O "Wally" de Araraquara...


Um certo diretor de escola, envolvido até o pescoço no esquema de corrupção de Araraquara, que durante dez anos desviou milhões de verbas das APMs para os bolsos de supervisores, diretores de escola e principalmente da dirigente de ensino, “fugiu” para São Paulo. Ele recebeu a promessa de que seria “salvo”, desde que calasse o bico, já que seria um dos “pilares” do esquema e seu testemunho poderia ser fatal na explosão do escândalo, que está até hoje bastante morno... (Pois é, você viu ou ouviu algo sobre isto na Globo, na Band, na Folha, no Estadão?...)

Pois bem, esse “Wally” de Araraquara foi identificado aqui em Sampa. O que o traiu foi seu modus operandi, exatamente igual ao que usava em seu local de origem. Isto significa que não mudou de atitude e muito menos se arrependeu de seus atos.

Esse “Wally” está desde 2004 como diretor efetivo numa escola da Capital, onde foi aplicando seus métodos:

  • Já entrou instituindo o uniforme, que mandava confeccionar em Matão e revendia a “preços módicos” para os pobres alunos – lógico – OBRIGADOS a usá-lo, caso contrário seriam barrados na porta da escola.

  • Escolhe a dedo os membros do Conselho de Escola e da APM. A diretora financeira da APM da sua escola, que deveria ser uma mãe de aluno, é uma professora “fingida” de mãe. Ela assina cheques em branco para ele, que é “especialista” em notas frias.

  • Em sua escola, ele conseguiu “se livrar” do EJA, o curso para adultos mais críticos, que estavam se apercebendo de suas falcatruas.

  • Desde sua entrada na escola, costuma organizar muitas festas e... adivinha para onde vai o dinheiro? No ano passado, “sumiram” 8 mil reais arrecadados numa dessas festas...

  • Sabe as carteirinhas de identificação de alunos que a SEE distribuiu GRÁTIS para as escolas? (grátis uma ova, cara pálida: você pagou essas carteirinhas com o dinheiro suado dos seus impostos...) Pois bem, o “Wally” cobrou de cada aluno R$ 3,50 pela carteirinha!

  • Sabe as provas que os alunos fazem na escola? Ou pagam R$ 3,00 ou “se viram”...

  • Sabe esses policiais da ronda escolar que deveriam ficar do lado de fora da escola, mas que todos os diretores convidam para “disciplinar” os alunos? Na escola do “Wally” eles ficam bem à vontade, comem a merenda dos alunos, usam os computadores à vontade e aí vai...

E então, alguém se habilita a adivinhar... onde está “Wally”?

Comentários

Anônimo disse…
Este Wally é nada mais , nada menos do que Valmir Rodrigues Diretor da EE Prof. João Silva (escola localizada em Capão Redondo)
este ai é mestre em faucatruas e robalheiras nos cofres públicos
não sei como não o representaram ainda na Cogesp e SEE e o pior de tudo é que a Dirigente de Ensino (Maria Ligia) está deixando muito vagarosa esta situação e o supervisor desta escola (Amauri) é mestre em proteger este diretor
quem acorberta robalheira é ladrão também
Anônimo disse…
estou percebendo que iremos reviver a versão de araraquara em sampa
pois veja bem
o diretor ladrão que trata mal os pais e alunos , que chama os policiais amigos que entram na escola para comer da merenda das crianças que não é servida aos alunos do noturno, que usam os computadores que os alunos não podem usar (embora os computadores são para os alunos) e que tem um supervisor de ensino que o acoberta e uma diregente que não está nem ai para o caso
isto não é araraquara 2?
Anônimo disse…
estou percebendo que iremos reviver a versão de araraquara em sampa
pois veja bem
o diretor ladrão que trata mal os pais e alunos , que chama os policiais amigos que entram na escola para comer da merenda das crianças que não é servida aos alunos do noturno, que usam os computadores que os alunos não podem usar (embora os computadores são para os alunos) e que tem um supervisor de ensino que o acoberta e uma diregente que não está nem ai para o caso
isto não é araraquara 2?
Anônimo disse…
ora
Valmir rodrigues, que roubou em Matão e depois foi roubar e mautratar os pais e alunos em Americo Brasiliense e depois de descobertas as falcatruas veio para São Paulo ser diretor EFETIVO na EE Prof João Silva da diretoria Sul 2 Capital e agora está sendo Acobertado pelo Supervisor AMAURI e também pela Dirigente Maria Ligia
acredito que estamos revivendo araraquara em são paulo

alguém precisa fazer algo
Anônimo disse…
Se vão investigar este caso deve também investigar o caso da Sul 3, pcomeçando pela EE.Vargem Gande II m vendia as caterinhas dos alunos ,desviou dinheiro do enriquecimento da merenda dos alunos para cubrir a quadra da escola,porque o dinheiro de cubrir a quadra da escola foi para o bolso de muita gente.
Parece que não fazem nada com isso. nem as reportagens.
Anônimo disse…
anonimo que postou sobre a EE vargem grande II
me dê os detalhes por email ?

