Ilegal, imoral, sórdido!


(hoje, 22 de outubro, reebemos resposta da professora Edna, da CEI, informando que essa escola não pertence à sua jurisdição, mas à da COGSP. Por este motivo, nossa mensagem foi reenviada ao professor José Benedito. Fazemos muitos votos de que ele tenha a mesma sensibilidade que a professora Edna já demonstrou no caso da EE Padre Josué Silveira de Mattos, quando determinou a reintegração da aluna expulsa. Professor José Benedito, agora é com você!)

Mais um caso de expulsão numa escola da rede estadual.
Desta vez, expulsão coletiva de cinco alunas!
Leia o novo documento que encaminhamos hoje à SEE.

E d u c a F ó r u m

Sra. Edna Matos
Coordenadora da CEI

Cópias para

Sr. Governador José Serra

Sra. Maria Helena de Castro
Secretária da SEE

Sr. Fernando Padula
Chefe de Gabinete da SEE

Ref. Expulsão coletiva em Ferraz de Vasconcelos

Prezada Professora Edna,

Recebemos hoje cópia de uma declaração de cinco mães da EE Carlindo Reis - DE Suzano, feita ao Conselho Tutelar, informando fatos gravíssimos que vamos resumir.
  • Cinco alunas de 13-14 anos se envolveram numa brincadeira no Orkut, comentando de formas desrespeitosa uma foto, feita na escola, que retratava a coordenadora pedagógica e sua filha, também aluna da escola.
  • No dia 01/10 as cinco mães foram convocadas pela diretora e comunicadas de que suas filhas haviam cometido um crime, que se fossem filhas dela as mataria (sic) e que seria melhor saírem da escola pois, se fosse convocado o Conselho, todas seriam expulsas com certeza, por ela ser presidente do mesmo.
  • As mães recorreram ao Conselho Tutelar, que reconheceu o erro das meninas, mas entendeu que não era caso de expulsão e aconselhou as mães a enviá-las novamente à escola.
  • No dia 07/10 as meninas voltaram às aulas e no dia seguinte levaram para casa uma convocação para reunião de Conselho no dia 09/10.
  • As mães pediram novamente ajuda para o Conselho Tutelar, mas A DIRETORA NÃO PERMITIU A UM CONSELHEIRO TUTELAR - AUTORIDADE QUE TEM, INCLUSIVE, PODER DE POLÍCIA, participar da reunião de Conselho de Escola. Professora Edna, a SEE conferiu aos seus diretores de escola tamanho poder???
  • A reunião de Conselho foi presidida pela diretora, na presença de um representante da Diretoria de Ensino, cujo nome ainda não descobrimos. Esse representante explicou que essa era a última instância dentro da escola e que SE OS PAIS NÃO CONCORDASSEM COM O VEREDICTO, QUE ENTÃO PROCURASSEM OUTRA INSTÂNCIA. Professora Edna, fica assim comprovado que mais uma Diretoria de Ensino apóia e favorece a expulsão de alunos pelo Conselho de Escola. Os pais nos pediram então que apelássemos em seu nome para a Secretaria da Educação, o que estamos fazendo através deste documento.
  • A "acusação" foi longa e sem interrupções por parte da diretora da escola.
  • A "defesa" de cada aluna, feita pelos pais das mesmas, foi limitada a dois minutos cada, com inúmeras interrupções por parte da diretora.
  • Os pais das alunas acusadas solicitaram à diretora o regimento da escola, mas ela SE RECUSOU A FORNECÊ-LO, POIS PELA PRIMEIRA FOLHA OS PAIS DEVERIAM PAGAR R$ 14,00 E PELAS FOLHAS SEGUINTES R$ 1,40 CADA, A SER RECOLHIDO EM CONTA DO ESTADO. Professora Edna, os regimentos escolares não são documentos públicos e não deveriam ser afixados nos quadros de aviso das escolas, à disposição de todos os alunos e seus pais? A SEE exige o recolhimento dessa taxa absurda e ilegal???
  • Os pais perguntaram à diretora se não haveria uma maneira de se abrandar a pena, considerando que as meninas não tinham em seu histórico escolar nada que as desabonasse, mas ela devolveu a pergunta questionando SE ALGUÉM QUE MATA PELA PRIMEIRA VEZ NÃO DEVE SER PUNIDO (sic).
  • Após essa "defesa" tumultuada e marcada pelo choro das alunas, que já haviam se retratado e estavam proibidas de entrarem na internet desde o dia 01/10, os pais foram convidados a se retirarem do recinto.
  • Os conselheiros votaram pela TRANSFERÊNCIA COMPULSÓRIA (expulsão) das cinco alunas, por 18 votos a favor e 1 contra, sendo que estava presente apenas 1 pai conselheiro à reunião.
  • APÓS O VEREDICTO, A DIRETORA INFORMOU AOS PAIS DAS ALUNAS EXPULSAS O NOME DAS ESCOLAS PARA ONDE ELAS SERIAM TRANSFERIDAS COMPULSORIAMENTE, EM UM PAPEL TIMBRADO DA DIRETORIA DE ENSINO-REGIÃO DE SUZANO, DATADO DE 06/10/08 (TRÊS DIAS ANTES DA REUNIÃO!) E ASSINADO PELA ASSISTENTE DE PLANEJAMENTO.
Professora Edna, mesmo que esse TRIBUNAL DE EXCEÇÃO organizado pelo Conselho de Escola tivesse qualquer valor legal, COMO SERIA POSSÍVEL CONHECER O VEREDICTO ANTES DO PRÓPRIO JULGAMENTO? A SEE precisa apurar imediatamente o papel da DE de Suzano nessa história inconstitucional, imoral e principalmente sórdida!

