Como funcionava o esquema de Araraquara


Já falamos tão exaustivamente do esquema de desvio das verbas do ensino na rede estadual de Araraquara, que cabe uma última pergunta: por que a mídia se cala? Leiam abaixo trechos do impressionante depoimento de uma diretora de escola, que também já se cansou de espalhar informações para toda a mídia, sem provocar até hoje o interesse de algum meio de comunicação de grande porte. Afinal, a quem interessa, no Brasil, que as verbas da educação cheguem efetivamente às salas de aula das escolas públicas? A quem interessa desmascarar uma MAFIA que atua na manutenção do atraso do país? Enfim, a quem interessa divulgar ao mundo que existe, neste país "pacífico" e "feliz", uma verdadeira MÁFIA? Sim, máfia, pois a palavra "quadrilha" é muito pequena para um esquema milionário como foi esse em Araraquara e região, durante dez anos.

Leia com atenção o depoimento dessa diretora de escola:

ERAMOS ORIENTADOS, TODOS OS DIRETORES DE ESCOLA, PELA EX-DIRIGENTE E SUPERVISORES, PARA GASTAR UMA PARTE DAS VERBAS NA ESCOLA E A OUTRA PARTE PARA "GUARDAR", OU SEJA, NÃO COMPRAR NADA. POR EXEMPLO: UM DIRETOR DE ESCOLA GASTARIA UM TERÇO DA VERBA E GUARDARIA O RESTANTE, APRESENTANDO, NAS PRESTAÇÕES DE CONTAS, NOTAS FISCAIS COMPRADAS NO ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE ATLAS, QUE TINHA TALÕES DE FIRMAS FECHADAS, QUE PORÉM CONTINUAVAM CIRICULANDO. EXISTIAM TAMBÉM FIRMAS ABERTAS LEGALMENTE, MAS QUE NÃO PRESTAVAM SERVIÇOS NEM VENDIAM NADA ÀS ESCOLAS, OU SEJA , OS PROPRIETÁRIOS NEM SABIAM QUE O ESCRITÓRIO USAVA OS SEUS TALÕES. AS QUE SABIAM, O ESCRITÓRIO LHES PAGAVA UMA COMISSÃO.

O ESQUEMA FUNCIONAVA DA SEGUINTE FORMA, PARA TODAS AS ESCOLAS SEM DISTINÇÃO: O CHEQUE ERA PREENCHIDO PELO DIRETOR DA ESCOLA E ASSINADO PELOS DIRETORES FINANCEIROS E EXECUTIVOS DA APM. GERALMENTE OS CHEQUES JÁ ERAM DEIXADOS ASSINADOS EM BRANCO, OS DIRETORES APENAS PREENCHIAM E REPASSAVAM ÀS PROPRIETÁRIAS DO ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE ATLAS OU A SUAS FUNCIONÁRIAS DE CONFIANÇA. DEPOIS OS CHEQUES ERAM DEPOSITADOS NA CONTA DAS FUNCIONARIAS SAMARA OU ARIDIANE E O DINHEIRO ENTREGUE AO DIRETOR DA ESCOLA COM 20 OU 25% DESCONTADOS PELO ESCRITÓRIO. ESTA PORCENTAGEM A ESCOLA PAGAVA POR CADA NOTA FRIA RECEBIDA JUNTO COM O DINHEIRO, SEM SE IMPORTAR COM A PROCEDÊNCIA DA NOTA. A POLÍCIA FEDERAL INVESTIGA AINDA ESTE ESQUEMA.
OS SERVIÇOS EFETIVAMENTE PRESTADOS ERAM PAGOS AOS FORNECEDORES, AS NOTAS VERDADEIRAS ERAM DESCARTADAS E SÓ ERAM UTILIZADAS AS FRIAS FORNECIDAS PELO ESCRITÓRIO ATLAS. A PRESTAÇÃO DE CONTAS ERA FEITA PELO ESCRITÓRIO E ASSINADA PELO DIRETOR DA ESCOLA, PELOS DIRETORES EXECUTIVOS E FINANCEIROS DA APM E CABIA À DIRETORIA DE ENSINO FAZER A CONFERÊNCIA. NA DIRETORIA DE ENSINO TODOS SABIAM QUE AS NOTAS ERAM COMPRADAS E FRIAS, PORQUE TINHA TALÕES DE NOTAS QUE FICAVAM LÁ NA PRÓPRIA DIRETORIA, ONDE ERAM FEITAS REUNIÕES COM A PROPRIETÁRIA DO ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE.

