Recapitulando o caso EE Jardim Iguatemi


Devido à dificuldade de alguns leitores entenderem a história da expulsão de vinte alunos da EE Jardim Iguatemi, seguem os links de todos os textos anteriores. Basta clicar em cada um. Começamos do mais antigo até o mais recente, mas essa história ainda vai dar pano pra manga, ah, vai!...
Os pais dos dois alunos processados e "condenados" duas vezes pelo Conselho de Escola não assinaram a transferência dos filhos, entraram com recurso contra a expulsão e solicitaram os seguintes documentos, aos quais não tiveram acesso: o relatório que acusa o aluno, a cópia dos registros no livro de ocorrência, o regimento interno da escola, a ata de constituição do Conselho de Escola, com os nomes dos conselheiros habilitados a votar e, principalmente, a legislação que permitiria a expulsão de alunos da escola (sendo que estamos "carecas de saber" que essa legislação não existe...).
O maior absurdo da segunda condenação foi o seguinte: os pais foram orientados pela Dirigente de Ensino a protocolar na escola um documento pedindo "reconsideração" da condenação dos alunos. Entretanto, uma das mães redigiu um documento bem diferente, declarando que não aceitava a decisão do Conselho e a expulsão do filho. O documento foi lido em voz alta na reunião, na presença da Dirigente de Ensino Leste 3, mas, MESMO ASSIM, O ALUNO FOI SUBMETIDO A NOVA HUMILHAÇÃO, CONSTRANGIMENTO E CONDENAÇÃO!

Comentários

Marcelo disse…
Estamos pensando em nos organizar e lutar pelo direito de ter nossos adolescentes dentro da escola. Somos moradores do bairro e se reunimos para ver como poderemos ajudar esses pais que estão nos procurando.Tinhamos pensado na hipótese de organizar as crianças na porta da escola juntamente com seus pais e revindicar os seus direitos, pórem não vamos expor as crianças e dar um motivo para não ter aula. Seria interessante organizar uma manifestação contra a Injustiça e Abusos? Alugariamos onibus e ficariamos em frente a Secretaria de Educação ou em frente ao Palácio do Governo?
Giulia disse…
Excelente idéia, Marcelo! Me manda um e-mail para educaforum@hotmail.com

