Parabééééééns, Kassab!!!!!


Para não dizer que não falei de flores, vai essa homenagem ao prefeito Kassab que, num ato inédito, publicou o salário dos "servidores" da Prefeitura. Não imaginava ele, talvez, o impacto que teria a informação dos proventos da classe "docente", tratada como coitadinha pela mídia durante pelo menos duas décadas!

Assim cai o mito do professor sofredor, já que o mais "coitadinho" deles não ganha menos de R$ 2.000 por meia jornada de trabalho. Aliás, eles NUNCA QUISERAM MOSTRAR SEUS HOLLERITES, por que será?rsrs Veja aqui

Muito professor, aliás, ganha mais do que o próprio Secretário Alexandre Schneider, para não falar da Diretora de São Mateus, Dona Hatsue, que ganha o dobro do que ele, ou seja, mais de R$ 10.000 por mês.

Prefeito Kassab, falta agora cobrar do seu Secretário da Educação que cumpra a promessa dada às mães da EMEF Imperatriz Dona Amélia, de receberem cópias da apuração preliminar realizada após suas denúncias contra a escola. Essa apuração, supostamente, conclui pela culpabilidade das próprias mães, que se tornaram rés após a diretora da escola ter usado os documentos da apuração - NEGADOS ÀS PRÓPRIAS MÃES - para entrar com processo de injúria e difamação contra elas.

A promessa de entregar cópias da apuração às mães da EMEF Imperatriz Dona Amélia foi dada pelo Secretário Alexandre Schneider no dia 07 de maio, em reunião acompanhada por mim e pela Cremilda, na presença da própria Dona Hatsue, que não abriu a boca para se posicionar sobre nada. Após essa reunião, não conseguimos qualquer retorno do Secretário, mas o procuramos na audiência realizada na Câmara Municipal em 03 de junho - e ele se fez de morto!!!

Prefeito Kassab, pedimos seu reforço para cobrar do Secretário Alexandre Schneider as cópias da apuração preliminar sobre as denúncias contra a EMEF Imperatriz Dona Amélia, para que as mães possam se defender na Justiça das acusações da diretora da EMEF.

Senhor Prefeito, o Sr. acaba de dar uma prova de extrema transparência e dignidade, divulgando os salários de seus colaboradores! Falta agora cobrar deles o exemplo dado por V.Sa.!!! Contamos com a sua ajuda, para que, pelo menos uma vez, AS VÍTIMAS DEIXEM DE SER TRATADAS COMO ALGOZES!

Comentários

Glória disse…
Também adorei, Giulia. Parabéns pela postagem esclarecedora. Abraços.
Estudante de direito disse…
Gostaria de deixar aqui um recado para o nosso Secretário Municipal de Educação Sr. Alexandre Scheneider.
Prezado Senhor, a mãe que denunciou agressão a uma criança dentro da EMEF IMPERATRIZ DONA AMÉLIA, pois a direção dessa escola se omitiu, apenas fez valer o ECA. E com o apoio do silêncio e da omissão dessa direção, essa funcionária está "deitando e rolando". Leia abaixo, o respaldo que essa mãe tem, e não se esqueça que a mãe era então, na época uma conselheira, ou seja, tinha mais é que denunciar mesmo, afinal, qual é a verdadeira função dos conselheiros? Com certeza não é ser conivente com os demandos de direção escolar(leia ESTATUTO CE).

Art. 136 do ECA.

I - atender as crianças e adolescentes nas hipóteses previstas nos arts. 98 e 105, aplicando as medidas previstas no art. 101, I a VII;

Trata-se da competência para aplicação de medidas protetivas à crianças e adolescentes quando ocorrer violação por ação ou omissão da sociedade ou do Estado, por falta, omissão ou abuso dos pais ou responsável e em razão da conduta da criança ou do adolescente (art. 98, ECA).