Prezada professora Edna, o original desta mensagem é destinado à sua pessoa, que já deu mostras de não compactuar com a ilegalidade no caso recente de São João da Boa Vista, quando determinou a reintegração de uma aluna também expulsa pelo Conselho de Escola. Mais uma vez contamos com a sua idoneidade e esperamos que continue apoiando os alunos das escolas pelas quais responde, pois até o momento parece-nos a única pessoa que entende e segue a legislação e a ética dentro da SEE.

Cópia desta denúncia vai para a Secretária Maria Helena de Castro, para que ela entenda passo a passo como funcionam os TRIBUNAIS DE EXCEÇÃO armados em inúmeras escolas da rede para a expulsão de alunos, alunos esses que não passam de EMPECILHOS AO BOM FUNCIONAMENTO DA BURROCRACIA ESCOLAR, alunos esses que não passam de ESTORVOS QUE TÊM A OUSADIA DE NECESSITAR DE PROCEDIMENTOS PEDAGÓGICOS, em escolas que não possuem nem pretendem buscar esses procedimentos.

Finalmente, cópia também para o Sr. Governador José Serra, mesmo que ela caia, para variar, em um "buraco negro".

Comentários

Anônimo disse…
Mais uma porofessora que vai ser perseguida .
BATALHADOR disse…
NOVAMENTE DEPARAMOS COM ESSES ABSURDOS.

VOLTAMOS PRA IDADE DA PEDRA ONDE SE DECLARAVA UM CULPADO E LOGO APOS ERA MORTO A PEDRADAS.

POIS É SRA MARIA HELENA ESSE É MAIS UM DOS CASOS SÉRIOS DA EDUCAÇÃO.

PÉSSIMA POSTURA DESSA DIRETORA QUE NÃO SOUBE E NEM SABERÁ USAR A DIDÁTICA NUM CASO COMO ESTE.

PERDERAM AÍ A OPORTUNIDADE DE MOSTRAR PARA OS NOSSOS JOVENS A UTILIDADE DA INTERNET.