este caso me interessa e muito

macruvisi45@gmail.com

me manda por email que estou interessada neste caso
Anônimo disse…
Não vou passar por email. porque não posso .mas é veridico ,podem fazer investigaçao sobre o caso , o diretor desta escola já responde por processo, dinheiro de arrecadação de carteirinha de passes, pegava o dinheiro do pessoal e embolsava e carteirinha nada, depois disse que o dinheiro sumiu. quanto a cobertura da quadra o desvio foi de mais ou menos 600.000,00 é so pedir as contas e ver quando foi passado o dinheiro para cubrir a quadra , que so foi coberta em 2007 com dinheiro de desvio de merenda.
agora mesmo houve uma reforma na escola e tem que ser investigado
os valores gastos. A ApM , os membros ele escolhe,e as pessoas assinam cheque em branco.
O vice diretor de lá foi expulso e é envolvido nesse caso , o problema dele foi tão grave que nem o diretor pode segurar as pontas dele.desvio de verba.
Pedir para fazer um investigação nas contas desta escola desde o ano de 2004 até agora vai ter muitas surpresas. Araraquar4a vai perder para esta diretoria;
Anônimo disse…
vc precisa me passar certinho para que eu faça iuma denuncia desta escola

quem é o supervisor desta escola ? como chama o diretor ? qdo ocorreu isto
me passa ai em pormenores
coloca um email qualquer ou manda por aqui mesmo

estou aguardando
Anônimo disse…
Sampa ja vive
macruvisi 45 ???????? disse…
macruvisi 45
qual é a sua ????
tá com tanta vontade de ajudar e se pode ajudar
pega o caso de Araraquara ou da Lucas Rosquel ou da Joao Silva que já está tudo mastigadinho....
pegando um os outros colocam a sua barbinha de molho.
macruvisi 45 ???????? disse…
macruvisi 45
qual é a sua ????
tá com tanta vontade de ajudar e se pode ajudar
pega o caso de Araraquara ou da Lucas Rosquel ou da Joao Silva que já está tudo mastigadinho....
pegando um os outros colocam a sua barbinha de molho.
Anônimo disse…
do Lucas Roschel já foi resolvido pq a diretora foi cessada hoje

eu somente gostaria de obter por menores eu ja sei quem é a supervisora desta escola ela se chama Yamara agora preciso ter certeza se do nome do diretor e detalhes dos fatos para vc ver se não faremos algo
outra coisa em relação ao João silva estou tomando providências pois moro nesta comunidade aqui e estou seguindo os passos do Valmir

mas caso não queira dar os pormenores então nem adinata denunciar sem provas mais concretas
grande abraço
fica tranquilo
aqui nos estamos querendo pegar os corruptos e "quem não deve não teme"

abraços
Nadir disse…
Desvio de verbas em escola públicas
A FDE constatou irregularidades financeiras em escolas da rede estadual de Araraquara, sendo que duas dela o Senhor Valmir rodrigues foi diretor e o desvio ocorreu em sua gestão. Foi identificado um superfaturamento na compra de luminárias instaladas nas escolas estaduais em que o citado acima foi diretor, que soma um valor de mais de R$19 mil, de acordo com a planilha orçamentária da compra, realizada em parceria entre a Secretaria de Estado da Educação de São Paulo(SEE) e a FDE . Os produtos que deveriam ser comprados, 395 lâmpadas fluorescentes embutir 2x32w, no valor de R$106,96, foram substituídos por luminárias tipo calha, com lâmpadas fluorescentes 2x40, que custavam R$ 49,36 na época.

EE. Alzira em américo Brasiliense - O maior número de irregularidades, no entanto, foi encontrado nas planilhas referentes à reforma da referida escola.
Nesta escola, foi constada a ausência de 32 vasos de flores, no valor total de R$ 4.864,96, presentes na planilha orçamentária da secretaria. Foram identificadas ainda irregularidades que somam R$ 32.900,08 na compra de material de construção, além de duplicidade de pagamento de serviços.
Mauricio disse…
Olha ai o anônimo dizendo que vai capturar o Walmir, diretor do João Silva.
Cheio de marra e anônimo.
Mais detalhes que estão por aqui é impossivel.
Chega a ser engraçado
Muita audácia...
Anônimo disse…
Estudo nessa escola E.E. professor jõao silva.
infelizmente ocorreu esse fato triste
Anônimo disse…
estudo nesta escola