Mídia nota zero - A série XXV - Big brother na escola


O Fantástico iniciou uma série de reportagens para ilustrar a "realidade" da vida dos professores. Veja a primeira clicando aqui.

Como em todo reality show (que nada tem a ver com a realidade...) cada um dos "atores" faz a pose que mais lhe convém, nesse caso, os quatro professores escolhidos para participar das reportagens. Numa das cenas mais significativas, uma professora esbraveja sobre um aluno que a "fará enfartar" naquele dia...

Já se foi a época em que a mídia fazia jornalismo investigativo e buscava, realmente... a realidade. Lembro que uma vez, há uns vinte anos, eu estava na redação de um jornal quando ouvi uma repórter responder para seu chefe: "Não dá para inventar notícia!". Hoje, o próprio jornalista faz e, em muitos casos, ele próprio É a notícia.

O que mais preocupa é a reação dos alunos, pois, mesmo sem perceber, poderão assumir espontaneamente o papel que lhes é destinado no "script": o de vilões. Isso já começou com a garota encabulada com uma garrafa de guaraná que estourou na mochila e que revidou a provocação do professor.

Foi uma grata surpresa reconhecer no professor Walter um verdadeiro educador. (O outro, Ernesto, que "se diz" educador, está anos luz distante dessa condição.) Não sabemos como esses professores foram escolhidos, mas uma coisa é certa: se de cada 4 professores apenas 1 fosse educador, o ensino não estaria no marasmo em que se encontra. Mas talvez o telespectador não tenha essa noção, é até possível que antipatize com Walter, que aliás ganhou a pecha de "hiperativo", sendo essa a condição dos chamados "alunos-problema". Por sua vez, o Ernesto foi apelidado de "superexigente", portanto será certamente mais simpático ao público. O picadeiro armado pelo Fantástico já mostrou no que vai dar. E o palhaço, o que é??? É FANTÁSTICO!

Comentários

cremilda disse…
Eu e o Mauro falamos do Fantásco na TVALESP
Se quiser nos dar a honra da audiência, a apresentação será do sábado as 8 da noite.
TVA canal 66
Net canal 13
Acho que ficou uma boa cacetada, falando o que está no blog, mas escrevendo é uma coisa falando é outra.
Acho que ficou bom e vou pedir ao Mauro para colocar no You Tube
Giulia disse…
Beleza, já me programei para assistir. Mas os vídeos do Mauro são imprescindíveis!!! Fico no aguardo.
cremilda disse…
Pois é ...eu e o Mauro falamos do mesmo assunto, mas cada um do seu jeito....
Ficou bom mesmo, o Mauro fala bem mesmo.

Postagens mais visitadas deste blog

A expulsão é legal?

Escola pública ou particular. Qual a sua opção?...

Respeito ao aluno, 3ª Parte. A expulsão da escola