SE TRABALHASSEM UM BIMESTRE INTEIRINHO COM O ASSUNTO ,AINDA TERÍAMOS MAIS ASSUNTO PARA OS PROXIMOS .

COMO A CABEÇA DESSES EDUCADORES SÃO POBRES!!!
QUANTAS COISAS BOAS ESSES JOVENS DEIXARAM DE APRENDER POR OUSADIA DESSA DITADORA QUE PREFERIU EXPULSA-LOS .

ESSA SENHORA PRECISA URGENTE SER TROCADA POR UMA PROFISSIONAL CAPACITADA .PODERIAM PO-LA PARA CRIAR GADO , SERIA MAIS PROVEITOSO.

ENQUANTO ISSO O POVO CONTINUA SOFRENDOOOOOOOOOO.ACORDA GOVERNADORRRRRRRRRRRRRR.
Anônimo disse…
Mas elas então ganharam uma vaga em outra escola? Se estão com a vaga garantida, então foi uma transferência... Muito complicado... Na minha escola recebemos muitos alunos destas transferências... Mas também não acho certo que se tire a autonomia da escola para resolver seus problemas... Se a escola não tiver autonomia para resolver este tipo de coisa já sabemos o que pode acontecer... a molecada deita e rola... infelizmente aqui no Brasil a cultura é essa, as pessoas deitam e rolam quando sabem que não há punição...E isto vale para todos: professores, diretores, alunos... Deveriam dar estas transferências compulsórias para alguns professores também... Mas não deixar de punir os alunos por seus erros... Acho que deve haver uma regra para todos...
Vera Vaz disse…
O mais gozado é que desconhecemos casos de expulsão ou qualquer tipo de punição ou advertencia de professores quando estes estavam no mesmo Orkut "brincando" de professores assassinos!
Desdete disse…
Deusdete
Sora anônima
As alunas nãõ "ganharam" uma vaga noutra escola.A escola já é delas
Ninguem pode me dar o que já é meu.
Transferencia compulsória é expulsão com outro nome
E violação de direito.É crime...
Anônimo disse…
Nossa!!!!exppor uma foto de uma aluna de menor junto com a coordenadora(aliás foto essa tirada dentro da escola)e exposto sem autorização no site de relacionamento e comentar que estavam traficando dentro da escola e que estavam só na malandragem....é brincadeira de orkut?????e estavam sendo ridicularizadas pelas demais ;e aos outros alunos da escola !!!!que atitude nobre e digna dessas adolescentes!!! E ainda somo sobrigadas a ouvir que é uma brincadeira de adolescentes? E a outra aluna da mesma idade de menor que foi exposta como traficante dentro da escola!! Detalhes esse ocultados pelos pais?
E no lugar colocaram apenas brincadeira no orkut, vocês encaram como brincadeira uma acusação séria dessas !!!Queria ver se fosse a filha de voc~es o que voc~es achariam!!!
Anônimo disse…
Parabéns para essa diretora ,gostaria de conhecê-la pessoalmente,até que enfim encontramos alguém que coloque limites nesses adolescentes que não tem respeito e que fazem absurdos desses e encaram como brincadeira?
Até que enfim ouvi dizer de uma escola que dignamente fez valher a autonomia de um conselho de escola que é deliberativo!!!!
PARABÉNS SENHORA DIRETORA PELOS MEMBROS DO CONSELHOS QUE DECIDIRAM POR UMA ATITUDE CORRETA!!!!
cremilda estella disse…
,Professores podem abusar no Orkut
Podem até colocar um tópico com nomes de alunos que acham estranho
Professores deitam e rolam no Orkut
Ensinavam até os colegas a forjar um flagrante de tráfico de drogas também, e não dá nada.
Com aluno é diferente, é crime....
Essa professora fala, "na minha" escola.
Quando a escola deixar de ser das professoras e diretoras e voltar a ser dos alunos, a prioridade e legitimo dono a coisa vai mudar.
O erro das alunas é um erro, para ser corrigido,não se corrige um erro cometendo um crime
Uma escola que vende uniforme e obriga o uso...uma escola onde vendem Regimento Interno não tem moral para cobrar nada de ninguem
Cremilda
Anônimo disse…
VIOLAÇÃO DE DIREITOS ?ABSURDOS?
É o que esses adolescentes fizeram,o que eles praticaram sim foi uma crime,acusar pessoas de tráfico no orkut ,isso é sério e não uma brincadeira como o que os pais alegam!!
Senhora secretária da educação Maria Helena e senhor governador José Serra,se tivessem mais diretores compromissados e efetivos como essa diretora a educação hoje não estrai enfrentando tanta violência nas escola!! A violência existe por que os adolescentes se sentem donos de tudo e achar que podem desrespeitar e brincar com a vida dos profissionais da educação da forma que eles querem ,pois nunca são punidos pelos seus atos e sempre acaba na mesma ,até um dia que o aluno mate seu professor e ainda vão dizer coitadinho da criança a culpa foi da professora!!!!