Abraço!
Luciano A. Silva disse…
Sim!...Claro que sim! é por ai...Veja, a organização, se me permite, deve ser estudada, não vamos meter os pes pela mão, vamos nos reunir e implantar, implementar, ordem, para não dizerem que somos bagunceiros, ou fazemos apologia a baderna, porem isso não devia terminar, deveria ser algo constante, com representações, junto aos orgãos, e cobrar constantemente melhorias, cobrar responsabilidades,...nossa organização deve ser temerosa para com essas pessoas que só pensam em fazer o mal aos nossos filhos e alunos das escolas publicas, para que eles pensem duas vezes antes de não fazerem oque tem que ser feito na escola que é dar aula!
ABAIXO A AULA VAGA JÁ!!
Carlos Galhardo disse…
Não estou acreditando, o que pessoas que não tem o que fazer, ficam procurando pelo em ovo... É isso, essa pessoa Giulia, é o que afinal de contas??? Não entendo, trabalhar na educação é uma coisa muito séria, a comunidade e a sociedade deveriam participar ativamente, prestando algum serviço util para essas crianças de bairros carentes, ao invés de ficar incendiando os animos dos pais e alunos, ofereça algo concreto, você incentiva essa selvageria, e depois os alunos se acham no direito de desrespeitar tudo e todos, com livrinho do ECA debaixo do braço, achando que podem cometer todo tipo de atos, e se resguardar atras desse escudo. Por favor, eu trabalho a oito anos no estado, e onde estava a defensora da verdade, quando na escola em que trabalhei no ano de 2005, alunos fugiram pelo telhado da escola, e cairam em cima de mim, com telhas industriais e tudo, sofri escoriações pelo corpo todo, na cabeça e nos olhos. Mesmo assim nao deixei de trabalhar, quando sou obrigado a ver um ladrao colocar uma arma dentro de uma lata de lixo na hora da entrada na secretariam as plenas 7 horas da manha, e quando esses pequenos coitados, assaltaram o caminhao de merenda. E quando faziam trafico na quadra da escola, e me pressionaram a dizer que estavam na minha aula....ONDE A SENHORA E SEUS DISCIPULOS ESTAVAM. Pro inferno com toda sua baboseira, vai me dizer que a culpa é minha e da escola... Sabe nessa escola onde trabalhei, essas pessoas que cometeram isso, ERAM ALUNOS minha cara senhora, que se quer foram indicados para conselho de escola. Tivemos que ser aterrorizados o ano inteiro. Ah como é mesmo adolescentes seres em formação (formação para ser outra coisa menos cidadão), agora quando tenta se moralizar alguma coisa, temos que enfrentar batalhas com os pais e com a senhora, pq voces acreditam, que mesmo os alunos cometendo atos infracionais(assedio moral e outras coisas mais), temos que engolir. Isso realmente me deixa profundamente enfurecido, a senhora esta gastando suas energias do lado errado, só pode ser. Imagine a humilhação que será se esses alunos voltam para essa escola, meu Deus, se eu fosse professor desta unidade, e parava as atividades. É um ultraje o que estao fazendo com todos. E tem mais, nós temos direitos, os alunos tem direitos, mas tem uma coisa chamada respeito, etica, e padroes comportamentais, se nao seguirmos certos padroes sociais, o que acontece conosco? De certo as portas se fecherao. É assim que voces querem ensinar a esses alunos a crescerem, dizendo a eles que eles podem sim fazer tudo, porque eles tem direito.....Me responda e nao apague meu depoimento se tiver coragem.
Mãe disse…
ultragem é o que vcs fazem , vc é professor?HUm é da mesma panela pelo jeito...quem não da respeito não deve ser respeitado, e pelo que li aí nos comentário quem esta desrespeitando sa leis são vcs ,infrigindoas leis, colocando alunos fora da escola ,vcs esperam o que? tome tento meu senhor, não venha se defender... tem bons e maus profissionais..estamos tentando reconquistar o direito dos alunos estudarem, é direito deles a vcs só competem ensinar se é o que sabe fazer, eu duvido muito pelo seu comentário
Professora feliz disse…
