Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2005

Balanço do ano

O Brasil viveu mais um ano de descaso pela educação, em que as escolas públicas continuaram tendo uma média de 20% de aulas vagas, as aulas dadas continuam ruins, a avaliação e a recuperação continuada dos alunos não são feitas na maioria das escolas, a reposição de aulas é uma farsa que todos os alunos e pais de alunos conhecem bem. A violência nas escolas continua grande, mas finalmente a mídia começou a abordar o aspecto tabu, ou seja, a violência que o aluno sofre dentro da própria escola, como conseqüência de um sistema perverso que privilegia o professor e o profissional da educação, até hoje vistos como vítimas. Mais uma vez o Brasil vivenciou uma greve de 90 dias na educação, que prejudicou milhares de alunos. O ponto positivo é a atitude tomada pelos pais de alunos do Colégio Pedro II no Rio de Janeiro, com a campanha A EDUCAÇÃO É ESSENCIAL E NÃO PODE PARAR. Acrescentamos: E PRECISA MELHORAR!
Parabéns para esses pais e que outros grupos consigam se unir com a mesma firmeza e d…

ETE Zona Sul exclui população carente

A rede Paula Souza de Ensino Técnico está inaugurando em São Paulo a ETE Zona Sul, no Jardim São Luiz, periferia de Santo Amaro. Os paulistanos sabem como essa região é carente e a iniciativa em si é louvável: construir uma escola que vai oferecer cursos profissionalizantes à população local. O problema é que, mesmo numa região tão carente, o vestibulinho da Paula Souza abocanha dos candidatos um mínimo de R$ 26,00, além de ser muito concorrido. Conclusão: mais uma vez a Paula Souza mostra ser uma rede de exclusão, além da “reestruturação” do ensino técnico sofrida anos atrás, quando milhares de alunos foram excluídos, alunos que poderiam hoje estar formados e trabalhando pelo desenvolvimento do País.

Fazemos então um apelo aos interessados para que SE UNAM E PEÇAM ISENÇÃO da taxa do vestibulinho, pois será uma vergonha excluir novamente alunos carentes. A data de inscrição ao vestibulinho para os cursos de Eletrônica e Administração vai até o dia 22/12. Locais para inscrição: Subprefe…

Do Rio de Janeiro para o Brasil

Como já informamos em novembro, pais do Colégio Pedro II, no Rio de Janeiro, cansados de uma greve que durou 90 dias, estão coletando assinaturas para encaminhar a Brasília um Projeto de Lei que torna a educação ESSENCIAL neste País (se você é aluno ou pai de aluno de escolas públicas, já está careca de saber que ela NÃO É essencial...). Se esse projeto for aprovado, toda greve na Educação será considerada ilegal, no Brasil inteiro! Esperamos que os pais de todo o País entendam a importância de um projeto como esse, principalmente por ser uma iniciativa da própria comunidade. É claro que alguns tentarão acusar esses pais de "manipuladores" ou "candidatos a cargos políticos", isso sempre acontece, são manobras comuns para tentar abortar medidas que realmente podem modificar o status quo. Pais do Colégio Pedro II, PARABÉNS novamente, tanto pela iniciativa, quanto pelas passeatas que pudemos acompanhar através da mídia. Esperamos que muitos outros pais, de outras esco…