Anônimo disse…
Nossa como existem pessoas ignorantes....Pra se falar em regimento de escola,deve-se no mínimo ter conhecimento dele!!!!!
cremilda disse…
Giulia
Hoje falei com o Conselheiro Júlio
do Conselho Tutelar de Ferraz de Vasconcelos.
Ele disse que a Juiza de lá é bem sensivel e que ele já recorreu pedindo a reintegração das alunas na escola
Eu respondi que esses casos de justiça demoram anos e que as alunas não podem esperar
Ele então disse que vai se reunir com os outros Conselheiros e pedir uma audiência com a Juíza para agilizar esse caso.
Já a Diretora admitiu que vende uniformes na escola e que cobra
a taxa para o Regimento Interno
Liguei na Diretoria e não consegui falar com a Dirigente.
Falei com um supervisor.Deixei as infomãções com ele.
Ah...o Conselheiro disse que hoje já recebeu mais uma porção de denúncias da escola.
O Conselheiro concordou comigo que Conselho de escola não tem autoridade para transferir aluna a menos que elas queiram, que isso é ilegal, e que a Direção é a maior responsável por induzir pessoas ao erro.
No que precisar, estou as ordens
Estarei ocupada de quinta a segunda da semana que vem.Na próxima terça estou disponível de novo para protocolar os documentos.
cremilda
Valkyrya disse…
Esse caso só deu repercussão que era contra uma Professora Coordenadora. Mexer com professor é crime hediondo....
A Coordenadora mãe da aluna chatinha que aproveitava o fato de ser filha da Coordenadora para esnobar todo mundo
Se fosse mãe comum não aconteceria esse auê.
O que pegou foi que era professora coordenadora.
Já o professor coordenador da escola adelaide ferraz de oliveira não sai do Orkut e fez ´várias montagens obscenas com fotos da Cremilda.Assinava a moderação da comunidade, certo da impunidade...Nem pode dizer que não sabia de nada...
Até onde eu sei, ela denunciou em todas as instâncias,inclusive na SEE que eu vi esse documento passando por lá.Não sabem o que fazer com ele, parece uma batata quente que passa de mesa em mesa...
A SEE sentou em cima dele...
Bora lá Cremilda, cobra deles...
Anônimo disse…
Essa escola ainda é boazinha,faz reunião de conselho e decide no coletivo é democrática,embora não
respeite as leis.mas,porém a ESCOLA LUCAS ROSCHEL RASQUINHO , a diretora lá espulsa alunos a roldo ela e a vice e nem precisa passar por conselho e a expulsão dela é terrivel,fala para o aluno não voltar mais na escola e acabou e pronto,palavra de rei, em outros casos para se sentir mais garantida de que o aluno não volta mais manda o aluno assinar
um documento de desistencia ou até mesmo a mãe.Em outros casos chama a policia para mãe quando ela vai fazer a rematricula do filho, se ela for teimosa o filho fica se não for o filho vai para outra escola que se chama Ana Luiza Forense .A mãe mais peituda faz a denuncia na car o coordenador da Cogesp e ele não fez nada até agora , disse que ia afastar a diretora e nada foi feito pelo o menos até agora..
Anônimo disse…
A escola está certa! Se acham que outras escolas devem punir seus professores que briguem por isso e não por deixar a impunidade rolar... Ainda acho que muito pouco punem os adolescentes... para cada casa de um erro de professor tem mais de 3 mil erros de alunos... então é raro professor fazer algo de ruim para alunos, muito raro mesmo... Peguem todos os casos que vocês têm, vejam quantas pessoas são e comparem com o total de professores do estado de SP, verão que pouquíssimos fazem estas coisas...
Sandro disse…
Bom dia senhores (as)