não culpe os alunos pelo vossos erros, coitadinho .. desses professor, a violencia gera violencia meu caro, isso é a truculencia,o imperialismo,a falta de respeito que vcs não dão na sala de aula, mesmo nas reuniões de pais,vcs são piores que os alunos,querem respeito de-se o respeito,são cidadação sim, eles só aprende o que lhe e ensinados, se ensinam o as coisas más logicamente vão fazer coisas mãs, que tal respeitar os alunos e não despreza-los como fazem alguns, diminuindo eles,com o ferro fere,com o ferro será ferido esse é o ditadoe se não mudar esse regime escolar, vai ficar pior ainda.Eu trabalho na educação a 8 anos tbm, e meus alunos pelo menos nas minhas aulas sempre me respeitaram, porque eu os respeito como ser humano, não os trato como criança, temos 15minutos de conversa,assim ganho suas confianças e tenho certeza que na minha matéria todos vão bem. trata-os de igual para igual vc verá a diferença.
Giulia disse…
Carlos,quanta amargura! Lembro-me de outro professor que dividia os alunos entre os que tinham "índole boa" e os que tinham "índole má". Ele achava que ter índole boa era ficar grudado na carteira da escola sem abrir a boca, copiando tudo o que o professor colocava na lousa e, se não entendesse, tambem não podia perguntar. Aliás, antes da reunião na EE Jardim Iguatemi, durante a qual eu não pude abrir a boca, um pai de aluno da escola me passou um "sermão",dizendo que eu deveria me retratar pela forma como ofendi a escola através do blog e deixou claro que ele, como pai,não aceitava que seus filhos se atrevessem a contrariar qualquer fala ou crítica que recebessem de um professor ou diretor...
Assim, caro Carlos, o professor ou diretor podem chamar o aluno de burro, QI de ameba, ridículo, bicha e de outros apelidos "carinhosos", coisa que eles fazem mesmo e depois negam! É a palavra do aluno contra a da "autoridade". Um dos meninos condenados à expulsão disse para a diretora, durante a assembléia, que ela o havia chamado de ridículo e de outros apelidos desse tipo e ela simplesmente NEGOU, NA CARA DURA. Você acha que o aluno,já expulso, se atreveria a dizer isso para a diretora se não fosse verdade?... Então, caro Carlos, é essa a educação que muitos de vocês (não posso julgar seu trabalho, mas pela sua amargura, fico feliz de não ser professor dos meus filhos...) dão aos seus alunos! TUDO NA ESCOLA É PEDAGÓGICO (ou não). Já ouviu falar nisso?
VAMOS NESSA... disse…
pois é né Carlos Galhardo
QUEM TEM, TEM MEDO
Acho que juntamente com você muuuuito professor e muuuuito funciário de escola está apavorado.
Os pais começam a falar em fazer as queixas organizados.
Do jeito que estão, cada um no seu canto e devagar quase parando, com uns bloquezinhos sem pretensão, já estão dando esse medo.
Podem se apavorar, que os dias dos maus professores e maus funcionários de escola estão no fim...
Torço aqui pela Giulia e por todos que lutam voluntariamente pela escola pública, essas pessoas tem, quando se deitam, a certeza do dever cumprido.
AVANTE !!!!!
aluna da ee iguatemi disse…
Não esquenta d.Giulia eu e outras mães parabenizamos,pela sua coragem e pelo blog, muits mães ainda não tem o conhecimento desse blog, mais faço questão de espalhar ...só agora nos nos despertamos, e vai sair muita coisa ainda da EE Iguatemi.tem muita coisa a vir a tona...calma muitas aguas vão rolar, agora que os alunos tomaram conhecimento deste blog ,se preprara,a muitos segredos a ser revelados inclusives pelos professores que tbm reclamam da direção só não pode dar nomes porque senão já viu perseguição na certa,os alunos ja estão reunindo..
Marcia Martins disse…
Com certeza você é um dos funcionários do Colégio Iguatemi, pois está sabendo de detalhes.Então você faz parte daquele grupo de pessoas que acha que meu filho não vai ser ninguém? E no máximo que ele poderá ser é DJ ou MOTOBOY? Eu é que estou preocupada em saber que meu filho está sendo submetido a ter aulas com professores frustados, desinformados e preconceituosos como você. Eu tenho muito o que fazer, trabalho,estudo e como sou uma pessoa inteligente sei administrar o meu tempo e com certeza tenho tempo o suficiente para estar do lado do meu filho sempre que necessário. HUMILHAÇÃO para mim não é o aluno PERMANECER na escola e sim convocar um Conselho por DUAS vezes para EXPULSAR alunos, sendo que a função do Conselho dentro da escola com certeza não é essa. Sinceramente professor sugiro que você passe por uma reciclagem e por um curso de capacitação, procure também ajuda de psicológos pois deve ter passado por alguma frustação e ainda não se estabeleceu. Você por acaso procurou saber a veracidade dos fatos? você conhece as pessoas as quais você está defamando? Acho que você deveria conhecer o caso a fundo e verá que temos razão. Vocês estão acostumados com pais desinformados e agora estão preocupados com o que pode acontecer. Professor você está muito preocupado com as Leis, está se incomodando até com o ECA, será que etá infringindo alguma? Professor se você está se incomodando com a PERMANÊNCIA das crianças na escola, sugiro que peça transferência, pois enquanto acreditar na justiça, não vou medir esforços para ter meu direito garantido. O que você entende de Ética? E por Respeito?
