Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2014

A escola tabu nº 69 - O aluno, esse estorvo!

O aluno, esse desconhecido, não tem voz na escola, nas secretarias da educação e muito menos na mídia, neste país que tradicionalmente despreza sua infância e juventude, principalmente a que vive em bolsões de pobreza.
Este blog é um dos poucos meios que permitem a livre expressão dos jovens e frequentemente recebe mensagens que, por sua espontaneidade, mostram claramente o autoritarismo da instituição escola. O e-mail a seguir foi recebido de uma aluna da rede estadual de São Paulo, de 12 anos de idade, que junto com alguns colegas tomou uma atitude rara, mostrando espírito de iniciativa e de liderança, qualidades que a escola brasileira tende a abafar. A mensagem pinta também um quadro da desolação cultural e pedagógica em que estão mergulhadas as escolas de periferia das metrópoles brasileiras, onde a singela iniciativa dessas crianças poderia enriquecer a vida escolar, fugindo à mesmice. Mas, como é habitual, aqui também o aluno foi tratado como estorvo e sua atitude deu início a u…

Ouvidoria da Educação, cada vez mais surda

Começamos a chamar a Ouvidoria da Educação do Estado de São Paulo de "Surdoria" já em 2005, ao recebermos (depois de dois meses) uma resposta absurda a uma denúncia sobre uma escola em Mongaguá, o que deixou toda a comunidade revoltada. Além de não ter havido qualquer solução dos problemas apontados, a denúncia para a Ouvidoria resultou na perseguição de alunos, como é habitual quando as "apurações" desse órgão inocentam a escola de qualquer responsabilidade.
Desde então, fizemos muito pouco uso desse órgão inútil e tentamos resolver os problemas diretamente na Secretaria da Educação, onde tivemos muito êxito na época em que o Prof. José Benedito de Oliveira dirigia a extinta COGSP, entre 2008 e 2012. Muitas saudades do Prof. José Benedito! Até hoje dizemos que nosso trabalho é de formiga e nada conseguimos "no atacado", mas o José Benedito resolvia todos os problemas "no varejo", ou seja, reintegrava alunos expulsos injustamente, exigia que as e…

Falta de respeito ou incompetência?...

Em mais de duas décadas de "corpo a corpo" com escolas da rede pública e particular em todo o país, nada temos a comemorar.
Às vezes chegam mensagens - principalmente de profissionais da educação - dizendo que não estamos tão mal assim, que o país está progredindo...
Mais uma vez respondemos que o maior problema do país ainda não é a qualidade do ensino, é a FALTA DE RESPEITO pelo aluno. E é por isso que o nosso twitter tem o lema: Respeito pelo aluno: um bom começo!
As denúncias que recebemos são as mais variadas possíveis, como se vê pelo histórico do blog. Mas hoje vamos fazer diferente, trazendo algumas frases de alunos e pais, pinçadas de centenas de mensagens recebidas apenas no último trimestre. Elas mostram que o respeito pelo aluno ainda está longe de ser uma realidade em todo o país, seja em escolas públicas ou particulares, em todos os níveis de ensino e por todas as autoridades envolvidas, desde o professor, o diretor da escola, o supervisor ou dirigente de ensino, …