Dia triste


O documento publicado a seguir tem tudo a ver com a questão do autoritarismo dos diretores de escola e coordenadores de ensino, assunto em pauta nos últimos dias. Trata-se do caso relatado no post Dia de festa! http://educaforum.blogspot.com/2007/10/dia-de-festa.html, em que comemoramos a coragem de os pais se dirigirem à Secretaria da Educação para levarem suas reivindicações, em vista do autoritarismo da direção da escola e da omissão da coordenadoria de ensino. Leia também o post anterior, http://educaforum.blogspot.com/2007/09/luto-na-educao.html, sobre a mesma escola. Infelizmente a Secretaria ainda não tomou providências, o que resultou no agravamento da situação. Por este motivo, finalmente divulgamos o nome da Escola, a EMEF Imperatriz Dona Amélia, que pertence à Coordenadoria de Ensino de São Mateus. Pedimos ao Secretário Alexandre Alves Schneider que envie sua secretária e seu Chefe de Gabinete à próxima reunião de Conselho de Escola, no dia 05/11, para que seja finalmente dado um basta às irregularidades denunciadas.


E d u c a F ó r u m

Sr. Alexandre Alves Schneider
Secretário da Educação do Município de São Paulo
Cópia Sr. Waldecir Navarrete Pelissoni
Chefe de Gabinete
Ref.: Graves denúncias sobre a EMEF Imperatriz Dona Amélia – São Mateus - 3º documento

Prezado Sr. Secretário,

Este é o terceiro documento que lhe enviamos sobre a escola acima citada, onde ocorrem graves irregularidades. Infelizmente, os pais que fizeram as denúncias continuam sendo alvos de represálias, como informamos no segundo documento, e seus filhos sofrem perseguição. Por este motivo estamos publicando o nome da escola em nosso blog http://educaforum.blogspot.com/, o que procuramos evitar desde a nossa primeira mensagem, enviada em 08/10, na esperança de que a Secretaria tomaria alguma providência para garantir a segurança desses pais e alunos.

Desde então, a situação agravou-se a ponto de duas mães membros do Conselho terem sido impedidas de entrar na escola, a partir de 30/10. Ao mesmo tempo, a direção da escola começou a promover um movimento de repúdio contra essas mães junto à comunidade escolar, alegando que, por causa das denúncias "infundadas" feitas por elas, a escola corre o risco de ser fechada. Sr. Secretário, essa tentativa de fazer os pais se voltarem contra seus próprios representantes no Conselho de Escola é uma manobra muito antiga, usada por diretores autoritários para expulsar os pais e alunos que "incomodam" por enxergarem o que outros não conseguem.

Dada a gravidade da situação, pedimos a presença de sua Secretária, Sra. Cláudia Oliveira, e de seu Chefe de Gabinete, Sr. Waldecir Navarrete Pelissoni, à próxima reunião de Conselho de Escola na EMEF Imperatriz Dona Amélia, marcada para o dia 05/11, a fim de tranquilizar a comunidade escolar e finalmente esclarecer todas as irregularidades, já fartamente relatadas nas mensagens anteriores:
  1. Construção (irregular?) em andamento dentro da escola em horário de aula. Ontem, 31/10, às 12:55 (horário de entrada do período da tarde), no corredor interno, os alunos passavam embaixo de um andâime com pedreiro em cima serrando ferros e soltando faíscas, sem qualquer proteção para eles. Essa obra, aliás, não foi aprovada pelo Conselho de Escola, que havia decidido criar uma comissão de professores e pais para discutir o assunto. Essa providência não foi tomada e mesmo assim a construção foi iniciada, sem ao menos informar se existe um engenheiro ou arquiteto responsável.

  2. Exibição da fita pirata Tropa de Elite para uma turma de 6ª Série, no dia 27/09. Independentemente da questão legal, Sr. Secretário, o Sr. permitiria que seu filho de onze anos assistisse esse filme na escola?...

  3. Permanência nas classes de funcionária readaptada, que já agrediu alunos, durante as aulas vagas.

  4. Negação de consulta do livro de Atas das reuniões do Conselho de Escola para mães membros do Conselho. Elas inclusive pediram que fosse colocado em ata seu pedido de uma reunião com a Coordenadora Hatsue, mas não obtiveram resposta.