A DIRIGENTE DE ENSINO MANDAVA UMA FUNCIONÁRIA DE SUA CONFIANÇA BUSCAR UMA PARTE DO DINHEIRO NA CASA DOS DIRETORES DE ESCOLA, MAS SEMPRE DEIXAVA ALGUM PARA SE "GUARDAR". DESSE GUARDADO ELA NUNCA PERGUNTAVA NADA, SÓ EXIGIA A SUA PARTE DO DINHEIRO.

ISTO PERDUROU POR 10 LONGOS ANOS E ERA ESTRESSANTE, MAS ERA A MESMA ROTINA PARA TODOS, NÃO PODIA SER DE OUTRO JEITO COM QUALQUER VERBA QUE A ESCOLA RECEBIA. QUANDO ALGUM DIRETOR DEIXAVA DE REZAR ESSA CARTILHA E DESOBEDECIA AS ORDENS DA DIRIGENTE, ERA PUNIDO COM EXONERAÇÃO. FOI O QUE ACONTECEU COM A ANA CLAUDIA E COM O HERMILO MACHADO, QUE FORAM EXONERADOS. MAS A MAIORIA DOS DIRETORES NÃO TINHA INTERESSE ALGUM EM DENUNCIAR O ESQUEMA, POIS HAVIA FEITO SEU PÉ DE MEIA COM O DINHEIRO "GUARDADO".

SÓ EU ENTREGUEI O ESQUEMA, PORQUE FUI MUITO HUMILHADA E ACHEI INJUSTO APENAS ALGUNS DIRETORES SEREM EXONERADOS, POR OBRA DA PRÓPRIA DIRIGENTE, QUE LEVOU MUITO MAIS DINHEIRO, ALÉM DE DIÁRIAS ASSINADAS E RECEBIDAS POR ELA ILEGALMENTE.

NO DIA 28 DE JULHO DE 2009, OUTRO DENUNCIANTE DO ESQUEMA QUE NÃO É DIRETOR DE ESCOLA FOI PRESTAR DEPOIMENTO NA COORDENADORIA DE PROCEDIMENTOS DISCIPLINARES CONTRA 18 DIRETORES. HAVIA DIRETOR QUE TINHA 12 NOTAS FISCAIS FRIAS SEQUENCIADAS. ESSE DENUNCIANTE INVESTIGOU BEM O ESQUEMA E O ENTREGOU PORQUE SUA ESPOSA ESTAVA SENDO PERSEGUIDA PELA DIRIGENTE DE ENSINO.

A DIRETORIA DE ENSINO DE ARARAQUARA ERA COMPOSTA POR 56 DIRETORES DE ESCOLA, TODOS PARTICIPAVAM DO ESQUEMA E SÓ 18 FORAM PROCESSADOS PELA FDE.

EU E MAIS ALGUNS QUE SE REBELARAM CONTRA O ESQUEMA FOMOS PROCESSADOS PELA DIRIGENTE DE ENSINO DESDE 1998. ELA VINHA PERSEGUINDO UM OU OUTRO PARA MOSTRAR O SEU PODER E ASSIM CONTINUAR SUBMETENDO TODOS ÀS SUAS ORDENS.

A DIRIGENTE FOI PROCESSADA, MAS LEVOU SOMENTE PENA DE SUSPENSÃO, PORQUE TEVE APOIO POLÍTICO E OS DIRETORES NÃO A RESPONSABILIZAM, POR MEDO DE TER QUE DEVOLVER MUITO DINHEIRO - O DINHEIRO "GUARDADO" - ALÉM DO RECEIO DE PERDER APOSENTADORIA E QUALQUER OUTRO PRIVILÉGIO. OS ADVOGADOS DOS DIRETORES DENUNCIADOS QUEREM RESPONSABILIZAR O ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE POR TODOS OS DESVIOS, MAS A VERDADE É QUE O ESCRITÓRIO VENDIA AS NOTAS AOS DIRETORES DE ESCOLA POR ORDEM DA DIRIGENTE DE ENSINO, COM O CONHECIMENTO DOS SUPERVISORES DE ESCOLA, QUE PORÉM NÃO ESTÃO SENDO PROCESSADOS.

Se você leu com atenção o depoimento dessa diretora de escola, entendeu como é que a dirigente "amarrava" os diretores: ela não oferecia dinheiro para eles, apenas pedia uma parte e sugeria que eles "guardassem" outra parte . Um velho ditado diz que a ocasião faz o ladrão...

