Filmar o professor: essa é a solução!


Nossa amiga Caroline, do PaisOnline, sugeriu a leitura da excelente entrevista do cubano Martin Carnoy, publicada na Folha de São Paulo dia 10 de agosto. Leia na íntegra e veja abaixo algumas colocações de Martin Carnoy, que selecionamos, pois finalmente alguém disse o que cansamos de repetir!!!

Sugeri ao secretário Paulo Renato que acrescentasse um teste: filmar o professor, como no Chile. Professores de outra escola avaliam os videoteipes. Professores podem ser bons nos testes, mas péssimos para ensinar.

Os diretores devem se preocupar com os direitos das crianças. Aqui, os sindicatos de professores preocupam-se com os direitos dos associados - e estão certos em fazê-lo. Mas e as pobres crianças que não têm sindicatos para defender seus direitos à educação?

Pais de escolas de elite pensam que estão dando ótima instrução aos filhos, mas fariam melhor se os colocassem em uma escola pública de classe média do Canadá.

Mesmo os melhores docentes brasileiros são menos capacitados do que os docentes de Taiwan.

Um dos problemas mais graves no Brasil é o absenteísmo do docente. E pior, o absenteísmo autorizado.

Professoras contratadas por indicação do secretário de Educação do município dirigem a escola e vão lá de vez em quando.

Comentários

Luciano A. Silva disse…
Um simples caso mostra como o professor de hoje em dia é mesmo autoritario com seu aluno, é como se aquela criança (aluno) fosse de sua propriedade, e a situação chega ao climax em certas ocasiões pois não só os pais sabem disso como os alunos tambem, uma situação dessas aconteceu com um aluno conhecido meu, antes de ontem e mostra como o embate esta proximo, o fato foi curto e ao mesmo tempo posso dizer que foi grosseiro tambem como segue:
"Um aluno se levantou para jogar uma papel amassado no cesto de lixo a qual fica proximo da mesa da professora, imediatamente vendo ele se levantar ela disse que ele não tinha autorização para se levantar e que retornasse ao seu lugar ! intuitivamente ele estendeu o braço e abriu a mão proximo a ela deixando o papel cair no chão, !".
O fato vem mostrar que existe uma rincha entre professores e alunos que só não pega fogo porque os alunos temem os pais os professores e as autoridades (Guarda Civel) que vem atuando com violencia em frente as escolas. salve dizer que os alunos mais velhos sabem se defender desses professores mas os mais novos ha! coitados.

Postagens mais visitadas deste blog

A expulsão é legal?

Escola pública ou particular. Qual a sua opção?...

Respeito ao aluno, 3ª Parte. A expulsão da escola