Tenho 32 anos e estudei no Carlindo Reis nos anos 80, tenho ótimas lembranças e muito ensinamento vindo dos educadores desta escola. Era um tempo de aprendizado, nos levantávamos quando autoridade entrava na sala, respeitávamos os professores, e ralavamo-nos para para passar de ano. Estamos vivendo tempos diferentes de inversão de valores, os filhos dão ordens aos pais, alunos desrespeitam professores, é o poste mijando no cachorro. Para mim, educar significa educar, punir faz parte da educação. As pessoas fazem ofenças diversas e são advertivas verbalmente, daí dissem: "estava brincando". CHEGA de brincadeiras na hora errada. PELO AMOR DE DEUS, PAIS EDUQUEM SEUS FILHOS. Não permita que seus filhos deitem e rolem fazendo o que querem na hora que querem, coloquem limites. Se esta brincadeira "MUITO DE MAL GOSTO" aconteceu, o erro esta aonde? na escola? claro que não. Na casa de cada um destes alunos, onde os pais deixaram de ser referencia para os filhos. PARABÉNS PELA RIGOR DA DIREÇÃO. Espero que tenha acontecido ainda em tempo de corrigir estes adolescentes, pois na vida todos erramos e precisamos pagar pelos nossos erros.
Giulia disse…
Anônimo acima, em que planeta você vive? Já cansamos de falar que os pais têm medo de denunciar. A comunidade do Orkut das Professoras Assassinas tinha milhares e milhares de participantes!!!
E fizeram montagens obscenas envolvendo a Cremilda e outras pessoas que lutam pela educação.
Adultos são, sim, criminosos! Crianças e adolescentes são seres em formação e aprendem justamente dos adultos. Então é isso: o orkut Professoras Assassinas fez escola!!! Você viu algum professor expulso de uma escola por isso? Ou por algum outro motivo? E agora cobram dos alunos??? O EXEMPLO VEM DE CIMA. Vivemos numa sociedade hipócrita onde o mais forte dá maus exemplos e pune o mais fraco.
Giulia disse…
Pronto: a diretora está certa! Os pais deveriam ter matado essas meninas!!! Vamos acabar esta discussão? Já vimos que é isso: crime de adolescente é inafiançável e vale a morte!
Anônimo disse…
Sandro
O pior que essa turma de professores que não querem nada.
Pior que professora autoritária
Pior que a impunidade e da corrupção que a escola está mergulhada.
Pior que escola violar a lei
Pior que conselho se reunir para violar a lei ( quadrilha),como diz a Cremilda, e concordo.Um grupo de pessoas que se reunem para violar a lei,não pode ser chamado de Conselho de coisa nenhuma, é quadrilha mesmo.
Pior que os maus exemplos que a escola dá
Pior que tudo é ex aluno como você
Aplaudem a ilegalidade, ficam sempre do lado do mais forte por fraqueza, por ingnorância.
Então você não sabe que o professor de história que postava obscenidades inclusive com fotos montadas fazia isso na escola em horário que devia estár trabalhando? Sabe o que acontece com ele? NADA....
Eu vi a Cremilda chamar a atenção para isso, as postagens tem data, esqueceu?
Os pais punem sim seus filhos.As alunas foram punidas sim e com rigor
Acontece que voces querem é a pena de morte, a pena capital
Isso é pedofobia, é aversão a criança.Esta palavra agora está na moda, mas é o que ocorre dentro das escolas.
Escola não quer mais insinar, não quer dar bons exemplos, não quer punir, quer se vingar dos alunos, que representam a necessidade de tudo que as professoras não querem, não querem trabalhar...
Conheço o trabalho da Giulia e tive o prazer de conhece-la pessoamente.
Lamento não poder me identificar, mas quero deixar claro que não é por covardia, não posso mesmo
Sandro, acorda, se é que você é mesmo um ex aluno, mas tem ex aluno assim mesmo, que lambe a bota da diretora....
Para mim você é uma professora daquelas que tem ódio de aluno, daquelas que infestam os Orkuts da vida, escrevem mil barbaridades contra tudo e contra todos e fica por isso mesmo
Professor pode?
Mauro disse…
Notas da EE Carlindo Reis (Ferraz de Vasconcelos-SP) no IDESP 2007 (formato pdf).
Nota média geral:
8ª série do ensino fundamental - nota 2,57
3ª série do ensino médio - nota 1,41
Notas em Matemática:
8ª série do ensino fundamental - nota 1,63
3ª série do ensino médio - nota 0,81
Giulia disse…
Mauro, eu havia visto as notas da Carlindo. A diretora deve estar se achando, pois a escola atingiu o dobro da Lucas Roschel Rasquinho, rsrsrs!
E não estou brincando, viu! Pois a famigerada EMEF Imperatriz Dona Amélia está no mesmo nível e é a melhor escola municipal na região de São Mateus. Por isso a direção é tão apoiada pela SME
sandro disse…
para o anonimo acima.