Professor mandar pessoas pro inferno é deselegante, deveria fazer um curso de boas maneiras, seu vocabulário é muito pobre, sugiro que consulte um dicionário e empregue melhor as palavras. Se esta perdendo a linha aqui no blog imagine em sala de aula. Me responda qual ato infracional eles cometeram? O que você entende de Assédio Moral? Você realmente só mostrou sua desinformação, quando for fazer algum comentário sobre um assunto procure saber todo o conteúdo e não apenas boatos.
Carlos disse…
Senhora Marcia, eu estou sabendo de tudo isso devido estar, acompanhando o que voces vem colocando neste blog, e olha que nao sao poucas coisas. Ainda bem que nao trabalho nesta escola, mas se trabalhasse pode ter certeza eu iria fazer coro aos professores e a direçao. Quanto as outras coisas que a senhora citou a meu respeito, nao me importo, quem tem bota fala o que quer, como aqui é um espaço que todos podem se expressar, a senhora está no seu DIREITO.
Curió disse…
Carlos
Ora....
Acha que resta alguma dúvida que você é da banda podre ???
Claro que ia fazer coro com a direção
Claro que ia lamber as mãos dela....e morder a mão dos pais e alunos
Normal....
Marcia Martins disse…
Carlos, me desculpe se lhe ofendi é que acho que você está no cargo errado quem julga é juiz e não educador. Se coloque no lugar dos pais vendo seus filhos humilhados diante de um Conselho, pedindo oportunidades e todos apunhalando. Humilhante não? E por duas vezes esse é o detalhe, se realmente é um ato Constitucional, por que teve que convocar duas vezes? Você não acha que foi falho? Quem tem boca realmente fala o que quer, pórem eu expresso o que realmente acredito e sem anonimato. Parabéns por assumir qur é maria vai com as outras, pois é isso que você assumiu quando falou que se trabalhasse nesta escola independente de quem está certo, iria ficar do lado da direção. Você deve ser um desses professores que precisa estar do lado de alguém para adquirir forças e respeito.
vanderlei disse…
Caro professor estou indignado em saber que as pessoas estudam, prestam concurso e se sujeita a condenar sem ao menos ouvir. Em nome de todo os pais... SOCOROOOOOOO, AONDE ELE TRABALHA?
Carlos Galhardo disse…
Desculpem, vou expressar minha opinião, na verdade, eu acredito que todos são vítimas do sistema, tanto alunos, pais e professores. Se tem algo errado, o erro vem de cima para baixo, e afeta todas as partes, a culpa também é nossa, quero dizer da sociedade civil, porque somos nós que votamos e colocamos representantes do povo nos poderes executivo e legislativo, esses mesmos representantes são os que criam as leis e as aprovam, leis confusas, por outro lado temos pessoas que se dizem especialistas em educação mas nunca pisaram em uma sala de aula, sao coordenadores de Cogesp, Cemp, secretárias de educação. Que delegam inumeras ordens, aos dirigentes, estes por suas vez, o passam para diretores que repassam aos professores. É muita ordem ou digo desordem. Estas pessoas não conseguem ver o óbvio, para se ter uma escola de qualidade, é preciso ter professores preparados,mas infelizmente não são, não estou dizendo que os professores sejam responsáveis por sua incompetencia, mas o curriculo, a formação que recebem na universidade é falha, não os prepara para realidade, mas para um mundo de fantasia,a escola não tem espaço para a formação continuada, os professores são mal remunerados, e etc. É muito mais complexo do que se pode imaginar, são séculos de repetições de erros. E resumindo tudo o que escrevi, culmina nestes tristes resultados que vemos. Temos que fazer valer nossos direitos, mas não só os direitos pessoais, mas os direitos coletivos.
Patricia disse…
Prof. Carlos

