Mídia nota zero - A Série VII


Nossa amiga Cremilda, que tem estômago para acompanhar a forma boçal com que a mídia brasileira trata o assunto educação, estava elogiando a forma isenta de algumas reportagens da Record. Ontem, porém, a emissora voltou a pisar na bola. Normal... Vejam os comentários da Cremilda:

Temos elogiado as últimas reportagens policiais da Record, especialmente no programa do GOTINO. Hoje o PERCIVAL DE SOUZA fala um absurdo: quando dois alunos de oito anos brigam dentro da sala de aula, a solução é expulsar da escola o aluno que agrediu o outro….

Para reforçar, ele invoca a "Cartilha dos Corvos", que a Secretaria Estadual distribuiu nas escolas. Nessa cartilha, a SEE de São Paulo aprova as medidas ilegais e imorais que as escolas tomam sempre.

A escola não é apenas para o aluno bonzinho, é direito de todos. O aluno mais dificil ou agressivo é para ser educado, ajudado. Quase sempre criança que agride é aquela que sofre agressão e reproduz esse comportamento com colega mais fraco.

Acesso e permanência na escola é direito garantido pela Constituição, um direito inalienável. Certo que existe essa cartilha, mas ela é uma aberração sob o ponto de vista moral, pedagógico. Um crime !!!

Vem um repórter e pede a expulsão de um aluno de oito anos que agride o colega da mesma idade….? Só faltou pedir rebaixamento da idade penal para sete anos e sugerir que o aluno seja preso. Expulsar um aluno da escola com oito anos é saber que ele vai se matricular na escola do crime, onde sempre tem vaga…. Quando pedem e se esgoelam pedindo pena máxima e rebaixamento penal para adolescente já é absurdo, para um aluno de 8 anos é covardia de uma imprensa PEDÓFOBA…

Considerando que só um por cento dos crimes violentos são cometidos por menores de 18 anos, não se justifica a redução da idade penal com objetivo de reduzir a violência. Pedir expulsão de aluno de oito anos para resolver o problema de uma escola pública corrupta, violenta e que não ensina a ler e escrever, é querer responzabilizar a vítima, na cara dura…

Leia aqui os demais textos da Série Mídia nota zero:
http://educaforum.blogspot.com/2009/10/midia-nota-zero-serie-vi.html

Repetimos:
APENAS UM POR CENTO DOS CRIMES VIOLENTOS SÃO COMETIDOS POR MENORES DE 18 ANOS. A REDUÇÃO DA IDADE PENAL É DELÍRIO DE UMA SOCIEDADE PEDÓFOBA, QUE PENSA EM DERROTAR O INIMIGO MATANDO A PRÓPRIA CRIA.

Comentários

cremilda disse…
GIULIA
MAS QUEM DISSE QUE BATER NESSE POVO NÃO ADIANTA ?????

A RECORD VOLTA ATRÁS E O GOTINHO PROVA QUE SÓ OS GRANDES RECONHECEM O PRÓPRIO ERRO.Temos elogiado a Rederecord.Quando aparece situação de conflito na escola ela não corre apressada em defesa da professora como a Rede Globo faz sempre.
Pode ser que a Rederecord não tenha o rabo preso com a corporação e a Rede Globo tenha.
Do mesmo modo como combatemos a PEDOFOBIA sistemática da Globo a gente combate e critica na Record a sua PEDOFOBIA ocasional.
Não dá para assistir calados um repórter policial pedir que se expulse um aluno de oito anos da escola, porque ele bate nos colegas.
A agressividade exagerada em criança pequena é sempre um sintoma preocupante e que deve ser tratada a causa, não expulsar o aluno da escola.
O que agride sistemáticamente merece atenção, as agressões comuns também, se queremos ser agentes de uma cultura de paz.
Quem tem mais de uma criança em casa, sabe que as brigas e competições são comuns e tem que ser gerenciadas e orientadas, mas que são comuns
Imagina se cada vez que dois irmãos brigassem os pais expulsassem um de casa ?
Aluno não pode, nem deve, apanhar nem bater na escola Nem do colega e nem da professora.
O que falta ainda ficar claro é que todo revide de um aluno agredido por uma professora, o aluno vira réu. Tem que ser agredido e ficar quietinho.
Agora a Secretária de Educação distribui uma cartilha nas escolas avaliando toda agressão da escola e autorizando os crimes de expulsão de aluno e a sua suspensão.
Não é porque a Secretaria de Estado de Educação autoriza que deixa de ser crime….
De qualquer maneira é sempre bom poder elogiar a Rederecord, de novo.
A Rede Globo devia seguir esse belissimo exemplo.
cremilda disse…
O reporter da Record, disse que estava enganado ao pedir a expulsão do aluno de oito anos.
Que por conta de receber vários email protestantdo ele reconhece que expulsar aluno não é o caminho, que aluno que agride muito é t´~ao vitima quando o agredido.
Interessante que quem pediu expulsão e disse que a SEE estadual aprova e até distribuiu a cartilha foi o Percival de Souza e hoje ele não estava, e quem se desculpou foi o titular do programa o Reinaldo Gotino.
Foi muito importante essa conduta dele.Até hoje eu nunca tinha visto nada igual.
Jornalista é normalmente tão arrogante e dono da verdade....
Anônimo disse…
imparato molto
Anônimo disse…
quello che stavo cercando, grazie

Postagens mais visitadas deste blog

A expulsão é legal?

Escola pública ou particular. Qual a sua opção?...

Respeito ao aluno, 3ª Parte. A expulsão da escola