Lucas Roschel Rasquinho, quem te viu, quem te vê!


Em maio de 2008 iniciou uma linda história, no início bastante dramática, que pôs fim ao "reinado" de uma direção incompetente e autoritária na EE Lucas Roschel Rasquinho, Parelheiros, São Paulo Capital. Leiam aqui o primeiro post que relata a luta dos pais do aluno Paulo, a princípio preocupados com a integridade do filho, perseguido na escola. Percebendo que a perseguição se intensificava cada vez que reclamavam, esses pais nos procuraram e fomos visitar a comunidade ao redor da escola. Convencidos da péssima direção e da omissão da diretoria de ensino, levamos esses pais para a Secretaria da Educação. O Paulo, aluno adolescente do Ensino Médio, também foi à reunião, onde convenceu as autoridades do seu bom caráter e inteligência. Nada justificava a perseguição de que era vítima!

Não fizemos isso apenas para combater uma injustiça contra um único aluno: estava claro que a perseguição ao garoto visava atingir os pais, que percebiam e apontavam as falhas da escola, onde ocorriam os maiores absurdos, que você pode ler clicando aqui. Essa reunião na SEE foi seguida por diversas outras, inclusive na própria escola, o que criou um "alvoroço" em toda a comunidade. Temendo a repercussão das denúncias, a direção da escola soltou o tradicional boato de que a escola estava correndo o risco de ser fechada, leia neste outro post.

Após uma longa investigação, toda a direção da EE Lucas foi finalmente afastada e a nova diretora, Matilde, herdou uma escola esfacelada. Com muita competência e boa vontade, ela conseguiu aos poucos sanar os problemas e temos recebido dos pais de alunos mensagens de apoio e louvor à nova direção. Vejam a última:

Boa noite!
A escola Lucas Roschel Rasquinho melhorou muito, nem parece mais aquele lixão.
A limpeza na escola é total.
A prioridade da diretora é o aluno.
Pintou a escola.
Arrumou um caseiro.
Montou uma sala de vídeo para os alunos que parece um cinema.
Fundou a Radio Lucas junto com os alunos.
Iluminou o pátio da escola.
Não cobra uniforme.
Fez a festa de formatura sem cobrar nada do aluno.
Exige que o professor trabalhe em sala de aula.
Exige dos professores aula de qualidade.
Exige que os professores não faltem.
Não admite que o professor fale mal dos alunos.
Exige que os funcionários da escola trabalhem.
Fornece material para os alunos durante o ano.
Polícia dentro da escola nem pensar, só a ronda ao redor da escola.
As contas da APM estão em quadro de aviso para qualquer um ver.
É presente na escola.
Quem conhece Parelheiros sabe que é uma região carente, longe de empresas que possam apoiar a escola, por isso todo o mérito das melhorias é certamente da nova direção. Aliás, o IDESP da escola melhorou em 125%.
Parabéns à diretora Matilde e à sua nova equipe, recebam nossas flores!

E agora a nossa preocupação, leiam o último parágrafo da mensagem dos pais de alunos:

Por esses motivos os professores e a paneloca da Sul 3 estão querendo expulsar a diretora da escola.

Moral da história: o grande problema da rede pública de ensino é a ameaça à continuidade dos bons profissionais e projetos. Mas vamos ficar de olho e não vamos deixar que a EE Lucas volte a ser o antro que conhecemos!

Comentários

Anônimo disse…
Olha,o pessoal tá furioso com a diretora porque não podem mais serem os donos da escola.
Anônimo disse…
Tem um tal de candidato a vereador de meia tijela que era vice da escola e a diretora não aceito o danadinho ele ta fazendo a cabeça de alunos contra a diretora.O bichinho ta dizendo que é a favor dos alunos ,mas na verdade ele é a favor de professores faltosos Ta querendo fazer um projeto para que os professores passem a ter 20 abonada por ano, férias de 60 dias ,atestados de 15 dias sem passar na perícia.È o que ele promete para os profs.para os alunos ele promete não ter aula o ano todo.Ta na chapa ai o nome do fedengoso é o mesmo nome do anjo da guarda.
Anônimo disse…
dona Giulia
por favor preciso de ajuda

meu filho Rodrigo alves dos Santos
foi impedido de entrar na escola
segundo o que me disse a Vice diretora Edina
“seu filho não estuda mais aqui , arrume outro lugar para ele estudar ”

eu não sei o que aconteceu
ela me disse que o conselho de escola foi acionado porem eu nunca fui chamado
só agora dei por conta qu e meu filho não estava indo a escola e fui até pra saber quando me disseram que ele tinha sido impedido de frequentar a escola

não me explicaram o qu e houve
e estou perdido nem sei a quem recorrer

por favor me ajudde

a escola é a EE professor Luiz magalhaes de araujo na diretoria de ensino região sul 2

por favor

me ajudemeu filho precisa estudar
eu sou trabalhador e pago impostos

estou aguardando


Gilberto Rosa
Giulia disse…
Gilberto, me mande urgente e-mail com seu telefone para educaforum@hotmail.com

Postagens mais visitadas deste blog

A expulsão é legal?

Escola pública ou particular. Qual a sua opção?...

Respeito ao aluno, 3ª Parte. A expulsão da escola