  5. As aulas vagas continuam a todo vapor. Como exemplo, no dia 26/10 a 6ªA foi dispensada por falta de professores e a professora de matemática deu aula para a 5ªA e a 5ªC no mesmo horário, correndo de uma sala para a outra.

  6. Aulas de educação física juntando turmas de crianças de idades e tamanhos muito diferentes (ex. 3ª e 6ª Séries), com um único professor na quadra ou até sem supervisão, tendo sido machucados muitos alunos.

  7. Negação de acesso aos projetos pedagógicos da escola aos membros do Conselho interessados no assunto, principalmente porque a fusão de duas turmas de idades diferentes em bate-bola na quadra foi apresentada como "projeto pedagógico".

  8. Os maus tratos contra alunos, já relatados nas mensagens anteriores (funcionária atirando sapato em aluno, professora empurrando aluna, etc.) tornaram-se corriqueiros dentro da escola, devido à impunidade. No dia 25/10, por exemplo, uma aluna da 5ªB foi violentamente empurrada no banheiro por uma funcionária da limpeza. A aluna queixou-se com a CP, mas nenhuma providência foi tomada.

Sr. Secretário, não podemos acreditar que tantas irregularidades não tenham chegado ao seu conhecimento, principalmente porque em 08/10 estivemos pessoalmente na Secretaria acompanhando os pais. Mais uma vez, pedimos que leia pessoalmente esta terceira mensagem e as anteriores, que informam os dispositivos legais contrariados pelas irregularidades apresentadas.

Pedimos também que confirme a presença de seus representantes na reunião de Conselho de Escola em 05/11, quando os pais poderão relatar maiores detalhes sobre todas as denúncias feitas e, finalmente, consultar o livro de Atas, que lhes foi negado desde a primeira denúncia.

Comentários

Anônimo disse…
Fiquei pasmo com tantas irregularidades sem as devidas apurações.
Como disse em outro post gosto de tudo às claras.
Espero que seu ofício seja atendido e todas as irregularidades apuradas.
Imposto é pago pela comunidade, que a meu ver é a real DONA de uma escola pública.
Meus pesares a esta ineficiente prefeitura municipal.
Luis Gonçaga( é com ç mesmo)
Ricardo Rayol disse…
Só denunciando mesmo. Fico pensando se fosse comigo uma situação dessas. Meteria um processo. Com certeza.
Anônimo disse…
Infelizmente, esses diretores autoritários e inescrupulosos estão em boa parte das escolas.
A essas mães de "muita coragem" deixo minha solidariedade e digo
mais, se esse caso for de fato investigado como se deve, os funcionários dessa escola tem muito a dizer, pois ninguém vai querer se prejudicar só pra salvar essa direção corrupta!
Agora vai ser o SALVE SE QUEM PUDER...
Maria Estela
Anônimo disse…
SÓ MINISTÉRIO PÚBLICO E OUVIDORIA.
Anônimo disse…
Tendo provas sobre o assunto é muito fácil se apurar. A questão é saber se o caso realmente é tão grave assim como se diz, pois sou mãe de aluno dessa escola e participei de uma reunião com a coordenadora regional da educação de São mathes Sra Hatsue, e realmente pude concluir como mãe, que nenhum problema deixa de ser esclarecido e sim, algo estranho com essas mães em relação a escola acontece, pois tudo é averiguado e apurado e jamais deixam de nos atender quando precisamos esclarecer qualquer assunto pendente.
Não sei bem se é algo pessoal com a profissional que comanda a escola, ou se é falta do que "fazer" de algumas pessoas, mas é complicado pessoas de fora opinarem sobre um assunto que não conhecem.Acredito muito no trabalho de todos os profissionais dessa escola, mesmo porque, a lista de espera é grande na procura de vagas na mesma, e a aprendizagem dos alunos é muito boa, não vendo só por mim, mas por boa parte da comunidade.Com certeza tudo a de se esclarecer, pois sem fundamento algum, as coisas se acalmarão.Nessa escola, precisa-se de paz, afinal a educação de muitas crianças está em jogo.
Anônimo disse…
gostaria de fazer somente dois comentarios.

Se tem provas contudentes como filmagem gravação de voz.

Vão em frente.

Se não tem, problemas pessoais resolvem não na escola e sim na rua.