A única pessoa que não foi omissa nessa questão é a mãe denunciante do fato.
Satisfeita disse…
Tem gente que duvida da masculinidade do Kassab.
Nestas alturas o que menos importa é a preferência sexual desse grande prefeito.
O importante é a sua hombridade que não tem nada a ver com preferência sexual
Agora estou sugerindo para todos que tenha uma lei obrigando as escolas públicas de colocar no mural da escola em local bem visivel aos pais e alunos, o quanto ganha cada um da escola, desde a supervisora,diretora, professoras e até a merendeira.
Como elas são espertinhas, que se divulgue na escola o quanto as tias ganham, mas que deem a fonte para conferir, que é bem capaz de colarem no mural que ganham um décimo que que reamente recebem...
Anônimo disse…
ISSO É MUITO BOM ... TEM QUE HAVER TRANSPARENCIA EM TUDO ...BEM LEMBRADO...
A lei é pra todos? disse…
Bom...eu acho que o Sr. Kassab poderia melhorar ainda mais e obrigar a direção e os professores de escola, a SME e o PROCED a conhecerem o estatuto CE, APM, ECA...assim, não aconteceria o que aconteceu na EMEF IMPERATRIZ, onde a diretora comprou uma máquina de xerox sem o conhecimento do CE, e pior que isso, sem os 3(TRÊS) ORÇAMENTOS OBRIGATÓRIOS...aí, vem o PROCED e diz que tudo foi feito dentro da lei.......kkkkkkkkk Só rindo mesmo!

E a contrução , então??.....rs

Se a direção da escola EMEF IMPERATRIZ pode fazer tudo de acordo com o que lhe é conveniente, e com o aval da SME e do PROCED...então, RASGUEM os estatutos...rs
Cremilda disse…
Satisfeita....
Ora...ora...
Você "roubou" a minha idéia.
Giulia disse…
É óbvio que alguns dados (muitos!) devem estar errado, o que não podia ser diferente, pois sabemos como anda o funcionalismo público no Brasil, em todas as áreas...
Espero que os dados sejam corrigidos, mas duvido que a publicação da lista seja mantida. Ela valeu apenas para desmascarar o mito do professor coitadinho. Como os pais cansam de falar, pelas marcas dos carros nos estacionamentos das escolas dá para saber o padrão de vida dos profissionais da educação.
João Pedro - USP disse…
Eu gostei da idéia do PAI... de rasgar os estatutos...mas, eles já foram rasgados simbolicamente pela SME, quando deu acesso total a apuração preliminar apenas para a direção e supervisão da EMEF IMPERATRIZ, ignoraram a lei.

Tanto é que, esses documentos que pertencem a SME e a PROCED fazem parte de um IP...Não é isso, Giulia?

Pelo que venho acompanhando o caso, é isso que aconteceu em poucas palavras, não é?

Se eu estiver errado quanto aos fatos me corrija, por favor.

Eu no lugar dessas mães agradeceria esse IP, pois assim, denúncias que não foram apuradas e aquelas que foram muito MAL apuradas, estarão em "foco"...e as mães, vão poder apresentar as suas provas...Vão poder perguntar para a Diretoria de Ensino por que não apresentou todas as denúncias...por que escondeu fatos gravíssimos...entre muitas outras perguntas cruciais... e após td acabar, sugiro que as mães peçam indenização para quem de direito.

Corregedoria e Ministério Público Federal também é um dos caminhos, são órgãos acima de qualquer suspeita.
Mary disse…
João Pedro, eu concordo plenamente com td que disse.
Diego.D3 disse…
Eu queria saber se o estado do RIO paga valores semelhantes?
Porque se paga, e incompetência de muitos profissionais deixar o aluno sem aula que nem eu tive!

Nossa, e o pior é que eles nunca falam o salário mesmo, mas sempre fazem greve.

Postagens mais visitadas deste blog

A expulsão é legal?

Escola pública ou particular. Qual a sua opção?...

Respeito ao aluno, 3ª Parte. A expulsão da escola