Mensagens anônimas


Mais uma vez gostaríamos que os leitores entendessem a nossa posição com respeito às mensagens anônimas ou com nome "fake", sem informação de e-mail válido:
  • Mensagens ofensivas (com palavras de baixo calão) não são publicadas em nenhuma circunstância. Já perdemos muito da nossa credibilidade por acreditar que toda opinião é válida e já fomos joguetes de pessoas malintencionadas, principalmente de assessores de políticos e sindcalistas da área educacional.

  • Entendemos a posição de alguns pais ou alunos que não se identificam por medo de perseguições e represálias e pedimos que encaminhem suas denúncias para o e-mail educaforum@hotmail.com.

  • Alguns comentários de denúncia vêm anônimos, mas contêm o nome de escolas e de profissionais, como diretores, professores etc. Nesse caso os comentários também não são publicados, pois citamos o nome de escolas somente após checarmos as denúncias e contatarmos a Secretaria da Educação.

Segue um exemplo de comentário que estamos publicando parcialmente, apenas como exemplo. O autor pode, se quiser, enviar a denúncia pelo e-mail:

Encontrei este site por acaso e gostaria de questionar algumas atitudes de uma diretora, não sei se é permitido o que ela faz. Na EE .................. a diretora, quando ouve algum comentário sobre as pessoas, ela faz acareação, inclusive entre alunos e professores. Durante um HTPC ela chamou uma aluna e pediu para que repetisse na presença de todos que achava o coordenador "uma bosta, uma merda, que ele não resolvia nada", exatamente estas palavras que a diretora não cansou de pronunciar. O mesmo acontece em relação aos professores. Ela fala o tempo todo que o supervisor Sr.......................considera os professores vagabundos. A mesma explicou que não é permitido aos professores e funcionários comerem na escola, mas para ela é preparada comida todas as vezes que ela se encontra no local.

Quando a escola recebe uma verba não deve-se discutir com o conselho onde gastar? Ou é permitido à diretora gastar em plantas, tapetes, enfeites, enquanto salas de aulas estão com infiltrações, caindo agua nas lâmpadas e tendo risco de um curto? Quando ela falta, é justo receber presença? Por que os professores não têm agua pra beber na sala deles? Por que ela nunca foi nas salas falar com os alunos? A diretora tem que ser ditadora, tudo tem que ser como ela quer, a hora que ela quer, e pronto? Pode uma direção humilhar os profissionais da escola? Se não tem agua na escola , as crianças são obrigadas a ficar? Gostaria que vocês verificassem estes ítens e respondessem.

Nossa resposta: Anônimo, a diretora dessa escola está errada em todos os itens. Talvez não sirva de consolo para você, mas existem MUITAS diretoras assim, justamente porque as denúncias são anônimas... Prezados anônimos, tenham coragem e enviem suas denúncia por e-mail, deixem seu telefone e e-mail válido. Só assim poderemos ajudar, acompanhando vocês à Secretaria da Educação. Um abraço!

Comentários

Anônimo disse…
Publica aí que vocês são cupinchas do PSDB, governo da destruição.
Anônimo disse…
publica que vocês adoram aluninhos vagabundos...
Giulia disse…
Publiquei, publiquei sim, para dar uma vaga idéia da baixaria desses anônimos...
Vitor disse…
Giulia, você não publica meus comentários porque percebeu que eu tenho argumentos para rebater as suas defesas de "alunos" delinquentes e suas ideias de que todo professor é ruim e todo aluno é bom, indistintamente. Só publica comentários contrários se eles apelam para a ignorância, mas comentários contrários com argumentos consistentes você joga fora. Lamentável fugir do debate!!!!!
Giulia disse…
Vitor, em primeiro lugar, não tenho seu e-mail, nem te conheço de alguma outra forma confiável.Você poderia ser qualquer um dos sindicalistas que gostam de tumultuar este espaço. Em segundo lugar, suas lamúrias são inconsistentes e, francamente, pra lá de chatas: você fala de "aluninhos vagabundos" e outras generalidades, já fazendo juízos de valor sem consistência. Aqui se fala de fatos e não de opiniões, sabe por que? Porque nossa caixa postal fica diariamente CHEIA de denúncia, a maioria das quais não divulgamos no blog, porque queremos preservar a segurança dos pais e alunos, em vista das FATAIS perseguições e represálias. Aqui não se generaliza, todos os casos são concretos.
Vitor disse…
Giulia, você está me confundindo com um certo "anônimo" que escreveu antes, e este não sou eu. Eu sou um professor que assume o nome quando fala. Sou o professor que remeteu falas de alunos tranqueiras festejando as "artes" que fazem, como humilhar colegas, depredar escola, bater em professor. Procura aí nas mensegens recebidas e você verá. Publica as falas de alunos que mandei. Sem generalização, não acho que todo aluno é tranqueira, mas nem todos são boas pessoas. Defendo a análise criteriosa dos fatos, e os exemplos de falas que te mandei são um bom material para analisar e chegar à conclusão óbvia de que existem alunos que vão para a escola para faezr qualquer coisa, menos estudar.
Giulia disse…
Vitor, não percebe que é você quem está generalizando? Aqui só se fala de fatos concretos e dolorosos: alunos perseguidos ou expulsos da escola, pessoas que terão seu futuro afetado pelas marcas da discriminação e do desprezo. Só o fato de você se referir ao aluno como tranqueira já mostra que você não tem vocação para ser professor. Mas não vou discutir aqui sua vocação nem sua performance em sala de aula, até porque não recebi reclamações a seu respeito. Se tivesse, iria querer saber direitinho como você trata esses alunos "tranqueiras"...
Vitor disse…
Eu não trato alunos tranqueiras de forma nenhuma, pois sempre aparecem dezezenas de pessoas para defendê-los. Eu trato com todo carinho e consideração os alunos que vão à escola para estudar; esses que vão à escola para estudar, nunca terão motivos para serem expulsos. Você já parou para pensar porque alguns alunos são expulsos e outros não? Na certa, os que recebem essa pena não estão indo à escola para estudar.
Giulia disse…
Vitor, tá difícil discutir contigo. Parece que o seu mundo é muito pequeno e fechado. Você divide os alunos entre "bons" e "laranjas podres", numa generalização muito banal...
Percival Nunes disse…
É, os alunos vão para a escola para estudar...sim vão...ate porque a escola esta lá para isso...a escola, não os professores...alunos, pessoas, que estão iniciando uma aprendizagem, neste pais ate a frase "Ir para a escola para aprender" deve ser intensamente discutida porque todo ano o grau de cultura desses alunos, pessoas, cai ! e cai tambem durante o ano todo a frequencia de professor, e o mais interessante disso tudo é que a folha de pagamento só aumenta!.

Postagens mais visitadas deste blog

A expulsão é legal?

Escola pública ou particular. Qual a sua opção?...

Respeito ao aluno, 3ª Parte. A expulsão da escola