Como pessoas Civilizadas.
Anônimo disse…
Esse caso da EMEF IMPERATRIZ só não vai ser resolvido na rua simplesmente porque, as irregularidades aconteceram dentro da escola. Maus tratos com crianças, construção irregular, andâime montado no meio da escola em horário de aula, professores que faltam demais, professor que dá aula pra duas salas ao mesmo tempo, exibir filme Tropa de Elite para as crianças de 11 anos, Escola sem plano pedagógico, direção irresponsável, etc...
Isso não é nada pessoal, é?
Nossa! Quando começarem a revirar esse baú...sai de baixo...
Eu acredito na justiça, acredito que ainda existem pessoas honestas e com disposição de mudar esse Brasil. Políticos corruptos existem sim, mas existem aqueles que fazem a diferença e fazem acontecer.
Quem resolve seus problemas da maneira que você sugeri, são marginais, e partem para esse tipo de atitude porque não tem argumentos e nem inteligência para agirem de outra forma. Normalmente quem age assim, é porque sabe que já está ferrado.
Mães PARABÉNS pela atitude de coragem, temos orgulho de vocês.
Na hora certa estaremos lá, ao lado de vocês.
SR. SECRETÁRIO vá fundo nas investigações para que nós possamos aparecer, por enquanto estamos "amarrados".
Ass.: POR UMA ESCOLA MELHOR!
Glória disse…
Giulia, quando a gente lê esses absurdos, dá um enorme desãnimo e vontade de dizer "tem jeito, não". A crueldade da escola é como dizem dos ratos e baratas: sobreviverá até a uma hecatombe nuclear.
Anônimo disse…
Ei! Eu também estive nesta reunião com a Sra. Hatsue, e ela não respondeu a nenhuma reclamação ou denuncia. Nada ficou esclarecido muito pelo contrário, a Sra. Solange disse que não responderia a nada, ali naquele momento. E pelo visto, nem depois. Houve sim, nesta reunião muita bagunça e gritaria por parte de algumas crianças.
Ah! Eu concordo quando você diz "é complicado pessoas de fora opinarem sobre um assunto que não conhece..." Então, vamos deixar quem conhece resolver, não é!
Eu só sei de uma coisa, as funcionárias proibem até as crianças de usarem o banheiro, que é para não sujarem.
Essa escola é uma comédia.
Giulia disse…
Fico sempre muito impressionada quando leio comentários tão ridículos como dessa mãe anônima que diz "acreditar muito no trabalho de todos os profissionais dessa escola" e que os assuntos são sempre esclarecidos. Em primeiro lugar, em nenhuma escola pública "todos os profissionais" são ótimos, a não ser em casos extremos como o CIEP de Trajano de Moraes, onde existe uma equipe afinadíssima. Exceção absoluta!
Esse tipo de conversinha é de quem recebeu lavagem cerebral da direção da escola...
Nenhum dos graves assuntos aqui relacionados foi esclarecido!!! Essa mãe não leu nosso documento? Aliás, para facilitar a vida dos eventuais analfabetos funcionais que visitam este blog, faço questão de publicar também a primeira e a segunda mensagem que entregamos à Secretaria Municipal da Educação. Se o Secretário tivesse agido imediatamente, teria evitado que os pais denunciantes fossem alvo de represálias e seus filhos não sofreriam perseguição. Sr. Secretário, me desculpe, mas neste caso o Sr. foi uma decepção! A não ser que "alguém" não tenha mostrado para o Sr. nossas duas mensagens anteriores... Esta terceira eu tenho certeza de que o Sr. leu porque tudo o que publicamos no blog as autoridades são obrigadas a ler, para não passar vexame...
No dia em que estivemos na Secretaria, dia 08/10, eu e alguns pais da escola, pedimos para falar com o Sr., mas não foi possível. Fomos atendidos numa sala de espera por sua secretária e ela ficou de transmitir-lhe o assunto. Não sei se isso foi feito e de que forma, mas saiba que ficamos muito decepcionados com a sua omissão.
Esperamos que agora, depois que o assunto está na net, alguma providência seja tomada!
Quanto aos demais "anônimos amarrados" que dizem estar do lado dos pais denunciantes e que na hora H vão aparecer, também merecem meu desprezo! POR QUE NÃO APARECERAM NA REUNIÃO EM QUE A COORDENADORA DE ENSINO chamou a comunidade para falar um monte de abobrinhas e NÃO ESCLARECEU COISA NENHUMA? Ela limitou-se a jogar lama sobre os pais que tiveram a coragem de denunciar as coisas escabrosas que acontecem nessa escola e ninguém teve a coragem de defendê-los! Ora bolas!!!
Renata Souza disse…
TEM MAIS!
QUE A SECRETÁRIA JUNTO COM O CAE VEJA A ZONA QUE É A COZINHA DA ESCOLA.A DIRETORA PREFERE SUBMETER AS CRIANÇAS A COMEREM MEIA DÚZIA DE BOLACHA COM MEIO COPO DE SUCO DE UVA, PORQUE NÃO TEM FUNCIONÁRIO PARA FAZER A MERENDA NA ESCOLA, MAS A HORA QUE FOR VOCÊ OS FUNCIONÁRIOS BEM SOSSEGADOS, ALGUNS DO LADO DE FORA FUMANDO CIGARRO,BATENDO PAPO.
E FALANDO EM SUCO DE UVA MUITAS CRIANÇAS PASSAM MAU AO TOMAREM ESSE SUCO.UMA FUNCIONÁRIA DEU UMA MEXERICA ESTRAGADA PARA UM ALUNO COMER,ELE PEDIU OUTRA MAS A FUNCIONÁRIA DISSE QUE NÃO IRIA TROCAR QUE ELE COMESSE QUE NÃO TINHA NADA ESTRAGADO.
SEM FALAR NOS 10KG DE CARNE ESTRAGADOS ACHADO ATRAVÉS DE UMA DENÚNCIA ANÔNIMA.
JONAS disse…
Essa coordenadoria de São Mateus deixa muito a desejar outro dia no jornal a coordenadora de educação teve que se justificar por causa de uma infestação de ratos em uma escola daqui da região.
Para os pais chegarem ao ponto de ir atraz da mídia é sinal de má administração dessa coordenadoria.
Sou morador no Parque São Rafael a 40 anos,estou horrorizado a cada dia que passa o ensino está cada vez pior.
POR FAVOR SEU SECRETÁRIO DE MAIS ATENÇÃO PARA AS ESCOLAS DE SÃO MATEUS.
Anônimo disse…
Olha, aqui no bairro está correndo um abaixo assinado, porque estão dizendo que essas mães vão fechar a escola, eu conheço elas moram aqui há muitos anos e já vi elas lavando chão da escola, são mães que sempre lutaram pelo bem estar dos alunos, elas sempre participaram do conselho nas escolas daqui da região.

