Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2012

A escola tabu nº 64 - A farra da 6ª feira na escola pública.

Imagem
Excelente texto do professor Edson Ribeiro, leia clicando no link
Sexta-feira: dia de diretor experto


Câmeras de vídeo nas salas de aula? Queremos, sim!!!

Imagem
Infelizmente, a discussão sobre disciplina nas escolas públicas do país está completamente desvirtuada. O aluno virou um monstro e é considerado "vagabundo", expressão generalizada graças à atuação da mídia, que só divulga casos de agressão entre alunos ou de alunos contra professores, ignorando o outro lado, como nas histórias dos links abaixo, que só puderam ser comprovadas através de câmeras de vídeo: Que tipo de monstro?... O aprendizado do bullying
Nós, que temos ou tivemos filhos estudando na rede pública de ensino, nós que conhecemos a escola pública por dentro e temos senso crítico e de cidadania, sabemos que o uso do celular dentro das salas de aula foi proibido justamente para evitar flagrar cenas de agressão de profissionais da "educação" contra nossos filhos, tratados aos berros, com xingamentos de toda sorte, levando  Apagador na cabeça e até  Livradas e reguadas em alunos
Então somos nós que queremos câmeras de vídeo nas salas de aula e, principalmente, nas…

Um verdadeiro filho do Brasil

Imagem
De todos os filhos do Brasil, o mais legítimo é aquele que, apesar da falta de oportunidades, consegue levar uma vida digna e sobreviver aos diversos preconceitos que a nossa sociedade teima em negar.
Paulo Henrique é um verdadeiro filho do Brasil. Junto com sua mãe humilde, foi acolhido com amor por uma família que se esforçou em educá-lo e hoje, aos 16 anos, demonstra ser um garoto inteligente e sensível.
Paulo foi expulso da escola onde estuda, a EE Dona Amélia de Araújo, na zona leste de São Paulo. A escola apresentou em 2011 nota IDESP de 1,51 no Ensino Médio, onde o garoto cursa o 2º ano. Bom aluno, certamente melhor do que a escola onde estuda, nunca teve até hoje qualquer problema de disciplina. Vamos nos empenhar em reverter a injusta e principalmente ILEGAL expulsão praticada pelo Conselho de Escola, onde ele foi inclusive constrangido, humilhado e ofendido, junto com sua mãe de sangue e sua família de criação. Estamos encaminhando este documento à Secretaria de Estado da Educ…

Precisa de informação? Só pra começar, vinte mangos!

Imagem
Para muitas pessoas, este é um assunto muito chato e não vamos nem comentar, aliás, já o fizemos muitas vezes. Leia o excelente texto do Mauro clicando aqui e entenda tudo.
Mais alguns assuntos que têm ficado sem informação:
Superdotação: a mão direita sabe o que a esquerda faz? O escândalo Araraquara em miúdos A podridão para baixo do tapete Escola boa é escola vazia
Ah! A imagem acima não é tentativa de enfraquecer campanha eleitoral de ninguém, ok? Trata-se de uma criação do amigo Mauro para ilustrar agradavelmente um assunto que já nos  rendeu muitos aborrecimentos. Afinal, uma imagem vale mais do que muito blablablá!

A paixão da educação brasileira é a buRRocracia

Imagem
Sensacional artigo do cientista político Alexandre Barros, dica da amiga-irmã Glória Reis
Leia clicando no título: Educação - tudo legal e tudo muito ruim.
Uma única frase já explica todo o texto, que trata principalmente da questão dos currículos, que ligam o nada a coisa nenhuma: "Autoritarismo burocrático é a resposta. É assim porque 'tem de ser assim'".
O artigo é uma boa resposta para aqueles que teimam em pedir mais verbas para a educação, sem perceber que o buraco é mais embaixo e que a buRRocracia daria conta de torrar mais esses recursos, lesando ainda mais a sociedade. Sim, porque a paixão da educação brasileira é a buRRocracia e a maioria dos gestores da área são buRRocratas.
Mas nós, que conhecemos bem o "buraco", vamos aproveitar a oportunidade para mais uma vez mostrar que a qualidade do nosso ensino ainda não é o maior problema. Veja por exemplo: 
A podridão para baixo do tapete Mais um caso de bullying docente A Secretaria da Educação lamenta?...

A escola tabu nº 63 - A arte na escola pública

Imagem
Já falamos aqui algumas vezes do educador Edson Ribeiro, um dos poucos que têm a coragem de escancarar o dia a dia da rede pública de ensino, que, salvo raríssimas e honrosas exceções, é a mesma pasmaceira em todo o país.
Ficamos muitos felizes de podermos dar visibilidade aos textos desse educador, que aliás está sendo processado pelo Estado do Paraná por ter a coragem de mostrar a realidade...
O texto que ele acabou de publicar em seu blog Desmascarando a escola pública é extremamente interessante, principalmente para nós, pais de alunos da rede pública, que podemos comprovar os fatos que ele relata, sempre que visitamos as Feiras de Arte e de Ciências das escolas dos nossos filhos.
Leia com atenção esse novo texto de Edson Ribeiro clicando aqui e cobre da escola dos seus filhos maior seriedade na "Área de Arte" (assim chamada nos parâmetros curriculares).
Já contamos com dois educadores que tiveram a coragem de se expor neste bloguinho tão odiado pela corporação: o outro educ…

A escola tabu nº 62 - Parabéns professor: abaixo a impunidade!

