Um cidadão exemplar

Clique nesta imagem para ampliá-la!





O documento acima é a resposta oficial que recebeu da Secretaria da Educação o amigo e parceiro Manuel Tertuliano da Silva, referente à reivindicação de conserto do para-raios da EE Miranda B. de Carvalho, feita pelo Tertuliano na qualidade de coordenador do Fórum de Defesa da Criança e do Adolescente de Marsilac.

Essa resposta certamente envergonharia o novo Secretário da Educação, se ele tivesse conhecimento do documento, assinado por 3 supervisores de ensino e pelo dirigente da Sul 3, Samuel Alves dos Santos.

Vamos aos fatos:

O para-raios da escola está danificado há pelo menos 4 anos, desde que um filho do Tertuliano estudava nela. Hoje o rapaz já está na faculdade, mas o Tertuliano continua lutando pela escola e por todas as demais da região, como bom cidadão e representante da comunidade local, de acordo com o Artigo 70 do ECA.

A denúncia referente ao para-raios da EE Miranda B. de Carvalho é apenas uma das dezenas que o Tertuliano tem encaminhado ao dirigente da Sul 3 durante os últimos anos, sem nunca ter recebido resposta, apenas ameaças de que seria processado por "injúria e difamação", já que as denúncias "não procederiam".

Cansado da falta de retorno, o Tertuliano resolveu protocolar um pedido de resposta junto à COGSP, órgão que coordena as diretorias de ensino. Finalmente, no dia 2 de fevereiro, o Tertuliano recebeu o documento acima, emitido - pasme! - no dia 8 de julho do ano passado. Isto significa que o documento ficou mofando na Secretaria da Educação durante mais de um semestre e certamente não seria divulgado, não fosse a teimosia do Tertuliano em cobrar uma resposta ao coordenador da COGSP. Pudera: uma resposta vergonhosa dessas só mesmo mofando nos podres arquivos da Sul 3!

Vamos agora analisar os fatos:

O para-raios da escola continua sem conserto! O argumento do Tertuliano no ato da denúncia foi que na escola Recanto Campo Belo, da mesma região, um raio havia provocado um incêndio. Então a denúncia do Tertuliano não foi sequer levada em consideração! A única "ação" que essa denúncia despertou foi a "indignação" dos 3 supervisores e do dirigente da Sul 3, por ter mais uma vez apontado falhas nas escolas da região, carente de tudo.

Vejam em alguns trechos a arrogância da resposta dessas "autoridades":

Assunto: Denúncia referente à suposta falta de ação da direção para conserto de "Para Raios" da EE Prof. Miranda B. de Carvalho

Nosso comentário: a falta de ação não é suposta, é real e ocorre há 4 anos!!!

O Sr. Manuel Tertuliano da Silva novamente inicia um cansativo processo de caluniar e difamar os gestores e supervisão da referida U.E.

Nosso comentário: 3 supervisores e 1 dirigente de ensino não foram capazes de tomar a simples providência de conserto do para-raio, apenas fizeram mais uma velada ameaça de processar o Manuel Tertuliano por injúria e difamação!

A comunidade do entorno da escola é carente. Não possuem (sic) lazer, as estradas são mal conservadas dificultando transporte público e o transporte dos alunos, houve um fechamento de uma creche, falta atendimento médico, etc. Ficamos curiosos que tantas necessidades existentes em uma única comunidade não seja (sic) alvo do interessadíssimo Senhor Manuel Tertuliano, que gasta tempo com este tipo de ação improdutiva, ineficaz e sem ganhos para ninguém. A não ser que haja alguma motivação pessoal do interessado.

O que pretendem dizer os 3 supervisores e o dirigente da Sul 3? Que em bairro carente as escolas não precisam de para-raios? Que talvez seja melhor as escolas queimarem de vez e pararem de dar trabalho à diretoria de ensino???

Ou será que os 3 supervisores e o dirigente da Sul 3 acham que o Manuel Tertuliano deveria se preocupar primeiro com o transporte e a saúde? A educação seria "de menos" no bairro?

O Manuel Tertuliano é, sim, um cidadão INTERESSADÍSSIMO e exemplar. Além das falhas das escolas da região, ele reivindica bons serviços também de outras secretarias. Não cabe à Secretaria da Educação se preocupar com a atuação do Tertuliano com respeito a outros aspectos da gestão pública. Ela que se preocupe em resolver os problemas que ele faz o favor de apontar!

Sim: se em 4 anos a supervisão da EE Miranda B. de Carvalho não se preocupou - E AINDA NÃO SE PREOCUPA - em consertar um simples para-raios, como teve a audácia e a arrogância de fazer pouco caso da reivindicação do Tertuliano, pai de ex-aluno da escola? E, ainda por cima, fazer ironia a respeito do seu interesse no assunto!

Se todo cidadão tivesse 10% da coragem e da persistência do Tertuliano em apontar falhas do poder público, o Brasil já seria bem diferente.

Ainda esperamos que a COGSP e a Secretaria da Educação se debrucem sobre o documento acima e sintam VERGONHA, não apenas pela falta de ação, pela arrogância e pela ironia descabidas, mas também pelos erros de concordância que saltam à vista para alguém minimamente alfabetizado...

A moral desse documento é a seguinte: a diretoria de ensino Sul 3 não tem o mínimo receio de vir a ser responsabilizada, caso na EE Miranda B. de Carvalho ocorra o mesmo que na escola Recanto Campo Belo. Centenas de crianças podem estar correndo risco de vida e a resposta da Sul 3 é muito clara: não pretende tomar providências, pois alertar a Secretaria da Educação é "um tipo de ação improdutiva, ineficaz e sem ganhos para ninguém". Assim, o documento foi encaminhado para arquivo. Prof. Samuel, agora você mostrou sua verdadeira cara!

Comentários

cremilda disse…
Isso aí.
Vou copiar e mandar junto com o documento e claro vou juntar o meu texto também.
Vou protocolar no Palacio do Governo, na Corregedoria Geral da Administração e na SEE.
Queria ver a cara deles ao lerem o documento da Sul 3
Contando e não apresentando o documento seria dificil de acreditar.
Giulia disse…
Difícil de acreditar, inclusive, que a SEE possa aceitar um documento como esse, assinado por 4supervisores e 1 dirigente de ensino!
Aliás, pensando melhor, não é tão difícil de acreditar, rsrs. Eles até hoje não voltaram atrás sobre o conceito de que "tratar aluno por bicha é uma expressão carinhosa"...
Movimento COEP disse…
Giulia,

A secretaria Estadual de Educação já avalizou um documento dizendo que é normal professor xingar aluo de bicha...
Agora estamos esperando o parecer da SEE sobre o caso do professor-assassino que vai vender aulas na EE alberto Levy!
Giulia disse…
Gente, mil desculpas: eu havia contado 4 supervisores, mas são "apenas" 3, rsrs... Já corrigi o texto, ok?
cremilda disse…
É mesmo, Giulia.
São tres supervisoras, você contou com a assinatura do "chefe"
Realmente, faz muita diferença rs.rs.rs.
Periga ele ameaçar processar você por isso.
Giulia disse…
Por isso mesmo corrigi rapidinho, rsrsrs...
Anônimo disse…
isto é uma vergonha
e o dirigente da sul 3 continua lá...............
Anônimo disse…
Sabe quem é essa Rosemeire é aquela supervisora do Lucas ,em 2008.

Postagens mais visitadas deste blog

A expulsão é legal?

Escola pública ou particular. Qual a sua opção?...

Respeito ao aluno, 3ª Parte. A expulsão da escola