Fico muito triste em saber, que vc e uma pessoa omissa, como educador tem o dever de informar atos infracionarios, quando presenciados, e se por algum motivo temer por sua integridade, graças a Deus inventaram o disque "DENUNCIA", serve para casos como este.
Sua atitude negligente, apenas propiciou a impunidade dos maus feitores. Desta forma, foi cúmplice, não cumprindo com seu juramento de Educador.
Como mãe, mulher e Advogada, vejo que esta historia, tem muito a revelar. Pois há muita comissão, negativa da Direção dessa escola.

Srs. Pais, conte comigo nesta luta!!!!!
Patricia disse…
Professor

Agora concordo com vc, a nossa política, visualiza somente o bem individual, desta forma, forçam a ter um sistema precário, onde é interessante para eles uma população desinformada.

Contamos, com vcs Educadores para conseguirmos, uma mudança rádical neste sistema.

Pois o futuro de nossas crianças, atualmente está comprometido.

Quanto a parte monetária, a problemática é nacional, as crianças não devem ser prejudicadas em hipótese alguma, pois são as maiores vitimas deste sistema.
loide s de oliveira disse…
Concordo com vc Patricia, se são mal remunerados, que culpas tem os alunos?agora humilhar os alunos porque são mal pagos isso não justifica,eu qque estou a par de tudo pois um sobrinho meu foi exposto a mesma humilhação,estou na luta pra que isso pare de acontecer... . é muito triste ver um adolescente chorando pedindo .implorando por mais uma chance, e seus algozes,sem piedade,condenar..estão sem escola e aí? temos que lutar vamos lutar a justiça tem que ser feita.não fico no anonimato tudo que escrevo é o que realmente penso, até bandidos tem um segunda chance? esses adolescentes não são ,eles tem boa estrutura familiar, fazem curso, só querem estudar,ESSES SÃO OS SEUS DIREITOS E DEVEM SER RESPEITADOS.
Anônimo disse…
cuidado pais, vc que tem seus filhos ,onde esse professor da aulas, ele simplesmente envergonha seu colegas de trabalho que dão bom exemplos, olha só o palavriado desse professor,HUM, acho que ele quer promoção rsrsrrs.... coitadinho está com medo é... sabe que todas essa podridão vai vir a tona.....
Luciano A. Silva disse…
Voce tem um filho pequeno, voce e sua mulher trabalham fora, não tem ninguem que possa ficar com seu pequeno filho, então voce resolve contratar uma empregada domestica para ficar com seu filho, com o passar do tempo voce percebe que seu filho já não é mais o mesmo e resolve colocar uma camera num lugar estrategico da casa, e depois descobre oque já vinha desconfiando, a empregada batia em seu filho, O que, nos pais, estamos descobrindo é algo semelhante nas escolas, as cameras filmadoras são os olhos de nossos filhos, os fatos são os corpos de nossos filhos, dai vem a pergunta porque sera que esta empregada domestica faz ou fez isso ? quem sabe não foi porque ela quando estudante não teve professores que se importassem com sua formação intectual ou pais que brigassem por ela na escola para poder ter uma boa indole, talvez esteja errado por essa analise contudo inteligencia é algo primordial ao ser humano, que, evidentemente vem com os estudos,...no brasil isso vem de geração em geração devido ao pessimo nivel dos professores nas escolas publicas.
