O ensino decoreba tem que acabar, diz Caio Castro


O ator Caio Castro é um jovem com ideias muito claras sobre educação. Frequentou as melhores escolas e é grato por isso, mas... tem uma série de ressalvas sobre a forma tradicional de ensinar. Você pode ler sua entrevista ao Educar para Crescer clicando aqui.

Certamente Caio não se refere apenas ao ensino público, mas ao sistema educacional brasileiro como um todo, que continua arcaico, salvo raras exceções que confirmam a regra. Alguns modelos de ensino público, aliás, dão de 10 x 0 para o ensino ministrado na maioria das escolas particulares de nível "médio" no país. Veja por exemplo os links contidos no post Os bons exemplos: quem os segue?... e saiba que existem excelentes iniciativas na rede pública de ensino de todo o Brasil. O problema é que elas não são multiplicadas, pois não há... o quê?... vontade política por parte das secretarias da educação e das diretorias de ensino.

Como diz sabiamente esse jovem (e dizem que os jovens não são sábios...), o país precisa de um ensino bom e nosso papel é reivindicar. Em suas próprias palavras: "Precisa mudar o investimento. Os políticos ficam roubando dos cofres públicos ao invés de pensar em Educação, estrutura. Em muitos países do mundo há qualidade no ensino público. Aqui, acontece o contrário. O colégio público no Brasil serve como ameaça. O pai diz: se você não passar de ano vai estudar num público. A criança tem medo."

Caio sugere acabar com a decoreba (ufa!), tornar as aulas mais práticas e dinâmicas,  promover passeios culturais. A escola deve preparar para o dia a dia e não apenas para o vestibular!

Parabéns, Caio, parabéns para todos os jovens, "celebridades" ou não, que têm a coragem de se colocar com tanta clareza e sinceridade! Ah, estamos muito felizes, pois acabamos de saber que a maioria do público que frequenta este blog é composto de jovens. Viva a juventude! (de todas as idades! rs)

Comentários

Edson F. disse…
O colégio público no Brasil serve como ameaça. O pai diz: se você não passar de ano vai estudar num público. A criança tem medo."
Que triste, meu Deus...
Giulia disse…
Edson, isso eu já ouvi de uma criança há uns 20 anos: "Tenho que fazer minhas tarefas direitinho, senão mamãe vai me colocar na escola do Sarney"... De lá para cá nada mudou.

Postagens mais visitadas deste blog

A expulsão é legal?

Escola pública ou particular. Qual a sua opção?...

Respeito ao aluno, 3ª Parte. A expulsão da escola