Já essas duas mulheres chamadas Edna e Eliana estão batendo de porta em porta, pedindo para assinar se não a escola vai fechar. Nunca participaram de nada. Elas dizem que essa informação foi dada pela diretora e é com o conhecimento dela que elas estão fazendo isso,só querem evitar que fechem a escola. Nós assinamos para não fechar a escola, afinal essa escola vai fechar ou não vai fechar?
Eu mesmo liguei para a coordenadoria e pedi essa informação, e a Sra. Cristina disse que isso não é verdade, que a escola não fechar.
Eu acho que quem tá embolando tudo é essas mulheres do abaixo assinado, porque elas estão usando até o nome da diretora.
Se por acaso o secretário vier nessa tal reunião eu quero ir também.
Ciro (jornal)
Anônimo disse…
Se fosse comigo eu também denunciaria, nós é que pagamos o salário desse povo e eles se acham os donos do mundo...

Minhas filhas também já sofreram e muito com esse tipo de direção, hoje meu marido e eu conseguimos colocá-los numa particular.

MP neles!
Anônimo disse…
Eu trabalho nesta escola e posso dizer que sou solidária a essas mães, pois elas já lavaram durante muito tempo o pátio da escola, varriam as quadras, lavavam as cortinas e também costuravam as cortinas.
As janelas eram impecaveis nesta época, agora basta vocês virem ver com seus próprios olhos.~Estão sujas e totalmente rasgadas.
Elas são ótimas mães e pessoas exemplares, por isso tem o meu apoio, só que por baixo do pano, se não eu sou exonerada.
Sinto vergonha disso, mas preciso trabalhar, temos que reconhecer
elas tem fibras.
As mães EDNA e ELIANA também são gente do bem elas só estão sendo manipuladas.
DESCULPEM PELA MINHA OMISSÃO.