Saiba que Araraquara é um dos municípios mais ricos do país, provavelmente a dirigente de ensino e os diretores de escola da região acharam que o prejuízo para os alunos seria pequeno e que não pesaria para ninguém o desvio de "um dinheirinho" para eles poderem reformar suas casas ou trocarem de carro. O mais grave de todo esse affair é que a própria dirigente de ensino devia estar, por sua vez, "amarrada" a um esquema maior que a protege... você sabe por que? Você sabe, eu sei, mas tudo isso só virá a público no dia em que uma criança aparecer e gritar: "O rei está nu!" Cabe também mais uma perguntinha: quantos esquemas desse tipo não existem no Brasil inteiro? Eles só poderão começar a cair num efeito dominó se o primeiro for desmascarado. O esquema de Araraquara conta com um número impressionante de provas e testemunhos, mas o grande perigo é que a corda arrebente do lado mais fraco: os pais de alunos, ingênuos diretores das APMs, que foram assinando cheques em branco.

Mais uma vez faço um apelo aos jornalistas sérios do país, para que se inteirem deste assunto que, afinal, está na polícia federal. O EducaFórum pode informar os nomes e telefones de testemunhas idôneas, pessoas que têm perdido o sono e a paz devido a perseguições e ameaças.

Senhores jornalistas, principalmente aqueles que, como eu, já estão de cabelos brancos: que país pretendem deixar para seus filhos e netos?...

Leia aqui as matérias anteriores sobre o esquema de Araraquara.

Comentários

Antonio Monteiro disse…
Giulia parabéns pela luta, pela insistência com os governantes que façam a justiça merecida, que não atribuam a apenas uma parcela de diretores todos os anos de impunidade.
Que as portarias instauradas dos processos sejam publicadas em Diario Oficial de cada diretor de escola processado desta diretoria de ensino para que não se cometa a injustiça com aqueles que foram processados por perseguições e não por emitirem notas fiscais frias como querem fazer parecer ser.
Mas isto será fácil comprovar e no momento certo faremos.
Muito obrigado.
Antonio Monteiro disse…
 Giulia no tocante a população que lê o que o seu blog publica bem como o blog do Glauco e outros sobre as Irregularidades na diretoria de ensino de Araraquara, seria muito fácil resolver se a SEE- SP publicasse as portarias dos processos administrativos disciplinares instaurados, dos dezoitos diretores processados, bem como da diretora Sonia Fernandes, da ex dirigente de ensino, da minha esposa que considero, afirmo e comprovo ser perseguição. Publicação em diário oficial nominalmente relacionados, assim agindo com transparência ninguém poderia alegar que são vítimas de calunias de difamação, etc. Também evitaria que supostos políticos pudessem proteger ou prejudicar quem quer fosse.
Sendo assim evitaria que algumas denunciantes diante dos poderosos negassem as denuncias que fazem, neste e em outros blogs, uma vez que a Lei da Mordaça já foi revogada, ou ela ainda está em vigor na diretoria de ensino de Araraquara?
E quanto a insistência de minha parte e de outros no sentido de apurar “todos” não foi por falta de provas e de requerimentos na SEE-SP, sendo que foram todos protocolados.
Mas não fomos atendidos visto que até a presente data pelas notas fiscais frias seqüenciadas, com numeração baixa, de firmas que não existiam ou não prestaram os serviços as APMs das escolas de responsabilidade dos diretores de escola foram apresentadas por mim a Procuradoria da SEE- SP estão processados apenas dezoito diretores de escola?
Antonio Monteiro disse…
Este questionamento não é só meu é da sociedade, dos cidadãos Brasileiros que pagam seus impostos. Insistimos que os supervisores de ensino que supervisionavam as escolas, orientavam e acompanhavam devam ser responsabilizados.
Quanto a diretora Sonia Fernandes ela foi uma das primeiras diretoras a denunciar o esquema quando foi processada, ela que me passou o nome de todas as empresas que forneciam as notas fiscais, foi ela quem me mostrou o caminho da impunidade, e me pediu socorro por medo de ser punida sozinha por um ato praticado por todos, conforme ela me relatava, se o a portaria do processo da Sonia for publicada ficará claro que no processo 50/2005 e 55/2005 constam as irregularidades, bem como a de todos.
é preciso transparência para evitar que os denunciantes sejam chicoteados da forma que estão.
E posso apresentar as notas fiscais escaneadas, neste blog ou em outro para provar que existem e são de firmas diferentes, talões diversos, e de firmas que não existem. É preciso espaço para que os denunciantes não sejam tratados com discriminação, desrespeito, e muitas vezes intimidados para que neguem o que fazem diariamente.
Tenho provas sim, fitas gravadas que foram entregues ao Ministério Público, posso citar os nomes porque foi com gravado com o consentimento das pessoas que me procuraram em minha residência, fui muitas vezes procurado por Sonia Fernandes e outros diretores, professores, vice diretores, coordenadores.
Não vou me calar diante desta situação, a nossa insistência tem base sólida: Responsáveis, pessoas que tinham conhecimento durante muitos anos e que supervisionavam estas escolas, ocupam cargos importantes na diretoria de ensino. Como será que se chegará a verdade dos fatos? Estes continuísmos são desfavoráveis para que se averigúem os responsáveis. Por isto é interminável há uma força que impede e tenta desqualificar as denuncias de que o óbvio seja apurado, se eu era supervisor de ensino, verificava documentações, inclusive as prestações de contas, porque não denunciei? Porque não sabia? Sabiam sim porque teve outros diretores averiguados e os supervisores de ensino participavam das comissões de apurações e sabiam do esquema e se calaram.
Enquanto estas pessoas continuarem no poder dentro da diretoria de ensino de Araraquara não saberemos o montante de desvios que ocorreram ao longo destes 10 anos. E a impunidade perdurará. E vamos continuar a cobrar, a exigir providências.
Não é por falta de denuncia que estamos aqui é por falta de Apuração de todos, é por falta da SEE-SP enxergar a Diretoria de Ensino como um todo.
É isto que esperamos, não estamos aqui para denegrir a imagem de ninguém, muito menos caluniar. Até fui processado pela diretora Solange Brito por calunia e difamação, e ela perdeu este processo porque as notas fiscais existem, ela mesma apresentou nos autos, tenho uma cópia do processo já protocolei na Procuradoria, o juiz julgou improcedente a ação desta diretora.
Me processem o quanto quiserem estou aqui para provar e desvendar a verdade dos fatos.
Antes de ser marido de diretora de escola, sou Cidadão Brasileiro com direitos e deveres.
Espero ter sido claro e se não fui explico novamente.
Antonio Monteiro .
Não estamos mais sozinhos Giulia.

