Será que o "demônio" é o aluno??????????????????????????????


A culpabilização do aluno pelo fracasso da escola está em pauta há décadas, ou seja, o aluno é considerado responsável por todas as mazelas da rede pública de ensino. Trata-se de uma cortina de fumaça para disfarçar o verdadeiro problema, que é a FALTA DE VONTADE POLÍTICA para se ter uma escola pública de qualidade no Brasil. O lobby da escola particular, tentando abocanhar um pedaço cada vez maior desse mercado, mexe seus pauzinhos e agradece!

De alguns anos para cá os índices nacionais e internacionais estão envergonhando demais o país e assim, para abafar a questão e não ter que se tomar medidas mais efetivas, a culpabilização do aluno foi virando DEMONIZAÇÃO. Com a ajuda da "grande mídia" (já que filho de jornalista estuda na escola particular...), qualquer motivo é válido para demonizar o aluno da rede pública, esse "marginal" que agride o professor, que passa o dia fazendo bullying, que não quer nada com o estudo e por aí vai!

Os pais de alunos estão cada vez mais apreensivos, pois seus filhos costumam receber advertências e suspensões pelos motivos mais fúteis. O que muitos não sabem - porque seus filhos não percebem ou não contam -  são situações que tornam as escolas inseguras e às vezes permitem o acontecimento de tragédias, que costumam ocorrer durante as AULAS VAGAS, quando os alunos costumam ficar sozinhos em sala durante horas! Vejam agora a mensagem de uma mãe que já se queixou à direção da escola, à Diretoria de Ensino e entrou no próprio site da Secretaria da Educação, que lavou as mãos e mandou que ela voltasse à Diretoria de Ensino. Enviamos hoje essa denúncia à SEE e exigimos providências imediatas para que se evite uma tragédia e a responsabilidade não recaia - COMO SEMPRE - sobre os alunos!!!

"A escola do meu filho está em fase final de reforma, o problema é que mandaram instalar em todas as portas de sala de aula uma fechadura que só abre a porta pelo lado de dentro... Isso mesmo!!! Assim que qualquer um entra na sala e fecha a porta, esta só é possível abrir pelo lado de dentro, por fora só abre quem tem a chave... pois por fora só tem um puxador que é fixo e não gira, é uma peça igual puxador de porta de armário, só que a diferença é que é de aço e é redondo, e logo abaixo deste puxador apenas o local onde entra a chave que é igual para todas as portas de todas as salas, é uma chave que abre todas as portas e não tem nem como introduzir uma ferramenta para destravar em caso de emergência e é impossível mesmo abrir por fora sem a chave!!! Vejo nisto um grande perigo, pois os alunos tem mania de fechar as portas durante a troca de professores nos intervalos, e o professor fica sem entrar na sala de aula aguardando um funcionário que tem a chave para abrir a porta para ele, porém apenas um funcionário tem a chave... Olha já reclamei na DE, já falei para a diretora e para as vices o perigo desta situação, nada fizeram.

Agora alerto para a tragédia anunciada... você já imaginou, se um aluno fecha a porta sem o professor em sala e acontece um incêndio? Já presenciei professores aguardando para entrar em sala na primeira aula e o funcionário que está de posse da chave demorar para abrir pois a escola são 3 prédios e ele estava no outro prédio abrindo as portas. Até chegar com a chave na sala já passou 15, 20 minutos do horário... e outra, quando tem aula vaga e não tem eventual, os alunos trancam a porta e ficam sozinhos e os funcionários nem veem... imagina se um aluno briga na sala e parte para agressão, como fica? É um crime isto! As portas novas são muito reforçadas, pesadas de madeira bem grossa mesmo, não derruba nem com chutes. Estou com muito medo, se dá a louca num professor ou aluno, ninguém abre a porta, só quem tem a chave, To cansada de reclamar e não dá em nada, nem na DE nem com a diretora, que manda e desmanda na escola como se fosse dela. Não sei mais a quem denunciar, pois até no site da secretaria da educação me mandaram voltar para a DE...

Olha e a escola ESTÁ UMA DEFASAGEM DE PROFESSOR, VEM QUANDO QUEREM... HOJE MEU FILHO TEVE APENAS UMA AULA... A PRIMEIRA  AULA TEVE EVENTUAL MAS DEPOIS  FICOU SEM PROFESSOR EM SALA ATÉ A 5ª AULA... AS PORTAS FICARAM FECHADAS E OS COLEGAS SÓ ABRIRAM A PORTA PARA O RECREIO E DEPOIS PARA A ULTIMA AULA, POIS SABIAM QUE OS PROFESSORES NÃO TINHAM VINDO, AGORA CADÊ OS FUNCIONÁRIOS QUE NÃO PERCEBERAM ISTO? SERÁ QUE NÃO VIRAM A PORTA FECHADA SEM PROFESSOR? 

Temo pelo meu filho que é pequeno, cursando o ensino fundamental ll  e que pede pra mim não reclamar pois ele tem medo de represálias, estou entre a cruz e a espada."

Comentários

Bom dia,

Meu nome é Daniela, tenho 17 anos. Estudo no interior de SP, São José dos Campos, no periodo noturno.
Ontem a diretora, que pouco fica na escola, apareceu.
Eu estava sentada, como de costume, no centro da sala com uma amiga, o meu celular estava em cima da carteira, porém eu não estava usando-o.
A professora veio a minha mesa e pegou meu celular, disse pra ela devolver que eu guardava na bolsa, mas ela apontou para janela e disse que foi a diretora que pediu. Então entreguei. Na minha sala além do meu, foi o pego o da minha amiga que estava no meu lado e do um outro menino.
Depois disso, a diretora chamou até sua sala os alunos dos donos do celulares, porém ninguém chamou minha sala. Fiquei sabendo disso, pois colegas de outras classes que tambem tiveram o celular apreendido me falaram. Nessa reunião, ela disse que nós donos do celulares, ficariamos com passagem pela policia por causa disso, que nossos celulares serão enviados ao conselho tutelar. Ela não respeita os alunos, já chamaram diversas vezes policia pra ela por xingar os alunos de marginal, lixo, até de palavrões.
Eu nunca tive problema com ela, até ontem.
Entrei na internet ontem mesmo, e achei no site do conselho tutelar um documento que diz (resumido), o primeiro ato de negligencia do aluno a escola deve tomar uma providencia, se vier acontecer denovo há a intervenção do conselho tutelar.
Estou ciente que o celular devia estar na bolsa, e que é proibido por lei. Mas isso nunca aconteceu antes. Se eu alegar à ela que não há necessecidade da intervenção do conselho tutelar e ela não aceitar o que posso fazer? Como posso recuperar meu celular?
Giulia disse…
Daniela, qual é sua escola? Manda essa informação confidencial para o e-mail educaforum@hotmail.com. Não se preocupe, não vamos divulgá-la. Um abraço!
cremilda estella teixeira disse…
Giulia.
Coloquei um post no FACE, aquele que a professora denuncia a policia, e diz que professor não é bandido e que policia é para quem precisa de polícia.
Então eu coloquei a mesma foto e perguntei se aluno é bandido. Se professora pode chamar a policia para aluno.
Denunciaram e fui bloqueada no Face
Eles são muitos, mas como não sabem voar eu divulguei no meu blog e no site de ITU.Se pudessem mandariam me prender e arrebentar.
Cremilda
Giulia disse…
Eles são muitos mas não sabem voar! É isso, Cremilda.

Postagens mais visitadas deste blog

A expulsão é legal?

Escola pública ou particular. Qual a sua opção?...

Respeito ao aluno, 3ª Parte. A expulsão da escola