Marcia Martins disse…
Professor Carlos, vejo que você agora conseguiu entender o que esta acontecendo, ainda bem. Reconheço que peguei pesado, mas se coloque no meu lugar de mãe, que paga seus impostos, que trabalha, que procura ensinar, educar, mostrar o melhor caminho. Sei que os adolescentes são questionadores, mas não é motivo para discriminar e expulsar. Com certeza você procurou saber mais sobre essa situação por esse motivo mudou seus conceitos. Quem sabe com essa sua atitude de coragem outros educadores comecem a fazer a mesma coisa. Vamos dar chance para as pessoas mostrarem o que realmente são, sem fazer um pré julgamento.Vamos acreditar que as coisas podem mudar e só colaborarmos ou tomarmos a iniciativa. Vamos acreditar no futuro e esse futuro está nesses jovens que estão surgindo agora e nós devemos orienta-los, para que eles não se percam pelo caminho.
A discussão antes era a expulsão, agora se tornou o professor, vejam como foi bom essa troca de informações antes algumas pessoas achavam que os educadores eram exemplos e não cometiam erros, agora já pensam diferentes, todos erramos, mas temos que ter o direito de um recomeço.
paisonlaine disse…
ningúem é perfeito,todos nós estamos ,sujeitos a erro, mais podemor voltar atras,sabendo que estamos errados, se todos pensasse assim como vc , seria otimos, se todos reconhecesse os erros, e mudasse seu comportamento,como os alunos expulso fizeram, reconheceram o erro, e prometram diante do conselho que tomaria todo cuidado para que não voltasse a repetir os mesmo erros , e não foram erros tão grave, adolescente gostam de modificar o tempo todo pois estão ainda em fase de senvolvimento, mais porcausa de um corte de cabelo, que a direção não gostou,eles simplesmente queestionaram o porque, não podiam ir com os seus cabelo espetados. foram chamados de ridiculos, na frente de todos, isso foi constrangedor para eles , agora leitores isso seria motivo para uma expulsão?wu acho que não,mais a direção quis fazer prevalecer a sua palavra, seu autoritarismo, não ficar porbaixo, dai mostrando que pode, e tem direitos pra isso expulsou-os, mais nós sabemos que ela não tem esse direito e nem o conselho, por isso vamos lutar até o fim estamos protegidos pela lei, isso pais vamos entrar em contato com vcs através da educaforum ou cremilda na escola ... iremos nos organizar, para assim conseguirmos resolver esse assunto , estou sabendo que as mães não assinaram as transferencia, e não assine nos vamos nos unir , entre no site dos pais onlaine para juntos resolver essas questões, iremos onde for preciso . abraços e obrigado
marcia Martins disse…
Nesta situação a qual eu e outros pais estamos passando, devido a expulsão dos nossos filhos o que me deixa mais envergonhada é que algumas pessoas além de usar o seu autoritarismo, apela usando também a mentira, como meio de consertar o que esta errado. E isso me fez lembrar uma frase, a qual encontrei também neste blog.

