Homofobia premiada




"...o termo "bicha" tornou-se bastante comum entre os jovens, perdendo a característica de chulo pelo desgaste natural linguístico, verificado quando um termo é frequentemente utilizado.

... muitos professores, para cativarem seus alunos, mantendo um relacionamento mais próximo e amistoso, fazem brincadeiras desse naipe com seus pupilos."

As citações acima são de um processo de Apuração Preliminar realizada na EE Octacílio de Carvalho Lopes em 2004 e serviram para inocentar um professor que induziu um grupo de alunos ao bullying contra um colega. O garoto foi espancado em plena sala de aula e hoje esse professor foi promovido a coordenador pedagógico em outra escola da rede pública paulista.

Em 2008 questionamos a validade desse relatório durante uma reunião na Secretaria da Educação e recebemos a seguinte resposta do chefe de gabinete, Fernando Padula: esse relatório era anterior à "atual gestão", portanto não cabia comentário ou retratação por parte da SEE.

Este é mesmo um país sem memória. Por isso tanta irresponsabilidade!

Comentários

Victor Zazuela disse…
Tanto é premiada que inúmeros setores da sociedade fazem campanha vergonhosa contra o projeto de lei que tramita no congresso para tornar homofobia crime. Isso é cidadania. Muitos não entendem. Em caso recente, além dos portões das escolas, soubemos do caso de S. Paulo onde os agressores também foram soltos. Realmente, o país das impunidades (isso mesmo, no plural).
Fazer o quê...
Giulia,
Adivinha quem quer ser Ministro da Educação?
- Será que é aquele ex-secretário de educação de SP que não recebia nem alunos e nem seus pais?
- Será que é aquele ex-secretário de educação de SP que chamava as professorinhas de “anjos caídos do céu”?
- Será que é aquele ex-secretário de educação de SP que não publicava as notas das escolas para não desagrada às professorinhas?
- Será que é aquele ex-secretário de educação de SP que torrou R$ 2 bilhões em suposta capacitação de professorinhas?
- Será que é aquele ex-secretário de educação de SP que viajava para Salamanca, Paris ou Londres para tomar café com as professorinhas que foram fazer turismo às custas do pobres alunos das pobres escolas pulistas?
- Será que é aquele ex-secretário de educação de SP que viajava para Salamanca, Paris ou Londres para tomar café com as professorinhas que forma fazer turismo às custas dos pobres alunos das pobres escolas paulistas?
- Será que é aquele ex-secretário de educação de SP que nunca puniu uma direção escolar que ilegalmente cobrava taxas e uniformes dos alunos?
cremilda disse…
Obrigada pela força !
Você não ligou para o João ???
Liga para mim de noite e tenho uma novidade.
Não tem como mandar nada para você que volta e as coisas que recebo no seu endereço é vírus no ato...
Perdi a confiança, vê se arruma outro que preciso falar com você
Giulia disse…
Também tenho uma novidade, rs. Consegui falar com o "santo". Te ligo à noite. Bj!
Giulia disse…
Bonitinho, mas ordinário, rsrs...
Giulia disse…
Gente, Gabriel Chalita, o "bonitinho mas ordinário", deixou um péssimo legado na SEE. Se ele virar mesmo ministro da educação penduro minhas chuteiras de vez!!!
Glória disse…
Giulia, só de ler o comentário do Mauro já dá para pendurar as chuteiras. É tudo farinha do mesmo saco.O saco da impunidade, da falta de fiscalização, das benesses para funcionário público, do protecionismo das autoridades, da mídia e da própria sociedade mal informada. Me desculpem, não gosto nem de opinar porque não vejo mais saída a curto ou médio prazo e o que nós fazemos é enxugar gelo. Tragicamente!

Postagens mais visitadas deste blog

A expulsão é legal?

Escola pública ou particular. Qual a sua opção?...

Respeito ao aluno, 3ª Parte. A expulsão da escola