É uma pena pensar assim, eu é que lamento e digo:
pior é não ter coragem de dizer quem é.
e ainda não ter opião propia, para seu governo não sou professor, fui sim um ex-aluno, que lunca lambi a bota de ninguem, tirei notas por mérito, e LAMENTO que a educação esteja tão corrompida. Falta sim, pulso a muitos professores e falta também educação familiar para muitos alunos
Anônimo disse…
Uma pena que a Juiza de lá seja mole, pq se fosse o Juiz aqui de minha cidade, com certeza essas "delinquentes" estariam recolhidas num instituição
Enquanto se passar as mãos nas cabeças de adolescentes maldoso, mal educados e infratores a sociedade terá a violencia que hoje se registra.
Sonia Dias
Neco disse…
Néco
Sandro
Não quero fazer apologia da ditadura
mas em 80 era ditadura e as soras não ousavam fazer um enésimo que fazem hoje.
imagina acampar na frente da SEE e agredir um governador...
era todo mundo com o rabinho no meio das pernas.
esse foi o único aspecto favorável da ditadura. professora tinha medo,não era vergonha e nem compromisso , era medo mesmo....
Anônimo disse…
Querem tanto punir os professores, então que punam! Denunciem, processem, punam os maus professores!
Só não acho correto que por um ou outro, a categoria inteira seja má vista e ainda caluniada...