“O que mais preocupa não é o grito dos violentos, nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons”.

Martin Luther King
Vó Ilda disse…
Parabéns pelo Blog, quando a familia das crianças expulsas achavam que não tinham mais a quem recorrer, enxergaram uma luz no fundo do tunel, e essa luz, são vocês Giulia, Mauro, paisonline, Cremilda, enfim todos que estão vivenciando e colaborando para que este caso seja resolvido da melhor forma.
Meus netos, são tudo na minha vida.
Mais uma vez obrigado
Anônimo disse…
NOVIDADES NO IGUATEMI...OU MELHOR ROTINA NA ESCOLA IGUATEMI.
Fiquei sabendo que uma criança foi de calça preta e camiseta do uniforme para escola e foi para a diretoria, pois não pode usar calça preta, ela foi para a diretoria e mostrou o ECA, pois foi puxada pelo braço, chamaram a mãe e escreveram no livro.
O professsor Eteovaldo passou o livro de carteira em carteira, para mostrar para os alunos que ela havia sido punida, e que servisse como exemplo. Todas crianças ficaram zuando a menina, depois a escola diz que não faz a criança passar por CONSTRANGIMENTOS?
Marcia disse…
Hoje fui Colégio Iguatemi, por duas vezes para buscar xerox de documentos que pedi desde 18/02/09 e a secretaria estava fechada às 11:50, e quando retornei as 17:00 hs também estava fechada, e não tem nenhum cartaz de horário de funcionamento fixado
Anônimo disse…
È pra vcs verem,acontecem as barbaridades, nas escolas, aluna se sentiu constrangida pois foi puxada pelo braço com grosseria,e ela simplesmente revidou...além dela tinha mais 2 alunas de calças pretas, pq elas não foram advertidas também? Hum .... já vi essas cenas antes.....vai acabar isso ou vai continuar....sei não ....
Anônimo disse…
tem e vai acabar, chega de abusos de autoridades,chega de humilhações e constrangimentos as nossas crianças,expulsões arbritárias, inverdades ditas, calunias e difamações isso vai acabar .... esperamos que sim , valeu pais , valeu mães, vcs e seus filhos tem direitos procurem e vão acha-lo.
LOIDE S DE OLIVEIRA disse…
HOJE PRA MIM FOI UM DIA MUITO FELIZ, POIS OS MENINOS EXPULSOS,COMEÇARÃO ESTUDAR AMANHÃ, NA MESMA ESCOLA DE ONDE FOI EXCLUIDOS,E DE UM CORAÇÃO SINCERO VENHO AGRADECER AO DR.FRASSETO,DR MAURO,D GIULIA ,D CREMILDA,QUE MUITO NOS AJUDARAM NESSA BATALHA ÁRDUA,FICAMOS MUITO FELIZES POR VER ESSES MENINOS ESTUDAREM,E AO PROF.JOSÉ BENEDITO...MEU MUITO OBRIGADO, AGRADEÇO DE CORAÇÃO E QUE DEUS ILUMINE, NESSAS VOSSAS LUTAS PELOS NOSSOS ADOLESCENTE,QUE QUEREM SEGUIR O CAMINHO BOM..OBRIGADO DE CORAÇÃO
Anônimo disse…
Gente!!!! ainda existe justiça!!!!.como foi bom saber disso...só tenho que dar graças a Deus por esses meninos voltarem ,poi foram muito injustiçados, humilhados e constrangido, são muito humildes para voltarem a estudar nessa escola meus parabéns meninos, alunos do EE Iguatemi, mostre a eles quem vcs são de verdade, e que nada do que eles pautaram ao vossos respeito é verdade, fiquei feliz por vcs ... estudem bastante e continuem com essa humildade vc irão longe sendo assim e exigindo o vosso direito.Bom começo de aulas abraços. Voces venceram , na humildade é que se ganha uma batalha ...abraços e feliz retorno
adair disse…
Ecom imensa alegria, que venho pela primeira ves aqui deixar um comentario .
meus mais profundos e sinceros agradecimentos,a d. Giulia, ao dr. Maur,a professora Maria Helena,ao dr.Frasseto,ao professor Benedito,muito mas muito obrigado mesmo.
meu filho e seu amigo que foram espulsos voltaram a estudar hoje,
nossa como meu filho foi feliz, nao so por ter seu direito reconhecidomas tamben por voltar a estudar.voces sao o futuro de nossa naçao. a esses batalhadores incansaveis da b justiça so posso desejar que tenhao vida longa,saude para continuarem a lutar por nos e com nosco pois so junto venceremos. as autoridades pergunto:um como pode um paisquerer ser forte se nao zela pela suas crianças?
LEMBRESE DE QUE A EDUCAÇAO É O ALICERCE E A BASE DE UM PAIS PROSPERO E JUSTO.
GRATO A TODOS
É engraçado como a população não compreende e apóia as instituições que dão certo. O que revolta é que muitos alunos saem daqui ( extrema Zona Leste ) para estudar nas aclamadas escolas das regiões mais centralizadas e além de aceitarem todas as normas pagam altíssimas taxas de APM. Mas é bem típico....
EE LUIS VAZ DE CAMÕES