Imagem
Finalmente os educadores começam a se manifestar e a denunciar a ESCOLA TABU. Leiam o que escreveu o professor Márcio Gonçalves e participe de sua página do Facebook https://www.facebook.com/contraimpunidadedenuncie?notif_t=page_new_likes
Parabéns, Márcio, conte também conosco!

Sou professor de filosofia e sociologia, da rede estadual, na cidade de Campo Largo - PR. Desde que assumi meus padrões venho sofrendo perseguição da direção e de um grupo de professores "nazistas". Essas pessoas que estão no poder há mais de dez anos fazem todo o tipo de irregularidade e nenhuma denúncia é feita nos órgãos competentes. Eu fiz uma denúncia em 2006, na ouvidoria do núcleo de educação e da SEED, mas nada foi feito. Espero que através desse blog e da minha página no Facebook possamos unir forças para conscientizar o maior número de pessoas a tomar atitudes e dar um grito de basta à impunidade. Chega de sofrimento. Todos temos direitos e deveres, mas não podemos comungar com o assédio moral…

Nem Ayrton Senna, nem Macunaíma: Rui Barbosa

Imagem
Mais um excelente e inspirador artigo de Gustavo Ioschpe na Veja: Por que somos tão pouco ambiciosos?
Acompanho Gustavo Ioschpe há anos e já adianto que discordo de algumas ideias que divulga, por outro lado acho ridículos comentários do tipo "concordo em gênero, número e grau".  Se um texto não nos acrescenta nada, de que nos serve?
Entre outras colocações, o artigo defende que as políticas públicas para a educação no Brasil sejam mais ambiciosas: com isso concordo plenamente. As metas estipuladas até 2022 são uma piada! Um prazo tão longo sugere talvez que as nossas crianças sejam retardadas?? Aliás, de vez em quando são divulgados "estudos" segundo os quais os alunos brasileiros não aprendem por desnutrição, ou por pertencerem a famílias "desestruturadas", ou por qualquer outro motivo que isente o profissional da educação e o poder público de qualquer responsabilidade. Nossas crianças não são retardadas, retardado é um sistema educacional que, claramente…

A Secretaria da Educação lamenta?...

Imagem
Mais uma notícia sobre aluno impedido de assistir aula por ter chegado com atraso na escola.     Desta vez a informação foi publicada na Folha de São Paulo do dia 31. 


A menina que você vê nesta imagem é Júlia, uma criança de 7 anos, despejada com sua família sem-teto de um prédio invadido na Av. Ipiranga.  No dia seguinte ao despejo, após ter acampado na rua, Júlia chegou com oito minutos de atraso à escola onde está matriculada, a EE Prudente de Moraes. Júlia se atrasou porque foi tomar banho em outro prédio invadido e havia fila. A escola, como é de praxe na rede pública paulista, não permitiu a entrada da aluna após o fechamento do portão. Estranhamos muito o depoimento da SEE, segundo a Folha: "A Secretaria da Educação do Estado lamentou que a aluna tenha sido impedida de assistir à aula e afirmou ainda que ia apurar a conduta da agente que atendeu a aluna e sua mãe".

Como assim?... Em nosso último post publicado - leia clicando aqui -  a mãe de um aluno de 9 anos contou …

Escola boa é... escola vazia

Imagem
Mais um email de mãe de aluno mostra o que a escola pública, em 99% dos casos, NÃO É: acolhedora, inclusiva, competente. Isso é o que nós, pais de alunos, desejaríamos que a escola fosse mas, infelizmente, não é, como você pode ler na mensagem a seguir:
Venho por meio deste e-mail relatar a preocupante atitude tomada em relação a todos alunos que porventura cheguem atrasados na Escola Estadual ......., atitude essa que encontra respaldo no Regulamento da escola, conforme me foi informado.
Ocorre que nesta data meu filho chegou com atraso 15 minutos na escola, ou seja, às 13h15.
Os portões já estavam fechados e não havia nenhum funcionário para orientá-lo, assim, ele esperou na rua até às 14h00, quando me telefonou a cobrar, pois não tinha dinheiro. O instruí para que permanecesse no portão pois eu telefonaria para a escola, a fim de que alguém aparecesse e ele pudesse entrar.

Ao telefonar, falei com a Sra. ..., que me informou que excepcionalmente permitiria a entrada de meu filho, mas co…