E tem mais, punir e dar limites faz parte de educar... quem pratica este tipo de coisa deve ser punido, não importando se são alunos, adultos, velhos, etc.
Pais Online disse…
Pessoal,
A colocação de opiniões pessoais defendendo ou atacando os alunos é irrelevante nesse caso. O que é relevante é o fato do Conselho de Escola NÃO PODER SE SOBREPOR À LEI. A legislação é clara e cabe a Secretaria de Educação tomar as devidas providências e punir a diretora que montou esse circo. A criançada está aprendendo usar a internet e um dos deveres dos professores é alertar para os perigos do cyberespacio, inclusive ou que se deve evitar de fazer quando estiverem online. As alunas são amparadas pela LEI justamente devido à(e cito aqui a LEI) *condição peculiar da criança e do adolescente como pessoas em desenvolvimento*. Por outro lado, nenhum diretor de escola pode alegar ignorância da lei, são maiores de idade e portanto deveriam respeitá-la. Se os senhores não concordem com a lei tentem mudá-la através dos meios legítimos e NÃO no grito.
Anônimo disse…
E expressão chula circo é o que vocês estão fazendo ! A Lei existe para todos escola, professores e alunos,só que vocês expõem o que de interesse de vocês!!Então realmente cabe à secretaria da educação apurar os fatos!!
Vera Vaz disse…
O pior de tudo não é a desobediência a lei. Pra mim o pior de tudo é querer desobedecer a lei por motivo fútil, por vingança, pra demonstrar força!
Nã querem passar por cima da lei para educar como muitos estão defendendo aqui! Nãoooooooooooo! Primeiro porque sabem muito bem que expulsão não educa ninguém (ao contrário pode levar à perdição!). O diálogo educa, o exemplo educa, a argumentação inteligente educa. Será que nossos educadores perderam o poder de argumentar, de usar a razão? De serem profissionais o bastante para ter a tranquilidade de agir diante dos erros dos adolescentes? Ser civilizado, dialogar, fazer entender agora é ser conivente? Nãooooooooooo. É tratar do assunto com inteligencia e com o objetivo de educar e não de se vingar e de mostrar o quão poderoso é! A expulsão é probibida exatamente porque não educa. Desestabiliza, desintegra, é violência moral!!!!!!!!!! Isso não educa!!!!!!!
Vingança não educa! Professora, mãe, filha, alunas, todos os envolvidos nesse caso têm que procurar uma solução civilizada e inteligente para resolver o assunto! Não é difícil! É só sentar e expor com calma, com raciocínio lúcido que um educador deve ter o que não pode ser feito, os males causados pela atitude das meninas, as consequencias que esse ato pode vir a ter. CIVILIDADE! É disso que precisamos nesse país! Pelo amor de Deus, professores! Um educador não pode ser vingativo, um educador tem que ter um respaldo pedagógico em todos, eu disse TODOS, os seus atos para com os alunos!!!!!!!!!
Vera Vaz
MÃE disse…
PATI
gente o que podemos esperar de uma pessoa que defende uma causa escondendo sua identidade.
Apesar de toda essa arrogância de alguns,fico extremamente
grata a Deus por ter colocado em nossas vidas pessoas humanas e justas,isso nos dá ainda mais força
para lutarmos pois o desejo de todas nós mães e que nossas filhas
venham no futuro a ser pessoas
justas assim como vcs que estão nos
apoiando nesse episódio desagradavél que se deu pura e simplesmente pelo fato de uma educadora ser ditadora,portanto sem
nenhuma possibilidade de dialogo.
Anônimo disse…
Geeeeeente, será que alguém lê toda essa pataquada que vocês escrevem! Tanta coisa importante para a SEE resolver e vocês do blog ficam enviando "documentos" embasbacantes, extensos e sem nexo... Meu Deus! Para ajudar não aparece ninguém! Agora, para atrapalhar... Aparece blog, comunidades, núcleos, etc, etc, etc... Realmente a sociedade está cada vez mais falida!
Giulia disse…
Anônimo, sua respostinha está no post logo acima.
Anônimo disse…
senhora secretaria faça um levantamento das transferencias de 2008 e voce vera que sao quase todas expulsao tem fora o exemplo das meninas, tambem temos os garotos do 1ºA do periodo da manha
Anônimo disse…
A escolas estão abarrotadas de casos parecidos.
Ainda há pessoas que defendem a permanência desse tipo de indivíduo?
Pensem, reflitam.
Todos devem arcar com suas responsabilidades. Inclusive adolescentes.
Punição justa, severa se for o caso.