Realmente. No extremo da zona leste não se pode exigir muito em termos de regras ou disciplina. Mas nas escolas mais centrais da Capital, quando interessa, se paga altas taxas da APM e se aceita o uso do uniforme muito antes de se concretizar matrícula. Nunca vi reportagem ou blog a respeito. Já fui em muitos fóruns da EE Jd Iguatemi. Sempre me encantei com a postura e desenvoltura dos alunos.
Num desses fóruns, pude visitar todas as salas de aula nas quais os alunos iriam dar suas palestras a respeito do Filósofo que estudaram. Em todas elas vi computador e aparelhos de data show para a exposição. Fiquei impressionada com tudo o que a direção e equipe de professores e pais colaboradores fizeram para adquirir esses recursos emprestados para o evento.
Costumam dizer que o diretor ou gestor é o grande articulador e responsável pelo sucesso ou fracasso de uma escola.
Realmente, essa direção deve ser péssima mesmo...
Patricia disse…
Com certeza vocês só viram a parte bela da escola, quando fazemos um evento tentamos mostrar o lado bom, pórem o dia a dia não é mostrado. Ninguém esta desmerecendo os méritos das pessoas que trabalham na escola, o que foram denunciados foram os caso de abuso, de preconceito e discriminação e todas as denuncias foram comprovadas e dadas os nomes dos responsáveis, não foram denuncias anonimas nem tão pouco caluniosas. O que não pode é uma escola querer aparecer na midia como escola modelo e destratar pais e alunos, como era feito. Toda sujeira estava embaixo do tapete e apareceu.
Marcia disse…
Nasci na Zona Leste e meus filhos também, não vejo a necessidade de meus filhos se deslocarem daqui para o centro para estudar, pois em nossa região temos escolas de boa qualidade. Regras com certeza tem que ter e ninguém está questionando as regras impostas pelo colégio Iguatemi e sim algumas atitudes que eram tomadas em relação a alunos que eram abusivas. Queremos instituições que de certo, só não queremos que que essas instituições prive os alunos mais carentes e os alunos que são considerados fora do padrão a frenquentarem a escola
Anônimo disse…
Nossa graças a Deus....
esse blog sou aluna da E.E Jardim iguatemi,e fico muito feliz em saber que os pais estão vendo que aquilo ali precisa sim que pais estejam em cima vendo o que acontece,as injustiças humilhações,claro que a gente que esta lá dentro nen pode levantar a voz para dar nossa opinião... mas excelente os pais irem atras e tentarem mudar,e vão conseguir... Pois a escola quem faz somOs.. nÓs... se corrermos atras vamos mudar issO sim... É IssO ai..
Anônimo disse…
Olha só Concerteza esse Carlos é mais um dos Professores que acham que e dono do mundo, que acham que pode falar o que quer para os alunos, Ja que você ta falando de alunos que fogem da escola, e alunos que fazem traficos na escola. Vamos dizer tanbem de Professores que estão para nos educar e faz totalmente o contrario. Eu tenho Professores que chegam na sala e fala palavrões, e tanbem tem professores que olham para as alunas com mau olhos, tanbem tenho professores que ficam no celular a aula inteira. eai? é desse jeito que voces querem nos educar,? e você sabe porque essas coisas nao vai parar na secretaria por que é tudo da mesma laia os alunos nao tem o a oportunidade reclamar ele sempre sera o errado, sempre estara mentindo por ser só aluno essa é a VERDADE
nathalia disse…
eu acho a escola mtu legal e aprofessora q eu + gosto é a roberta de matemática!!
bjs by nathy!
Anônimo disse…
A escola Jardim Iguatemi é uma escola normal como todas as outras, o que prejudica é os abusos que ainda acontecem por parte de determinadas pessoas que ali trabalham, com certeza existem alunos com mau comportamento, mas o nome já diz escola, ali o aluno deveria estar prestes a receber uma continuação da educação que recebe em casa e não apenas humilhão e punição, somente punir não resolve temos que achar soluções para resolver conflitos e fazer com que estas crianças sintam prazer em estudar e ficar no ambiente escolar.

Postagens mais visitadas deste blog

A expulsão é legal?

Escola pública ou particular. Qual a sua opção?...

Respeito ao aluno, 3ª Parte. A expulsão da escola