É o sexto documento. Será que ele leu pelo menos um?...


A apuração preliminar referente à EMEF Imperatriz Dona Amélia, concluída em dezembro, está finalmente na mesa do Secretário. Mas será que ele está a par dos acontecimentos? Leia o novo documento que lhe enviamos hoje, o sexto!

E d u c a F ó r u m
http://educaforum.blogspot.com/

Sr. Alexandre Alves Schneider
Secretário da Educação do Município de São Paulo
claudiaoliveira@prefeitura.sp.gov.br

Cópia Sr. Waldecir Navarrete Pelissoni
Chefe de Gabinete
wpelissoni@prefeitura.sp.gov.br

Cópia para Sra. Hatsue Ito
Coordenadora de Ensino de S. Mateus
smecesaomateusadm@prefeitura.sp.gov.br

Ref. Graves denúncias sobre a EMEF Imperatriz Dona Amélia – São Mateus - 6º documento

Sr. Secretário,

Em aditamento ao nosso 5º documento, enviado em 27/02/08, informamos que, na falta de sua resposta e em vista de que as mães da EMEF estão tentando em vão agendar uma reunião com V.Sa. desde o início das aulas, resolvemos investigar o assunto da apuração preliminar, que teria sido concluída em dezembro, conforme informação da própria coordenadora.

Soubemos que a documentação está, desde ontem, dia 13/03/08, na sua mesa para despacho. Gostaríamos de ter certeza de que V.Sa. teve a oportunidade de ler nossos e-mails, pois o último relata uma situação extremamente grave, em que a diretora da escola provocou deliberadamente um conflito entre alunos. É dessa forma que certos profissionais costumam praticar represálias contra os filhos daqueles pais que têm a coragem de denunciar irregularidades. No caso dessa EMEF, as represálias continuam, cada vez mais graves. Por esse motivo, pedimos que V.Sa. verifique os últimos acontecimentos e peça o livro de ocorrências da escola, pois, se a apuração foi concluída em dezembro do ano passado, ela está desatualizada!

Preferimos acreditar que V.Sa. não teve acesso aos nossos documentos e nem ao pedido de reunião das mães. Ele resume com muita propriedade os problemas que elas e seus filhos estão sofrendo na escola. Esperamos que finalmente V.Sa. lhes conceda uma reunião e que essas mães sejam atendidas dentro de uma sala fechada. De qualquer maneira, desta vez elas não levarão as crianças, a fim de evitar-lhes uma decepção ainda maior do que a primeira, quando foram atendidas no saguão da secretaria, ao lado dos toaletes.

Sr. Secretário, mais uma vez percebemos o desinteresse da SME em ouvir os pais de alunos. Até hoje essas mães, que pertencem ao Conselho de Escola, foram apenas intimidadas, constrangidas e humilhadas, aliás, desde o início do ano elas têm o acesso ao interior da escola vedado.

Agradecemos sua atenção, na esperança de que V.Sa. seja finalmente inteirado do autoritarismo que domina essa EMEF e que tome providências.

Atenciosamente

EducaFórum e Movimento Ideamos
Leia aqui todo o dossiê sobre a EMEF Imperatriz Dona Amélia:

Comentários

MARIA disse…
ISSO PORQUE É TEMPO DE ELEIÇÃO !
Sonia disse…
Há um tempo atrás o nosso Secretário - Sr. Alexandre Schneider, apareceu em rede nacional e disse que estaria aberto para ouvir e atender os pais... Será que ele mudou de idéia??? Pois até agora está um verdadeiro jogo de empurra-empurra dentro daquela secretaria. Até as informações mais básicas ñão são respondidas, só não sei se é por desconhecimento ou se é por falta de vontade de fazerem seu trabalho.

Mas, continuo no aguardo e na esperança que um dia o Sr. Secretário se digne a nos receber.
Às vezes tenho a impressão, que ele nem tomou conhecimento do caso da EMEF IMPERATRIZ.
Giulia disse…
Sônia, TODOS OS SECRETÁRIOS posam de bonzinhos diante das câmeras!...
Mas eu acho que você tem razão: se ele tiver tomado conhecimento de algo sobre a EMEF, isso foi filtrado por pessoas mal intencionadas, as mesmas que vivem repetindo: "Temos centenas de escolas para cuidar, não podemos dar atenção a todas do jeito que vocês pais pedem...".
Todos nós estivemos na SME no dia 8de outubro, o dia da vergonha, em que um grupo de pais E ALUNOS foram atendidos em um saguão na porta dos banheiros! Imagine se um grupo de sindicalistas seria atendido dessa forma!
Mas, se for verdade que esse dossiê está na mesa do secretário, vamos fazer barulho até ele ser obrigado a ler. E se não der em nada, vamos fazer mais barulho ainda para saber O QUE ESTÁ ESCRITO no dossiê e no que deu essa "apuração"! É um absurdo que os pais tenham sido convocado para depor e não tenham acesso à documentação!!!
Sonia disse…
Giulia,

Hoje é o dia "D", dia em que me prometeram uma resposta. Ligarei mais uma vez, e quantas vezes for preciso. Alguma resposta eles terão que me dar. Eles nos devem isso!!!


Beijos

Postagens mais visitadas deste blog

A expulsão é legal?

Escola pública ou particular. Qual a sua opção?...

Respeito ao aluno, 3ª Parte. A expulsão da escola