Já que a Secretaria Municipal da Educação de São Paulo - SME costuma dar uma de avestruz para as graves denúncias que lhe enviamos, como a da EMEF Imperatriz Dona Amélia, recorremos à Comissão de Educação da Câmara Municipal, formada por sete vereadores de partidos diferentes, para que possa exercer seu “papel de fiscalização” com a isenção necessária.

Pois bem: o Secretário Municipal Alexandre Schneider deveria ter comparecido à Reunião da Comissão de Educação na Câmara Municipal para prestar contas aos vereadores ontem, 25 de junho. Mas ele alegou compromissos “mais importantes” e não foi. Os vereadores, então, resolveram aproveitar a reunião para discutir seus importantíssimos projetos para a melhoria da educação, cultura e esportes em São Paulo. O ponto alto da reunião foi a aprovação do projeto que certamente será da maior importância para a cidade: o Dia da Mulher do Samba Paulistano.

Veja aqui os belíssimos projetos dos nobres vereadores e leia mais no blog da Cremilda http://cremilda.blig.ig.com.br/:

1) PL 08/07 - Ricardo Montoro- Denomina “Rua Professor Rubens de Almeida” na região do Pari;
2) PR 27/07 - Claudete Alves- Institui a Comemoração do “Dia da Mulher do Samba Paulistano”;
3) PL 809/07 - Claudete Alves - Institui o “Dia da Mulher do Samba Paulistano”;
4) PL 210/05 – Goulart - (liberar dos custos da CET eventos culturais realizados por imigrantes); [o DOM errou: o nº é PL 210/06]
5) PL 584/06 – Donato - repasse de verbas para os Clubes da Comunidade.
.-.
Ah: a palavra dos pais e entidades presentes à reunião, que foram levar reivindicações e subsídios para os vereadores iniciarem uma real fiscalização nas escolas, foi CAÇADA.
.-.
APENAS UMA PERGUNTINHA: ALGUÉM JÁ DISSE QUE ESTE PAÍS É UMA DEMOCRACIA???

Comentários

Ricardo Rayol disse…
até que eles estão bem atarefados .... credo.
Giulia disse…
Ricardão, aí tem mais coisas!!!
Se houvesse jornalismo investigativo neste país (quantas vezes já convidei a mídia para nos acompanhar nessas visitas à Câmara...), dava para flagrar como é que funcionam as "bases eleitorais" desses parasitas. Todos esses "trabalhos" deles são formas de agradar seus eleitores!

Postagens mais visitadas deste blog

A expulsão é legal?

Escola pública ou particular. Qual a sua opção?...

Respeito ao aluno, 3ª Parte. A expulsão da escola