Giulia aguardo o seu retorno - e-mail: antonio99monteiro@yahoo.com.br
Pais Online disse…
Giulia, o pior disso tudo é que esse tipo de esquema não é restrito à Araraquara, acontece no estado todo (e provavelmente nos outros estados também)e todos que trabalham na área estão conscientes disso. Mas qual secretário de educação vai arriscar sua careira e apoio político para acabar com ele? Para isso, precisa de dignidade e honradez e acima de tudo respeito pelos alunos (e seus pais contribuintes de imposto), qualidades que aparentemente até o presente momento nenhum deles tem mostrado.
Cremilda disse…
o problema é o seguinte....
merenda é para aluno
e aluno não é ninguém
se a grana para a merenda não é de ninguém o mais esperto pode levar que não dá em nada...
nadinha...
Eugênio disse…
Giulia:"Como funcionava o esquema de Araraquara"
http://www.tse.gov.br/internet/eleicoes/2004/result_blank.htm
CANDIDATA A VEREADORA DO PSDB É INDICADA COMO DIRIGENTE REGIONAL DE ENSINO DE ARARAQUARA:
Vereador ARARAQUARA PSDB 45555 MARIA SANTANA GAGLIAZI votos:94 – Não eleito
SITUAÇÃO ATUAL: MARIA SANTANA GAGLIAZI – DIRIGENTE REGIONAL DE ENSINO DE ARARAQUARA – 2009.
Vitor disse…
Giulia, quando você divulga os fatos sem generalizar dizendo que todos os profissionais da educação são uns bandidos, você presta um grande serviço. Parabéns por essa matéria sobre Araraquara, onde comprovadamente há trambiques. Agindo assim, você adquire meu respeito (pode não ser muita coisa, mas é importante para mim).
Giulia disse…
Vítor, onde foi que eu disse que "todos os profissionais da educação são uns bandidos"?
cremilda disse…
Vitor
Nem todos os profissionais do ensino são bandidos...
Ninguém pode dizer isso.
São apenas uns 90% os outros 10% se omitem....
Quem estiver fora desse esquema, também está fora da escola pública...
Cremilda disse…
SEM CONTAR QUE EU TAMBÉM SOU FÃ
DO TRABALHO DA GIULIA.
FÃ DA PRIMEIRA FILA, DA FILA DO
GARGAREJO.
MAS EU CHUTO MESMO DA MEDALHINHA PARA CIMA, QUE ESTOU CANSADA DE TANTO DESMANDO, TANTO ABUSO, TANTA CORRUPÇÃO E TANTA IMPUNIDADE.

Postagens mais visitadas deste blog

A expulsão é legal?

Escola pública ou particular. Qual a sua opção?...

Respeito ao aluno, 3ª Parte. A expulsão da escola