Expulsão de alunos e outras "banalidades"...




Em junho estivemos no gabinete do Prof. João Palma, Secretário Adjunto da SEE, chorando nossa "viuvez", já que perdemos o Prof. José Benedito, o único que atendia imediatamente as reivindicações e demandas de pais e alunos da rede estadual. Após ter sido destituído da coordenadoria da COGSP, o José Benedito preferiu candidatar-se a prefeito em sua cidade natal e, por esse motivo, nosso trabalho tem sido árduo durante todo o ano.

O Prof. João Palma é muito educado, mas prefere não se envolver com questões de pais e alunos, seu compromisso é com a classe docente, como aliás toda a cúpula da SEE. Por isso ele recomendou que procurássemos a nova Subsecretária da SEE, Prof.ª Rosânia, que não nos atendeu até hoje. Não pudemos porém esperar o agendamento, pois os problemas foram se avolumando e exigindo solução. No dia 12 de setembro fomos então à Subsecretaria, (Mauro, Tertuliano, Cremilda e eu), levar para duas assessoras os problemas das 15 escolas abaixo relacionadas, recebemos a promessa de providências imediatas e, finalmente, do agendamento com a Profª Rosânia, quando cobraremos a solução das questões encaminhadas. 

Os problemas são graves e vão desde a expulsão de alunos - campeã das denúncias - até ao encaminhamento de uma criança de 7 anos para a delegacia de polícia, para que testemunhasse SER VÍTIMA de maus tratos por parte de um tio menor de idade... Uma situação como essa só seria possível na rede pública de ensino, onde os diretores de escolas se colocam como verdadeiros "imperadores".

Por outro lado existem excelentes diretores de escola, como as três da região de Parelheiros, que foram afastadas pelo dirigente da Sul 3 sob pressão de professores e funcionários relapsos, orquestrados pela APEOESP. Tudo para que pudessem ter a "liberdade de ir e vir" à vontade na escola, ou seja, faltar quando quisessem e entrar na sala de aula com até 20 minutos de atraso, para tomarem seu "cafezinho" sossegadamente. 

Professores e diretores de escola compromissados com seu trabalho e com o aluno podem SEMPRE contar com o nosso apoio e sabem disso!

Outra queixa frequente que levamos à reunião do dia 12 foi a atitude da maioria das escolas, que hoje "fecham o portão na cara dos alunos" até com um minuto de atraso e não os deixam entrar nem na segunda aula, largando-os na rua! Isso é particularmente grave para com os alunos do período noturno, trabalhadores que fazem o possível para chegar no horário, mesmo sem se alimentarem, e que encontram o portão fechado ao menor atraso. Há uma clara intenção de a SEE continuar fechando os cursos noturnos, alegando "falta de alunos". Não é esse o caso! O período noturno costuma ter 40% ou mais de aulas vagas,  ou seja, na maioria dos dias o aluno só tem de 2 a 3 aulas, por isso fica muito desestimulado. E ainda por cima fecham-lhe o portão na cara se chegar alguns minutos atrasado. Não é mesmo para desistir?

As demais denúncias apresentadas na reunião são velhas conhecidas dos frequentadores deste blog: a ilegal exigência do uniforme, como vendido na EE Miguel de Cervantes a R$ 160,00 (imagem acima), a cobrança ilegal de carteirinhas, como na EE Vargem Grande II, a chamada da PM na escola para ameaçar alunos e principalmente a aula vaga, durante a qual ocorrem os casos de indisciplina. Não faz sentido?

Nome das escolas cujos problemas foram encaminhados à Subsecretaria:

EE Mario Joaquim Escobar de Andrade - DE Itapevi
EE Thomasia Montoro - DE Centro Oeste
EE Adolfo Gordo - DE Centro Oeste
EE Miguel de Cervantes - DE Leste 1
EE Jornalista Francisco Mesquita - DE Leste 1
EE Julio Pestana - DE Norte 2
EE Toufic Joulian - DE Carapicuíba
EE Ana Cândida de Barros Molina - DE São José dos Campos
EE José Alfredo de Almeida - DE Marília
EE Francisco Feliciano Ferreira da Silva - DE Jacareí
EE Vargem Grande II - DE Sul 3
EE Joaquim Alvares Cruz - DE Sul 3
EE Prisciliana Duarte de Almeida - DE Sul 3
EE Lucas Roschel Rasquinho - DE Sul 3
EE David Zeiger - DE Sul 3



Comentários

Gloria disse…
Como é triste, meu Deus!!!! De que adianta injetar mais recursos nesse sistema podre e falido???

Postagens mais visitadas deste blog

A expulsão é legal?

Escola pública ou particular. Qual a sua opção?...

Respeito ao aluno, 3ª Parte. A expulsão da escola